A Semana de Trabalho de… Quatro Dias

E se… Em vez de semanas com cinco dias de trabalho e dois de descanso, tivessemos apenas quatro dias de trabalho e três de descanso? Na década de 70 – em pleno choque petrolífero – houve algumas iniciativas que propunham a redução da semana de trabalho nos EUA de forma a reduzir as importações de petróleo, já que vivíamos então em pleno “Choque Petrolífero”… A ideia foi hoje ressuscita e existe agora algum lobbying a seu favor, como pode ser visto AQUI. E de facto, num país como os EUA a ideia faz mais sentido do que aqui, na Europa, onde as distâncias tendem a ser menores, especialmente entre a residência e o local de trabalho. Ou seja, é mais frequente que um assalariado use o seu automóvel para se deslocar para o trabalho do que na Europa. E aliás… É isso mesmo que fazem todos os dias 133 milhões de americanos. Destes, estima-se que 80% use o automóvel e como percorrem em média 26 Km todos os dias… Isso dá cerca de 8,3 milhões de barris de petróleo consumidos por dia (novamente, ver AQUI). Os números são produzidos para os EUA, mas são perfeitamente aplicáveis no resto do mundo, considerando evidentemente as especificidades de cada país.

Daqui decorre que se em vez de 5 dias de trabalho, houvesse 4, haveria uma poupança nesta escala de consumo de combustíveis… Ou seja, apenas esta medida reduziria as 10 viagens diárias para 8 e isto poderia ser feito ser reduzir a quantidade de trabalho produzida nas organizações e aumentando a qualidade de vida dos trabalhadores… Naturalmente, uma idêntica escala de poupança em emissões de CO2 e de outros poluentes deveria ocorrer assim como uma melhoria da qualidade de vida familiar e até do tempo de trabalho efectivo, já que os trabalhadores não teriam que gastar entre 1 a 3 horas em transportes todas as semanas… Com efeito, recorrendo ao teletrabalho, essas deslocações deixariam de ser necessárias e – em algumas actividades profissionais – não haveria reflexos negativos na quantidade e qualidade de trabalho produzidas. Uma tal mudança, reduziria também os custos de manutenção das estradas e dos veículos (menos uso de ambos) e até do número de acidentes por ano.

Fonte Principal:
GroovyGreen

Concorda com a semana de trabalho de 4 dias?
1) Sim
2) Não

View Results

Make your own poll

Anúncios
Categories: Ecologia, Sociedade | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “A Semana de Trabalho de… Quatro Dias

  1. Acho que essa proposta poderia ser aceite, desde que as pessoas trabalhassem em casa!
    A semana de laboral poderia ser separada entre dias em que seria obrigatório estar no local instituído de trabalho e outros em que o exercício poderia ser feito em casa. Tipo TPC (trabalho para casa, do tempo da escolinha)
    isto, obviamente, com metas a atingir.
    bom! o futuro para lá caminha…

    it will save the oil we wont have!

  2. Pingback: Negocios Blog - Todo sobre negocios » Ler A Semana de Trabalho de… Quatro Dias

  3. Porque não um dia de trabalho e um dia de descanso? Queria mesmo era trabalhar em casa, aí sim, a poupança era máxima.

  4. Podes crer! E muito do nosso trabalho “normal” pode efectivamente ser feito a partir de casa, com mais produtividade, economia e… horas efectivas de trabalho para o empregador…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: