O caso do australiano, os dois crocodilos e… um salvamento

Um australiano gerente de uma quinta perto de Coen, no extremo norte Australiano tem agora uma boa história para contar aos seus netos… Com efeito, foi salvo por helicóptero confensando ter passado um mau bocado, já que “todas as noites olhava para os dois crocodilos deitados na base da minha árvore que aguardavam a minha descida. Tudo o que podia ver deles eram dois pares de olhos vermelhos. E gritava para eles: «Não vou cair desta árvore para vocês, seus bastardos!”

Mas como é que este australiano apareceu no topo desta árvore, com as carnes sendo cobiçadas por estes dos répteis? Bem, aparentemente atravessava a cabalho um território bravio do norte australiano, quando caiu deste e teve que percorrer o resto do caminho até casa a pé e através de um pântano infestado de crocodilos. Durante dias, o australiano tentou chamar a atenção das equipas que do ar o procuravam localizar acenando com a prata do seu maço de cigarros, acenando com a camisa presa a um ramo ou pendurando papel higiénico dos ramos… Nada funcionou porque a folhagem da árvore era demasiado espessa… Em certa ocasião o helicóptero de salvamento passou a menos de 6 metros sem o conseguir localizar, para seu desespero e para imenso gaúdio dos crocodilos que continuavam na base da árvore esperando o seu momento…

Ao fim de três dias as coisas começavam a ficar desesperadas… As suas duas sandes de carne tinham sido comidas. Por fim, ao fim de oito dias de purgatório (e de espera dos crocodilos, que assim se revelaram uma das espécies mais pacientes da Natureza), apareceu finalmente um grupo de salvamento liderado por pisteiros aborígenes…

Ora aí está algo que dificilmente poderia acontecer em Portugal… A menos que nos perdessemos no Zoológico de Lisboa, o que, convenhamos… é altamente improvável. Acho.

Fonte: News.com

Categories: Humor, Sociedade | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “O caso do australiano, os dois crocodilos e… um salvamento

  1. Inacreditável esta história!!

    Mas olha, ainda bem que cá não pode acontecer pois ás tantas o homem não tinha mesmo hipótese…ficava esquecido enquanto eram discutidos os tipos de busca que poderiam ser feitos, a quem seriam atribuídos, etc etc

    Beijinho e resto de boa semana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: