Sobre o “Progresso Tecnológico e o “Desenvolvimento Humano” e da falta de compatibilidade entre ambos nas sociedades globalizadas da actualidade

A época contemporânea criou nas mentes humanas a confusão entre os conceitos de “progresso tecnológico” e o de “desenvolvimento humano”. Na verdade, ambos não são sinónimos e podem – frequentemente – andar bem separados… O progresso tecnológico, cujo apogeu provável se vive hoje devia produzir tempos de lazer mais prolongados do que nunca, mas ao invés, vemos multiplicarem-se as pressões globalistas para aumentar a jornada de trabalho diária, para reduzir as férias, os períodos de descanso e repouso semanal, etc… Como sempre as multinacionais e os grupos de pressão neoliberais que incapazes de reunirem forças bastantes para formarem partidos preferem agir na rectaguarda e financiar os partidos do sistema procuram sob ameaça da deslocalização reduzir os tempos de lazer… E nestes, impõe mecanismos de docilização e de desestimulação do Pensamento, de forma a produzirem turbas amorfas e permeáveis ao “pensamento único” que infiltram sob todas as formas nas sociedades… Não pretendem forjar uma raça de pensadores e conversadores, mas uma raça de consumidores acéfala e submissa aos ditames neoliberais e sempre constrangida pelo medo do Despedimento e das reduções salariais… O Pensamento e a liberdade para o produzir que devia advir da crescente mecanização da Produção são malbaratados e desperdiçados na produção de ainda mais riqueza para um número cada vez menor de mãos, um fenómeno especialmente agudo nas chamadas “economias emergentes” do Oriente, mas sobretudo na Índia e na China, um uma riqueza renovada tem correspondido a uma redução dos direitos laborais e humanos quase sempre generalizada.

Categories: Movimento Internacional Lusófono | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: