Agostinho da Silva: “É claro que eu acredito no Quinto Império, porque senão o acto de viver era inútil.”

“Eu sinto-me cada vez mais apaixonado,

mas por coisas que a matemática não prova que existam. (…)

É claro que eu acredito no Quinto Império,

porque senão o acto de viver era inútil.

Para quê viver se não achássemos que o futuro vai trazer-nos uma solução

que cure os problemas das sociedades de hoje?”

Agostinho da Silva, 1997.

Neste poema, Agostinho define aquilo que deve nortear as nossas vidas, se as queremos manter realmente vivas e não pretendemos desmerecer a inteligência que nos foi concedida. Em vez de vivermos como vegetais, consumindo cega e acéfalamente produtos e serviços de cuja necessidade a máquina de marketing das multinacionais e as televisões nos fazem convencer de que precisamos absolutamente para sermos “felizes”, precisamos de definir um “Norte” para a nossa vida e encontrar um rumo, superior, frequentemente e provavelmente necessariamente irrealizável a curto prazo ou que até pareça de todo irrealizável. Esse mote é para nós, o cumprimento das profecias da instalação de um “Quinto Império”, fraterno, coeso, mas multiforme e tolerante e que conceda a primazia às comunidades locais, às empresas unipessoais e de pequena e média dimensão, contra as frias e tenebrosas grandes corporações multinacionais. É o caminho para esta nova sociedade que devemos percorrer, sem ignorar as dificuldades impostas pelas poderosas e multimilionárias forças da Globalização.

Categories: Movimento Internacional Lusófono | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: