Operaram à luz de… Telemóveis!

Uma equipa de cirurgiões na Argentina conseguiu terminar uma cirurgia recorrendo à… luz dos seus telemóveis durante um corte de energia eléctrica que afectou a cidade de Miracema do Norte. Durante este corte os geradores do hospital não funcionaram e submergidos de súbito na escuridão, os médicos tiveram que recorrer a essa característica que os povos latinos têm em particular abundância e que é o improviso e terminar a apendoctomia sobre o paciente de 29 anos… Mas só depois de um dos médicos ter saído para o corredor onde aguardavam os familiares do doente e de ter recolhido junto deles todos os telemóveis disponíveis, de forma a aumentar a luz para poderem fechar o doente.

Será que esta história poderia ter acontecido num país “germânico”, do Norte da Europa, onde se cumprem religiosamente os regulamentos e as regras?… Embora seja provavelmente verdade que num desses países, o gerador não teria falhado, logo em primeiro, temos que conceder este ponto…
Fonte: Reuters

Categories: Sociedade, Wikipedia | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Operaram à luz de… Telemóveis!

  1. Pois…de facto uma das coiss que temos é a capacidade de improvisação.
    Posso dizerque qe há uns anos atrás trabalhava eu ca CMP quando tivemos cá o Campeonato Europeu de Andebol. 15 dias antes ainda nada estava feito e quando chegaram os observadores internacionais, entre eles os suecos (se não me engano) e estavam doentees pois achavam que o campeonato ia ser um fiasco. A verdade é que conseguimos pôr o campeonato a andar, tudo correu ás mil maravilhas e no dia de encerramento, o dito observador cujo país iria acolher o seguinte campeonato europeu dizia-me que eles já tinham tudo organizado (com2 anos de diferença até os horários de treinos tinham estabelecido!!!) mas qe se lhes acontecesse um imprevisto não teriam a nossa capacidade de improvisar e fazer as coisas resultarem.
    Beijinho

  2. o improviso é uma capacidade muito importante, tantas vezes desvalorizada injustamente… é vital na reacção a uma realidade cada vez mais difusa e imprevisível… e é um dos melhores traços da nossa personalidade cultural! é certo que abusamos… não preparando nada, por vezes, mas isso está a mudar, e rapidamente!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

%d bloggers like this: