Gerry McCann, pai de Madeleine McCann, Peter McCann e algumas ligações e possibilidades curiosas…

Parece evidente que existem contactos muito próximos entre o governo britânico e os McCann… As motivações desta proximidade pode ser apenas mediática, isto é, resultar da vontade do Labor de embarcar numa causa popular e muito mediática… Mas, pode haver outras motivações por parte deste apoio mais ou menos expresso do Governo de Gordon Brown ao casal McCann…

Corre em Inglaterra o rumor que esta cobertura governamental existe porque alguns elementos do actual governo do Labour ou familiares seus foram tratados na clínica de reabilitação pertencente a um membro da numerosa família McCann… E falamos da CastleCraig: “Castle Craig, with its 50 secluded acres of private land, is located in the rolling hillsides of the Scottish Borders, and only 30 minutes from Edinburgh. The hospital provides inpatient treatment for those suffering from alcohol and drug dependence and other addictive disorders

É verdade que entre os directores do “Castle Craig” se encontram:

Peter McCann MA, ICADC Chairman
Dr Margaret Ann McCann, MB Bch BAO Medical Director
Dr. Michael G. McCann , MD , MA , DIH, MFOM Director
John L McCann BA ACIS Financial Director/Administrator”

O site do hospital menciona também que “The hospital is a Preferred Provider to the U.S. Government under the Tricare programme and it is also recognised by the Dutch insurance companies.” Ora bem… Não foi na Holanda que viveu o casal McCann antes de regressar ao Reino Unido? Não é na Holanda também que este hospital particular tem também a sua única delegação no estrangeiro? O email que enviei ao endereço deste Peter McCann não teve resposta… Mas tentem vocês: pjm@castlecraig.co.uk… Segundo alguns, que dariam a informação como “confirmada” Peter McCann seria tio de Gerry e a sua clínica seria local de tratamento habitual para militares americanos e para membros do Governo britânico com problemas desde a dependência do alcóol até drogas mais pesadas… Agora que é uma grande clínica/hospital, isso não oferece dúvidas: “Peter McCann, director of Castle Craig hospital in the Borders, the UK’s largest treatment centre for adult dependency on drink and drugs, said a network must be established because the number of children becoming hooked on alcohol and drugs was spiralling out of control.

in http://www.guardian.co.uk/uk_news/story/0,,1635897,00.html

Curiosamente, um dos vários supostos avistamentos de Madeleine, ocorreu em Gozo, na ilha de Malta e no terminal de autocarros de La Valleta (ver AQUI). Ora este Peter McCann tem uma propriedade em Gozo (segundo um Forum do jornal britânico Mirror)

É certo que McCann´s… Há muitos. Só na lista telefónica de Londres há perto de 50, pelo que pode nem haver ligação familiar directa.

Não se sabendo exactamente qual a ligação entre este Peter McCann e Gerry McCann sabe-se contudo que o pai de Gerry, foi um deputado (MP) do parlamento britânico pelo… Labour… O mesmo partido de Gordon Brown. Com efeito, o seu pai, Jack McCann (1910-1972) foi eleito em 1958 e cumpriu mandato até 1964, sendo depois nomeado para o Tesouro e em 1966 “Chamberlain of the Household” (seja lá isso o que fôr…) e regressando ao Tesouro em 1967.

Esta ligação confirmada, mais a não confirmada ligação entre Peter McCann explicam a facilidade com que o casal movimentou meios diplomáticos e governamentais e até, como conseguiu chegar ao Papa.

Outro rumor não confirmado diz que uma das irmãs de Gerry foi assassinada há alguns anos e que esse assassinato estaria ligado a Drogas… Precisamente a área de actividade do CastleCraig de Peter McCann… Coincidência?

O que acha que aconteceu a Madeleine McCann?

1) Foi raptada por uma rede de pedofilia
2) Foi raptada por uma rede de adopção ilegal
3) Foi morta acidentalmente por um dos pais
4) Foi morta intencionalmente por um dos pais
5) Fugiu sozinha e sofreu um acidente

View Results

Anúncios
Categories: A Escrita Cónia, Madeleine McCann, Portugal, Sociedade, Sociedade Portuguesa, Wikipedia | 15 comentários

Navegação de artigos

15 thoughts on “Gerry McCann, pai de Madeleine McCann, Peter McCann e algumas ligações e possibilidades curiosas…

  1. Interessantes os factos que aqui nos apresentas. No entanto acrescento mais um, que poderá talvez explicar a proximodade com o governo britânico. O 1º ministro britânico é amigo pessoal de Gerry e o 1º assessor que eles tiveram ainda cá em Portugal, mal desapareceu a filha, é assesor de Jack Gordon…

    enfim, continuo a achar esta história muito mal contada e angstia-me pensar no que poderá ter acontecido á miúda…

    Beijinho e bom fim-de-semana

  2. Sim, também já conhecia esta história turva do acessor… Aliás, toda esta questão tresanda… E tanto que agora já nem a maioria dos britânicos acredita nas boas intenções deste casal McCann…

  3. Teorias de conspiração?

  4. o que sabemos sobre Madeleine é que está desaparecida, e o fato que levou isto acontencer, poder ser que nunca saberemos. O que realmente importa é saber se está bem e com vida! Com o andar dos acontecimentos dizendo que há fatos sobre sua morte é lamentável. Eu particularmente espero que seja apenas suposições e que esteja realmente raptada e que o raptor procure contata para devolvê-la.

  5. Pires: Exacto… É a única explicação para o evidente e extraordinário apoio governamental que os McCann têm recebido em Londres (e em Portugal, por interposta pressão, diga-se)
    Dulce: Bem, todos os factos actuais e conhecidos (pode haver outros em Segredo de Justiça) apontam para a morte da criança… triste, especialmente se as suspeitas crescentes que recaiem sobre a mãe se confirmarem, mas cada vez mais certa…

  6. Pingback: McCann: ligações perigosas « Papel Principal (comentar? clique no titulo escolhido)

  7. Pingback: McCann: ligações perigosas 2 « Papel Principal (comentar? clique no titulo escolhido)

  8. será que alguém poderá me dizer alguma novidade sobre madeleine? E o avistamento dele em Marrocos não considerado pelas autoridades?

  9. mas existem “autoridades” em Marrocos? A polícia marroquina é famosa pela sua inépcia… duvido que algum desses relatos (nos quais aliás não acredito) tenha sido mesmo investigado a sério…

  10. Rui ALVES

    O termo “abducida” foi utilizado pela imprensa Britanica e Nacional, durante as primeiras semanas de noticias sobre este facto.
    Este termo é normalmente utilizado nos Meios Ufologicos!
    Ha alguma relação?

  11. Golani

    mas existem “autoridades” em Marrocos? A polícia marroquina é famosa pela sua inépcia… duvido que algum desses relatos (nos quais aliás não acredito) tenha sido mesmo investigado a sério…

    e escreves tu posts, aqui no blog, a “cascar” nos media britânico pela forma como falam das “autoridades” em Portugal

    ehehehe

  12. Golani: Sempre atento… Mas vá lá… Nega lá as minhas palavras sobre a eficiência marroquina… Hum? E se critico os Media britânicos (que aliás agora converteram a PJ de besta em bestial…) é porque… não tinha razão nas críticas que faziam quanto à eficiência da nossa polícia, não apenas porque ela fosse “nossa”.

  13. Nito

    Sem querer começar uma discussão, mas acho que este caso McCann já cansa um bocado pelo mediatismo, quantas crianças desaparecem por ano ?
    Quantos processos andam perdidos ? Os “Rui Pedro”, “Maddies” que desaparecem sem deixar rasto ? Rapto? Redes de Prostituição ? Acidentes ?

    Já para não entrar no famoso “Segredo de Justiça” …
    Qual a informação sensível?
    Quem tem acesso a essa mesma informação ?
    Será que existe algum departamento responsável pela comunicação de informação de processos em tribunal ?
    Se não existe deveria ser criado ?
    Que se vai punir ? o jornalista ? o dir. de informação ? a fonte ? o delator ?
    O peso do exclusivo é maior do que a ética ?

    Enfim vou almoçar!

  14. Só no RU, creio que 50 mil desapacidos todos os anos… crianças e adultos…
    Em Portugal, muitos menos… Mas demasiados.
    Não há de facto um gabinete de comunicação (como tem o Golani indicado e repetido muito correctamente), e esta é parte do problema.
    E neste mundo em que há tanta imprensa e onde a luta pelas audiências e vendas de papel, o peso do exclusivo parece estar a bater tudo. Como antes, no Caso Casa Pia, aliás…

  15. xavier

    isto e uma altentica mesno treta

Deixe uma Resposta para Nito Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: