O Governo Chinês aperta o cerco aos críticos internos e aumenta a censura nos Media… E o princípio do fim de um Regime?


(Congresso do PCC de 2002)

(http://www.rte.ie)

O governo chinês deu ordens aos órgãos de comunicação do seu país para “reportarem apenas notícas positivas” e deu ordem de prisão a um dissidente na preparação do 17º Congresso do Partido Comunista Chinês. Assim prossegue a política de reforço de controlo na Censura dos Media, de detenção de activistas anti-SIDA e do encerramento de várias ONGs à medida que o Politburo prepara uma nova fornada de líderes comunistas. O dissidente detido era Chen Shuqing, membro do banido “Partido Democrático Chinês” e foi condenado por “incitar a população a derrubar o Governo”.

Eis os métodos que o Governo ditatorial chinês utiliza para perpetuar a sua Oligarquia no Poder e resistir a qualquer ímpeto democratizar que possa tentar afirmar-se no Império do Meio… A Imprensa e a Televisão são ferozmente controladas, assim como a Internet onde os casos de Censura com a colaboração activa de multinacionais como a Google e a Yahoo tem sido particularmente flagrante nos últimos tempos… Durante quanto mais tempo este regime monolítico e autoritário vai conseguir sobreviver? Provavelmente enquanto conseguir manter índices de crescimento superiores aos 10% anuais… Mas este ritmo não pode continuar durante muito mais tempo… O êxodo rural que durante 25 anos alimentou as cidades de mão-de-obra barata está a estancar; as reinvividações de direitos e melhores salários começam a tornar-se frequentes na China… A própria Censura – especialmente na Internet – apresenta cada vez brechas maiores e mais numerosas… E sabe-se hoje que muitas fábricas chinesas estão perigosamente perto do “lucro zero”, na sua ânsia de continuarem a Exportar e a vender os seus produtos… Tudo isto mais o colapso do Mercado Subprime nos EUA (o maior consumidor mundial de produtos chineses), podem indicar que este período de crescimento que fez subir o rendimento médio dos chineses a 10% ao ano se aproxima do seu ocaso… Isto embora sem o equivalente melhoria nas liberdades cívicas, nos direitos laborais e humanos…

Depois é que veremos como é que o Partido Comunista Chinês se aguenta no Poder…

Fonte: The Guardian

Categories: China, Economia, Política Internacional, Sociedade, Websites | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: