O “grande” crash da Internet de… São Francisco


(http://www.titanicsite.kit.net)

Alguns dos mais populares sites da Internet foram recentemente afectados por um problema que os colocou fora de serviço durante algumas horas… Sites como o Technorati, o USA Today, o TypePad, ou parte do Second Life foram abaixo, assim como um número que se estima ser superior a várias centenas de outras empresas…. Na verdade, na base do acontecimento esteve uma falha de corrente na zona de São Francisco. Todos estes sites estavam alojados num “Colo” (centro de dados especializado em hosting de web sites), onde deviam de estar em funcionamento sistemas de UPS e geradores suficientes para suportar qualquer falha de corrente… Mas algo correu mal. Muito mal mesmo. Durante horas, residentes na cidade, viram longas filas de administradores de sistema aguardando impacientemente a sua vez para entrarem no edíficio e recuperarem os seus sistemas.

O problema foi causado pela explosão de um cabo subterrâneo na cidade. O Centro de Dados é operado pela empresa “365 Main” que pelo nome promete… 365 dias de disponibilidade por ano… E que num texto ainda hoje presente no seu site alardeia: “365 Main Inc. develops and operates the world’s finest data centers. Each facility is optimized for modern data center requirements, featuring 24/7/365 power, cooling, connectivity and security capabilities to ensure mission-critical operations and business continuity for tenants.” Ou seja, mesmo depois do fiasco que foi terem aterrado com boa parte da Internet durante hora ainda prometem uptimes de 24 horas, 7 dias por semana, 365 dias por ano! Alguém devia processar esta gente por publicidade enganosa… De facto, quase ninguém promete uptimes de 100%, sendo um 99,9% um valor excelente para a maioria dos administradores de sistemas (isto embora o dogma dos 99,99% já se esteja a introduzir, pouco a pouco…), mas prometer 100% de Uptime é como conjurar Satanaz e toda a sua hoste de demónios para cairem sobre o nosso pobre Data Center e lançarem sobre o dito toda a torrente de fogo e maldição do Inferno. Foi isso que aconteceu, aliás à 365 Main… Chamou o Demo e este… Respondeu ao chamamento!

É claro que o Data Center da 365 tinha os devidos sistemas de protecção eléctricos… Tinha os UPSs normais e os geradores para alimentarem a rede interna, no caso de falha dos primeiros, mas Murphy estava atento, como sempre… E tratou de fazer falhar os UPSs… Depois tentaram entrar em acção os geradores a diesel, mas o primeiro da linha não arrancou automaticamente… E o segundo, em backup, falhou igualmente… Só horas depois é que a empresa conseguiu arrancar manualmente estes geradores… Só às duas e meia da manhã é que toda a turbulência tinha cessado e todos os clientes da Colo (de “Colocation”) tinham os seus sistemas no ar…

Moral da história: Não prometam uptimes de 365 dias por ano… E as empresas que estão a fazer outsourcing massivo dos seus centros de dados talvez devam reavaliar esta sua política… Murphy há-de inevitavelmente acabar por lhes ensinar o preço da sua arrogância… Como ensinou aos proprietários de certa companhia de transporte marítimo…

Fonte: LaughingSquid

Categories: Informática | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “O “grande” crash da Internet de… São Francisco

  1. Pingback: Post curto « Deslarga

  2. Golani

    Mais rápida e «de confiança»
    Governo japonês desenvolve nova Internet

    2007/08/23 19:08
    O governo japonês está a desenvolver uma nova geração de redes de computadores.

    O objectivo, de acordo com a agência de notícias japonesa «Kyodo News», é substituir a Internet actual, estando o seu lançamento previsto para até 2020.

    O novo suporte já foi confirmado pelo ministro das comunicações, Yoshihide Suga, que espera que a «nova Internet» transfira dados muito mais rapidamente e «com mais confiança». A nova tecnologia será também mais resistente a ataques de vírus e «hackers».

    A iniciativa de criar uma nova Internet é responder aos desafios que a plataforma vai apresentar nos próximos anos, «o que inclui a necessidade de maior largura de banda, segurança e uma rede mais estável».

    Ainda segundo o «The Japan Times», o orçamento previsto para a criação desta nova Internet é de 50 milhões de euros só em 2008. O governo japonês está já à procura de parcerias para desenvolver a tecnologia com empresas e universidades.

  3. Bem… os EUA já têm desde 2000 a backbone da chamada “Internet2” (IPv6) a funcionar a pleno… Levam vantagem, portanto!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: