Daily Archives: 2007/08/09

Do grupo “Movimento Quintano” e sobre a adesão ao mesmo…

Foi criado no FaceBook (um dos melhores sistema de “social networking” da actualidade) um Grupo com a designação “Movimento Quintano”. Para aceder, clique AQUI.

O Movimento Quintano é o primeiro passo para a criação de uma associação que disponibilize os pilares essenciais para a aplicação prática dos princípios do Movimento e do pensamento de Agostinho da Silva e de E. F. Schumacher em Portugal, Brasil e nos demais países da Lusofonia. Por isso, pretende-se cativar pessoas de todos os continentes e de todas as nacionalidades unidas apenas pela comunhão de ideias e movidas pelos ideais descritos por António Vieira, Fernando Pessoa e Agostinho da Silva na forma do “Quinto Império” e adaptando estes conceitos sob a luz das teorias económicas defendidas por E. F. Schumacher.

Este grupo vai concentrar toda a actividade e debate em torno das questões que têm a ver com a aplicação dos princípios do Movimento Quintano e pretende ser o principal forum de debate sobre as temáticas relevantes ao mesmo.

Recordo ainda que estão abertas as adesões ao Movimento Quintano, através de um clique AQUI.

O Movimento é uma proto-associação que está embrionária e que se manterá “virtualizada” dentro do possível, isto é, procurando evitar peias materiais, como edificios, reuniões, papéis e mantendo apenas a legalidade formal mínima exigível. O seu objectivo último será o de formar grupos de pressão que procurem aplicar na prática o pensamento do Professor na nossa realidade actual, consubstanciando aquilo que foi profeciado outrora sob a expressão: “Quinto Império” (expressão pela qual, curiosamente, Agostinho não nutria especial afecto…)

Anúncios
Categories: Movimento Internacional Lusófono | 2 comentários

O “Wasp III” um UAS táctico, lançado manualmente, está a entrar em serviço nos EUA

A Força Aérea dos EUA prepara-se para receber os pequenos UAS “Unmanned Aircraft Systems” na forma do Wasp III, com cerca de 70 cm de comprimento de asas e pesando menos de meio quilograma, mas transportando uma câmara de vídeo e de infravermelhos. O UAS pode ser lançado com o impulso de um braço e disponibiliza imagens de alta qualidade para o operador de terra, colocado junto à equipa táctica. Os Wasp III não estarão armados, mas irão oferecer aos soldados posicionados no solo ou em patrulha uma visão do alto que até hoje não dispunham directamente. OUAS pode voar durante cerca de uma hora produzindo muito pouco ruído, o que o tornar virtualmente indetectável quando opera de noite

A entrada em operação deste pequeno aparelho vai aumentar as possibilidades de sobrevivência dos militares em patrulha no solo, no Iraque e representa mais um passo para a modernização das forças armadas dos EUA, mas também vai implicar um aumento da complexidade das suas missões, a necessidade de um operador do sistema colocado junto à equipa de intervenção táctica e… Mais uns quilos de equipamento a transportar em cada missão… Sem falar do aumento de custos que actualmente já está a prejudicar a operacionalidade das forças armadas americanas…

Fontes:
Engadget
DesignationSystems

Se gostou deste artigo, adicione-o nas redes de notícias colaborativas:
DoMelhor
(Portugal) ou
Chuza
(Galiza) ou ainda em
Linkk (Brasil)

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | Deixe um comentário

Foi esclarecido o mistério das luzes lunares? (TLP)

(Fotografia rara de um TLP tirada em 1953 in http://www.space.com)

Um dos mais intrigantes mistérios da astronomia têm sido aqueles fenómenos que são observados por vezes na Lua e que são conhecidos pela designação inglesa de TLP Transient Lunar Phenomena”). Observados desde pelo menos o século XVIII, consistem em clarões súbitos de luz na superfície lunar. Durante séculos, os astrónomos procuraram explicações prosaicas, como turbulência na atmosfera terrestre, ilusões de óptica e até causas psicológicas. Até agora… Um estudo da Columbia University dirigido pelo astrónomo Arin Crotts identificou uma correlação entre estes avistamentos e os locais
onde a Apollo 15 e a sonda Lunar Prospector identificaram gases sendo libertados da superfície lunar… Sobretudo na cratera Aristarco (50% dos avistamentos) , Platão (15%) e em algumas outras…

Os investigadores acreditam que o fenómeno das luzes lunares são uma expressão da libertação de radão e argon do interior da Lua e produzidos pelo decaímento radioactivo do Urânio 238 e do Potássio 40 da crosta lunar. Tremores de terra lunares e uma provável actividade vulcânica de algum tipo podem então explicar este fenómeno… Algo que a sonda japonesa Selene, a lançar em 2008 poderá esclarecer. De qualquer modo, a minha tese favorita, de que estaríamos perante a actividade de… bases espaciais alienígenas na Lua sofre um certo revez… Embora no lado oculto da Lua… Quem sabe? (ver AQUI)

Fonte: Space.com

Se gostou deste artigo, adicione-o nas redes de notícias colaborativas:
DoMelhor
(Portugal) ou
Chuza
(Galiza) ou ainda em
Linkk (Brasil)

Categories: Ciência e Tecnologia, Defesa Nacional, OVNIs, Referendo da IVG, SpaceNewsPt | 6 comentários

QuidSZ S2-1: Que míssil é este?

aot.jpg

E eis que recomeçam o QuidSZ! Ainda com a parceria com o Ideias Fixas e depois da espantosa maratona do Pedro Tavares, o vencedor incontestado do QuidSZ S1!…

Boa Sorte!

Dificuldade: 3

Categories: QuidSZ S2 | 10 comentários

Fernando Pessoa: Resposta a “O que calcula que seja o futuro da raça portuguesa?”

“- O que calcula que seja o futuro da raça portuguesa?

– O Quinto Império. O futuro de Portugal – que não calculo, mas sei – está escrito já, para quem saiba lê-lo, nas trovas do Bandarra, e também nas quadras de Nostradamus. Esse futuro é sermos tudo. Quem, que seja português, pode viver a estreiteza de uma só personalidade, de uma só nação, de uma só fé? Que português verdadeiro pode, por exemplo, viver a estreiteza estéril do catolicismo, quando fora dele há que viver todos os protestantismos, todos os credos orientais, todos os paganismos mortos e vivos, fundindo-os portuguesmente no Paganismo Superior? Não queiramos que fora de nós fique um único deus! Absorvamos os deuses todos! Conquistámos já o Mar: resta que conquistemos o Céu, ficando a terra para os Outros, os eternamente Outros, os Outros de nascença, os europeus que não são europeus porque não são portugueses. Ser tudo, de todas as maneiras, porque a verdade não pode estar em faltar ainda alguma coisa? Criemos assim o Paganismo Superior, o Politeísmo supremo! Na eterna mentira de todos os deuses, só os deuses todos são verdade”. Fernando Pessoa in “Resposta a Portugal, Vasto Império”.

Fernando Pessoa é uma das maiores e mais influentes fontes do pensamento de Agostinho da Silva. Nesta sua citação observamos claramente os pontos de contacto e as origens do impulso agostiniano para um Quinto Império, já que todos os seus elementos fundamentais estão aqui presentes: um certo providencialismo da aparição do Quinto Império; um sentimento de profecia latente e a identificação da Portugalidade como algo intrinsecamente diverso das demais nacionalidades europeias: como uma ideia de união e comunhão e não propriamente como uma ideia de separação ou diferença que caracteriza as populações de matriz germânica e que esteve na raíz de todos os movimentos e guerras racistas que assolaram o continente europeu.

O interessante conceito de “Paganismo Superior”, aqui introduzido por Pessoa remete-nos para o “Culto do Espírito Santo” admirado por Agostinho… Ambos permitem a confluência de credos religiosos distintos e frequentemente antagónicos… E Paganismo, porque na raiz da palavra, está o latino “paganus”, que designava nos primeiros tempos do cristianismo os habitantes dos campos, menos cristianizados que os das cidades romanas e logo, sede última do “paganismo”, isto é, da religião naturalística greco-romana. De facto, a erupção do cristianismo na sociedade correspondeu a um afastamento do mundo natural, personificado todo ele por deuses e divindades na natureza, na forma de nascentes, rios, ribeiros, montanhas, todos sede e morada de divindades distintas… A dessacralização do mundo rural foi essencial ao progresso de uma sociedade tecnicista e predatória que encarava o Mundo e a Natureza como “meio de produção” e não como “locais sagrados” como as culturas antigas… É esta forma de existência que é necessário restaurar, re-inaugurando o tal paganismo superior de Pessoa, recordando a comunhão de culto entre judeus, muçulmanos e católicos do Culto do Espírito Santo e potenciando esta capacidade para “viver tudo, de todas as maneiras” que têm os portugueses, cidadãos e expressão do mundo e noção não mais espartilhada à sensata mas imprecisa e cega interpretação nacionalista do termo.

Categories: Movimento Internacional Lusófono | 8 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade