O Canadá proíbe a comercialização de sementes com o “Terminator Gene”


(http://www.radio-canada.ca)

O parlamento canadiano proibiu a entrada e comercialização no país de sementes híbridas manipuladas geneticamente de forma a não produzirem sementes… Estas novas sementes (OGM: Organismos Geneticamente Modificados) patrocinados e comercializados pelas grandes multinacionais americanas da agroindustria como a Monsanto colocam os agricultores que as compram na estrita de dependência de terem que comprar novas sementes às multinacionais todos os anos, já que o trigo e o milho cultivado com estas foi artilhado de forma a não… produzir sementes. O gene alterado (“terminator gene”) impediria assim a utilização das sementes geradas naturalmente pelo trigo e que no Canadá se estimar rondarem os 20% de todas as sementeiras, aumentando assim de forma imoral as vendas destas multinacionais e reduzindo ainda mais as margens destes agricultores…

 

Se gostou deste artigo, adicione-o nas redes de notícias colaborativas:
DoMelhor.net (Portugal) DoMelhor
(Portugal) ou
Chuza.org (Galiza) Chuza
(Galiza) ou ainda em
Adicionar esta not�cia no Linkk Linkk (Brasil)

Categories: Agricultura, Ciência e Tecnologia, CodeFarmPt, Defesa Nacional, Ecologia, Economia, Quids S8, Sociedade, Websites, Wikipedia | 8 comentários

Navegação de artigos

8 thoughts on “O Canadá proíbe a comercialização de sementes com o “Terminator Gene”

  1. Pedro Tavares

    Fod#?!!, nunca gostei destes gajos. 👿

    Como eu gostava de saber quem são os maiores accionistas da Monsanto.

    (desculpa a linguagem)

  2. Golani

    já que o trigo e o milho cultivado com estas foi artilhado de forma a não… produzir sementes

    penso que a lógica por detrás disto é para não “contaminar” as outras culturas não-modificadas

  3. Golani

    Como eu gostava de saber quem são os maiores accionistas da Monsanto.

    nada mais simples:

    http://moneycentral.msn.com/ownership?Symbol=MON

    e podes comprar acções da Monsanto através do teu banco

    neste momento estão a 65.64, a subir 1.02%

  4. Golani: Pois… Esse é o argumento oficial… Mas não acredito nas boas intenções da Monsanto (quem acredita além dos seus próprios accionistas?), parece-me muito conveniente para forçarem os agricultores a viveram na total dependência dos seus produtos… E este foi o entendimento do parlamento canadiano, que nesta área não deve estar muito mal informado…

  5. bianca castafiore

    É simplesmente nojento! E nós nas mãos dessa gente!
    Os génios governativos locais terão a mesma decência que o governo do Canadá?
    Tremo de pensar no que pode resultar de tal abominação!

  6. O que pode resultar é um mundo em que as multinacionais são cada vez menos e mais poderosas e os individuos (pequenos empresários, médios e simples particulares) detêm cada vez menos poder económico e onde todas as pequenas empresas tendem a desaparecer sendo substituídas por grandes agroindustrias. Um fenómeno que neste momento já percorre todo o interior rural dos EUA, diga-se…

  7. Bem… afinal ainda existia um nome maior!! Vo fazer a respectiva actualização, obrigado pela dica!

    Parabéns pelo teu blogue, vou linká-lo no nosso directório.

    Abraços!

  8. Universos Virtuais:
    E quem sabe se algures não há ainda um nome maior… Lembrava-me dessa aldeia galesa de um programa da TV, mas obviamente não sabia qual era o nome! 😉
    E Obrigado pelos parabéns, também já inseri o Universos Virtuais na lista de favoritos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: