Daily Archives: 2007/07/17

Lippisch P13a


(http://www.paginaplastico.com)

Função: Caça.

Dimensões: Comprimento, 6.70 metros; Largura, 6 metros; Altura, 3.25 metros.

Área alar: 20 m2.

Peso Vazio (DM-1): 375 kg. Em vôo (P13a): 2.300 kg.

Propulsão: ramjet.

Velocidade: Máxima, 1.650 km/h.

Alcance: 1.240 km

Tripulação: 1 sentado.

Armamento: 2 canhões MK 108 de 30 mm (P13a). Nenhum (DM-1).

O interceptor Lippisch P13a utilizaria um motor ramjet propulsionado parcialmente por carvão. Para um vôo de trinta minutos 500 kg de grânulos de carvão seriam suficientes, grânulos que seriam injectados na câmara de combustão conjuntamente com óleos pesados. Ensaios com este estranho motor foram realizados pelo Dr. Schwabl de Viena e pelo Dr. Saenger, que então trabalhava no DFS.

Como o ramjet só podia funcionar a altas velocidades o caça dependia de um motor-foguete para descolar e levar o aparelho até às velocidades minímas requeridas pelo ramjet.

O caça teria asas delta com 60º de inclinação, com o motor colocado na parte central da asa. O leme tinha a forma de uma barbatana incluindo a cabina do piloto e estendia-se por toda a área horizontal do aparelho e estava inclinada também ela num ângulo de 60º. À semelhança de outros aparelhos a reacção alemães a aterragem seria realizada sob um esqui.

Uma forma tão invulgar requeria extensos testes aerodinâmicos, que começaram com vôos de uma versão à escala em Maio de 1944 em Spitzerberg, nos arredores de Viena. Seria também construído um modelo para testes em túneis de vento, dos quais se utilizaria o do Aerodynamischen Versuchsanstalt (AVA) em Goettingen. Esta primeira fase revelou boas características aerodinâmicas pelo que o projecto passou para a construção de modelos de madeira em tamanho real, ainda sem motor, mas já tripulados. Estes seriam os modelos DM-1, cuja construção arrancou em Agosto de 1944. Mas um bombardeamento a 11/12 de Setembro de 1944 destruiria completamente as instalações do FFG Darmstadt, e com elas muito equipamento do projecto P13a. O material sobrevivente foi embalado e enviado para Prien am Chiemsee, continuando o trabalho na filial do FFG em Munique. Este protótipo, conhecido até então como D33 recebia agora a designação oficial DM-1 (“D” de Darmstadt e “M” de Munique). O planador não tinha propriamente uma fuselagem, visto que a carlinga estava inserida no sector dianteiro do estabilizador vertical. No chão da cabina do piloto existia uma janela. O trem de aterragem era um triciclo, que só podia ser retraído no solo.

O planador experimental DM-1 devia ser rebocado de um bimotor Siebel Si 204A, tendo sido prevista a instalação de dois foguetes de combustível sólido que o levariam até aos 800 km/h depois de largados os três cabos que o ligavam ao bimotor. No começo de 1945 dois Siebel tinham sido alocados ao projecto e aguardavam utilização na pista do aeródromo de Prien. O Hans Zacher deveria ser o piloto de testes do planador, mas nunca chegaria a cumprir esse papel.

A 3 de Maio de 1945 o aeródromo de Priem am Chiemsee foi ocupado pelo exército americano, sendo capturado o DM-1. Foi então decidido continuar o seu desenvolvimento nos EUA, embora se decidisse pelo pouco futuro do modelo.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | 2 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade