O foguete Ar-Ar Orkan R4/M

Peso total: 3.85 kg
combustível carregado: 0.815 kg
peso explosivo: 0.520 kg
impulso: 245 kp
velocidade: 525 m/segundo
alcance: 1.500 metros.
O R4/M foi o primeiro foguete lançado do ar realmente eficaz. Os ensinamentos dos primeiros RZ tinham mostrado que era preferível usar um foguete estabilizado por aletas e o “Orkan” tirou muito do seu sucesso desse ensinamento. O desenvolvimento do R4/M coube principalmente a Fritz Heber, o mesmo homem que criara as primeiras miras para metralhadoras em aviões quando trabalhava na Fokker de Schwerin em 1915. Agora proprietário da firma Heber sediada em Osterode, desenvolvera o R4/M (“R” de Rakete, “4” do peso de 4 kg e “M” de Minenkopt, ou ogiva de mina). Após ensaios bem sucedidos conduzidos pessoalmente pelo famoso Generalmajor Galland na unidade Jagdverband (JV) 1944 Heber recebeu contratos para construir 20.000 desses engenhos, dos quais só conseguiria entregar 2.000.

A partir de Março de 1945 já 50 Me 262 A-1b tinham sido equipados com 24 R4/M com excelentes resultados. Alguns Me 163 também receberam o R4/M e o Bachem Ba 349 também deveria acomodar uma 28 de foguetes desta classe numa “colmeia” montada no seu nariz. O projecto Blohm & Voss Jager P.212 que também devia receber o R4/M nunca chegou ao ponto de desenvolvimento que requeria testes reais com a arma.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “O foguete Ar-Ar Orkan R4/M

  1. Rui, tenho uma pergunta p vc sobre armamentos: vc tem visto em vídeos de atuações norte-americanas no iraque que alguns tanques tem uma espécie de metralhadora acoplada na torre, que NÃO PRECISAM de um homem para operá-las? São provavelmente controladas eletronicamente. Vc já viu algo a respeito?

    Também em relação aos armamentos, fiquei surpreso com um rifle gigantesco de longo alcance, que praticamente corta uma pessoa ao meio, e a uma distância muito longa.

    um abraço,

  2. Catatau: De facto, são de controlo remoto e uma excelente ideia, já que podem salvar a vida do operador… Penso que sejam estas que viste:
    http://www.defenseindustrydaily.com/2005/08/68m-provides-remotelyoperated-machineguns-for-vehicles/index.php

  3. Acho que é semelhante a essa, obrigado pela resposta!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: