A China e as suas exportações de armas para alguns dos mais tirânicos regimes do mundo: Sudão, Myanmar, Nepal e Irão

Segundo a Amnistia Internacional, a China está rapidamente a tornar-se o maior exportador e também o mais irresponsável dos exportadores de armas do mundo… São armas chinesas que sustentam hoje alguns dos conflitos mais sangrentos e cruéis do mundo no Sudão, no Nepal, ne no Myanmar… Armas de infantaria especialmente, sobretudo na forma das cópias chinesas da AK-47, mas também meios mais pesados como os 212 camiões chineses (com motores diesel Cummins americanos) que transportam agora os soldados governamentais e as milícias islâmicas Janjawid para os seus massacres no Darfur…

A colaboração desta muito lucrativa multinacional dos EUA diz também muito do tipo de multinacionais que estão hoje a propulsar a Globalização… Do tipo de negócios que aceitam fazer e da diminuta escala moral dos seus princípios e do quanto longe estão dispostas a ir para não comprometerem as suas boas relações com o “Império do Meio” e até onde podem ir para não fechar a porta aquela que é considerado nalguns círculos como o “maior mercado do mundo”.

Segundo uma investigação da ONU, tratar-se-íam de 212 camiões EQ2100E6D da Hubei Dong Feng Motor Industry and Export Company propulsados por um motor diesel Cummins 6BT5.9

De igual forma, a China exportou para outro dos estados mais ditatoriais do mundo, verdadeiro membro de um “Eixo do Mal” patrocinado pela China e logo, consentido pelos EUA e pelos Neocons bushistas: Myanmar, a antiga Birmânia… Para aqui, a China entregou mais de 400 camiões idênticos.

O Irão é hoje provavelmente o maior comprador de armamento chinês e certamente o maior comprador de equipamento pesado e de alta tecnologia… Desde caças Shenyang, a tanques T-59, a mísseis terra-terra HY-2 Silkworm e a lançadores de foguetes a China tem vendido alguns dos seus melhores sistemas de arma ao regime dos Mullahs, eterno opositor e rival do Ocidente, com uma folha de direitos humanos das mais manchadas do mundo…

No Nepal que as exportações militares chinesas têm sido também muito intensas… Entre 2005 e 2006, 25 mil AK-47s e 18 mil granadas foram entregues ao governo que as usou contra manifestantes e na repressão brutal que encetou contra os rebeldes maoístas (sim… irónicamente estas armas chinesas foram usadas contra rebeldes maoóistas…) e num fenómeno paralelo, o mundo, mas especialmente o Extremo Oriente (Malásia, Tailândia e Indonésia) têm assistido nos últimos anos a uma multiplicação de armas ligeiras e pistolas de marca Norinco, também muito comuns entre os perigosos gangs que operam na África do Sul… Existe aparentemente uma rede clandestina de distribuição destas armas da Norinco por todo o mundo, dependendo da inércia e corrupção das autoridades chinesas e da complacência de muitos governos onde estas armas aparecem com cada vez mais frequência…

Mas estas informações estão isoladas e certamente que não são únicas… A China mantêm uma política de segredo nas suas exportações militares e pouco se sabe delas, além daquilo que o seu regime fechado e censório deixa escapar intencionalmente para o exterior (como o recente anúncio de venda de equipamento militar para a Argentina de que falámos por AQUI). Aliás, se as exportações chinesas não são maiores do que já foram isso deve-se a uma concorrência feroz da Rússia (outro fornecedor do governo sudanês), mas principalmente ao mau desempenho que estas armas tiveram na Guerra Irão-Iraque nas Guerras do Golfo (sob comando iraquiano)… Em consequência dessa justa má imagem então adquirida, as vendas cairam a pique para menos de 600 milhões de dólares em 1998 e só nos últimos anos tornaram a recuperar…

A Aministia Internacional estima que a China exporta todos os anos perto de 2 biliões de dólares em armamento… Relativamente pouco se comparados com os quase 70 biliões dos EUA, mas muito, demasiado mesmo, se tivermos em conta os países para onde as exportam e a natureza das mesmas: armas de infantaria e veículos de transporte, uns e outros essenciais nos conflitos de baixa intensidade que decorrem nestes locais.
Fontes:

Aministia Internacional (relatório aqui abordado)

Raw Story

www.nti.org

Asia Times

FAS

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci, Política Internacional, Sociedade | 12 comentários

Navegação de artigos

12 thoughts on “A China e as suas exportações de armas para alguns dos mais tirânicos regimes do mundo: Sudão, Myanmar, Nepal e Irão

  1. Golani

    algumas das tuas observações não fazem muito sentido:

    A colaboração desta muito lucrativa multinacional dos EUA diz também muito do tipo de multinacionais que estão hoje a propulsar a Globalização… Do tipo de negócios que aceitam fazer e da diminuta escala moral dos seus princípios e do quanto longe estão dispostas a ir para não comprometerem as suas boas relações com o “Império do Meio” e até onde podem ir para não fechar a porta aquela que é considerado nalguns círculos como o “maior mercado do mundo”.

    …estamos a falar de camiões ! não estamos a falar de algo deveras sofisticado

    culpar a globalização é um pouco disparatado…há uns 20/30 anos não se vendiam armas e camiões ?

    e a pareceria com a empresa americana é de só vender componentes grade parte deve ser para consumo interno…daqui a uns tempos os chineses já lhes copiam os motores …ehehe

    De igual forma, a China exportou para outro dos estados mais ditatoriais do mundo, verdadeiro membro de um “Eixo do Mal” patrocinado pela China e logo, consentido pelos EUA e pelos Neocons bushistas: Myanmar, a antiga Birmânia… Para aqui, a China entregou mais de 400 camiões idênticos.

    O Irão é hoje provavelmente o maior comprador de armamento chinês e certamente o maior comprador de equipamento pesado e de alta tecnologia

    e esta de terem o consentimento do Bush e neocon tb não faz sentido nenhum….então os americanos vão ficar contente de a china andar a vender armas aos seus inimigos !?

    a verdade é que até há muitos neocon radicais q advogam entrar em guerra com a China

    já agora que achas do Hugo Chavez ter comprado 100.000 AK 103, 24 caças SU 30, 8 helis de ataque Mi 35 etc… ?…sem falar dos submarinos

    os brasileiros já começam a ficar preocupados

  2. “algumas das tuas observações não fazem muito sentido:”
    -> Bem, não me recordo de teres tido outra opinião das ditas… Mas repara como nãoestou só nestas reservas quanto à atitude da China… Aliás, quem a defende mesmo a não ser o solitário Golani? (alguém teria que haver…) Não te invejo esse papel de advogado do Diabo…

    “…estamos a falar de camiões ! não estamos a falar de algo deveras sofisticado”
    -> Camiões que levaram os janjawed até aos massacres no Darfur! Esse é o mesmo argumento daqueles que defendem nos EUA o porte de armas! “não é a arma que mata, mas o dedo que carrega no gatilho”! A China vendeu os camiões ao Sudão (governo ditatorial, racista e ultra-islâmico) sabendo para o que seriam usados e como contrapartida das exportações de petróleo, desprezando o que faz o govrno sudanês contra os seus próprios nacionais… Num cinismo e amoralismo que é aliás bem clássico da política chinesa nos últimos 20 anos.

    “culpar a globalização é um pouco disparatado…há uns 20/30 anos não se vendiam armas e camiões ?”
    -> Sim, mas não com motores americanos da Cummins.

    “e a pareceria com a empresa americana é de só vender componentes grade parte deve ser para consumo interno…daqui a uns tempos os chineses já lhes copiam os motores …ehehe”
    -> O que denota da parte da Cummins amoralismo e também… bastante idiotia. Os russoa aliás vão pela mesma linha. Quantos Sukhoi acham eles que os chineses lhes vão comprar daqui a 10 anos? Depois de terem as licenças para fabricar motores e componentes do Su-27… Os mesmos que a Cummins lhes vai vender então.

    “e esta de terem o consentimento do Bush e neocon tb não faz sentido nenhum….então os americanos vão ficar contente de a china andar a vender armas aos seus inimigos !?”
    -> Não disse que tinham o consentimento. Têm é a apatia e a incapacidade de acção por parte de uma Administração completamente nas mãos das grandes empresas e multinacionais, refém delas e dos seus lobbies.

    “a verdade é que até há muitos neocon radicais q advogam entrar em guerra com a China”
    -> HAvia no princípio do primeiro mandato… Mas depois com o atoleiro iraquiano (onde se desperdiça a preciosa força armada da Democracia que são os EUA), perderam o gás… E o pior é que tinham razão! A China é que é o verdadeiro inimigo a longo prazo dos EUA… Não os pés-descalços dos muçulmanos radicais, que retiram a sua força da miséria das casbahs e dos altos níveis de desemprego no Médio Oriente e de governos tirânicos apoiados cinicamente pelos EUA…

    “já agora que achas do Hugo Chavez ter comprado 100.000 AK 103, 24 caças SU 30, 8 helis de ataque Mi 35 etc… ?…sem falar dos submarinos
    os brasileiros já começam a ficar preocupados”
    -> O que acho? Já falei muito destas aquisições por aqui, como te deves lembrar… Acho que devem estar preocupados e com toda a razão, tendo em conta a relativa obsolescência das FA brasileiras, por culpa do primeiro mandato Lula… Chavez desagrada-me com os seus tiques populistas e autoritários, mas a Mafia que veio substituir não era melhor, e pelo menos tem melhorado o nível de vida da maioria da população venezuelana… Votaria nele? Provavelmente não. É melhor que a antiga cleptocracia? Sim. É um perigo para a América do Sul? Provavelmente não… A não ser para a Guiana…

  3. Golani

    Num cinismo e amoralismo que é aliás bem clássico da política chinesa nos últimos 20 anos.

    só recuas 20 anos ? no tempo do Mao Tse Tung as coisas é que eram boas então..

    continua a não fazer sentido culpar a globalização pela venda das armas chinesas, pq os tipos já produziam armas e camiões…..com ou sem motores americanos

    e já agora para tu enquadrares a noticia esta empresa (sino americana) produziu em 2006, 932 mil camiões

    Os russoa aliás vão pela mesma linha. Quantos Sukhoi acham eles que os chineses lhes vão comprar daqui a 10 anos? Depois de terem as licenças para fabricar motores e componentes do Su-27

    se os russo forem finos daqui a 10 anos têm caças capaz de bater o Su-27….é o que os americanos fazem ehehe

    Têm é a apatia e a incapacidade de acção por parte de uma Administração completamente nas mãos das grandes empresas e multinacionais, refém delas e dos seus lobbies.

    então pela tua lógica estas empresas americanas não vêm as chinesas como uma ameaça ?

    E o pior é que tinham razão! A China é que é o verdadeiro inimigo a longo prazo dos EUA…

    advogas então uma guerra preventiva com a china por parte dos americanos ?
    concordas com os neocon ?

    tem melhorado o nível de vida da maioria da população venezuelana…

    essa afirmação tem sido bastante veiculada ….. mas pelos visto não é bem assim, segundo um artigo recente do Expresso :

    “Trinta e cinco por cento dos que responderam a um inquérito recente feito por nós disseram que sairiam do país se tivessem recursos para tal”, diz Roberto Briceño-León, coordenador do Observatorio Venezuelano de Violencia, um organismo académico. “Uma das principais razões é o crime”. A vaga de crime não se confina a Caracas. Humberto Rodrigues, presidente da Câmara Portuguesa-Venezuelana, com sede na terceira cidade do país, Valencia, refere que a situação aí é “insuportável”. Tanto ele como a sua filha foram imobilizados sob a ameaça de armas, em ocasiões diferentes, por bandidos que lhes roubaram os carros. O seu restaurante já foi assaltado nove vezes.

    Entretanto, o presidente da Câmara de Caracas, Juan Barreto, reconhece que a sua força metropolitana, a maior do país, é “ineficaz e corrupta”.

    12.200 pessoas foram assassinadas no ano passado, três vezes mais do que em 1998. Criminalistas independentes estimam que só na capital houve 2200 homicídios em 2006 – tantos como em todo o território em 1990. Este cálculo não inclui um número ainda maior de vítimas de disparos da Polícia por alegada “resistência à prisão”

  4. Eu não me preocupo muito com as vendas de armas chinesas… tem pouca fiabilidade e daqui a 10 anos são apenas um monte de sucata. Por enquanto, são pouco fiáveis e com uma esperança de vida curta. É por isso que a própria China compra armas aos Russos. Mais sofisticadas e duradoiras.

    Os neocons quererem guerra com a China… não acredito. Então eles iam entrar em guerra e arruinar as suas pretenções n$um mercado que está a absorver uma parte significativa da produção americana e onde estão milhares de empresas americanas! Era a ruína a economia americana e mundial! Isso é mais um daqueles mitos anti-Bush.

  5. Golani:

    “só recuas 20 anos ? no tempo do Mao Tse Tung as coisas é que eram boas então..”
    -> Há 20 anos, a China não tinha nem metade da influência externa e económica que tem hoje…

    “continua a não fazer sentido culpar a globalização pela venda das armas chinesas, pq os tipos já produziam armas e camiões…..com ou sem motores americanos”
    -> Sim, mas pelo menos não havia a cumplicidade de empresas ocidentais nessas exportações (que na época eram aliás gratuitas e em nome da “libertação dos povos”).

    “e já agora para tu enquadrares a noticia esta empresa (sino americana) produziu em 2006, 932 mil camiões”
    -> E daí? Vai explicar aos sudaneses do Darfur que os camiões que levaram os milicianos até eles para os massacrarem, eram apenas 400 de um total de 932 mil e repara se para eles isso faz alguma diferença.

    “se os russo forem finos daqui a 10 anos têm caças capaz de bater o Su-27….é o que os americanos fazem ehehe”
    -> Não têm… O novo caça russo (PAK-FA) parece estar com dificuldades (orçamentais) em descolar e não é comparával ao F-22 raptor, como devia… Daqui a 10 anos, a Rússia arrisca-se a ter mesma tecnologia que a China, já que esta então já deve replicado completamente o Su-37.

    “então pela tua lógica estas empresas americanas não vêm as chinesas como uma ameaça ?”
    -> Não. Os modelos de gestão actuais só premeiam a gestão de curto prazo, e como tal estas multinacionais são incapazes de ver que a médio prazo, depois de completamente copiados, estes motores da cummins já não serão exportáveis. Para estes gestores da treta, importa apenas exportar AGORA, depois logo se vê. Sacrificam o futuro da sua empresa em nome dos resultados do ano corrente, acreditando (com alguma razão) que “a prazo todos estaremos mortos” segundo a boa bitola neoliberal.

    “advogas então uma guerra preventiva com a china por parte dos americanos ?
    concordas com os neocon ?”
    -> Claro que não!… A “guerra preventiva” é uma falácia e um erro moral grave. O que critico é a atitude permissiva frente aos repetidos abusos e arrogâncias chinesas na cena internacional. E uma política clara de defesa da soberania de Taiwan perante as sucessivas ameaças do continente.

    “essa afirmação tem sido bastante veiculada ….. mas pelos visto não é bem assim, segundo um artigo recente do Expresso”
    -> Eu sei que tem havido quem ponha em dúvida esta melhoria… Mas também existem fontes e estudos que apontam na direcção oposta. Até ao momento confio mais no segundos, mas não ignoro que esta melhoria se deve também ao aumento das receitas do petróleo e não ignoro os limites que Chavez frequentemente ultrapassa no seu estilo pessoal e populista de gerir a democracia venezuelana. Continuo a acreditar que para a maioria dos venezuelanos o novo regime actual é mais positivo que o anterior. Prova disso são aliás os sucessivos plebicistos vencidos por Chavez…

  6. Eurico:

    “Eu não me preocupo muito com as vendas de armas chinesas… tem pouca fiabilidade e daqui a 10 anos são apenas um monte de sucata. Por enquanto, são pouco fiáveis e com uma esperança de vida curta. É por isso que a própria China compra armas aos Russos. Mais sofisticadas e duradoiras.”
    -> Mas essa tua opinião foi forjada nos anos 70s e 80s, onde o grosso das armas chinesas eram cópias das armas russas da década de 50 e 60… Hoje, a China opera versões modernas da Sukhoi e está a construir o J-10 uma cópia local do F-16… O grosso das FAs chinesas ainda têm o tal equipamento copiado das décadas de 50 e 60, mas está a actualizar-se muito rapidamente, e dentro de 20 anos, já nada restará desse equipamento, operando então apenas o equipamento mais moderno e teoricamente equivalente à média que tem o Ocidente (excepto o JSF /F22 e o PAK/FA, Eurofighter)

    “Os neocons quererem guerra com a China… não acredito. Então eles iam entrar em guerra e arruinar as suas pretenções n$um mercado que está a absorver uma parte significativa da produção americana e onde estão milhares de empresas americanas! Era a ruína a economia americana e mundial! Isso é mais um daqueles mitos anti-Bush.”
    -> Não digo que “queiram a guerra”, mas que defendiam uma posição mais agressiva frente ao expansionismo chinês… A guerra não lhes conviria, já que faria criar uma crise accionista global e, como se sabe, para os neocons e para os neolibs, tudo gira em torno do Mercado de Acções.

  7. Clavis: Não sabia das cópias dos F16. E estamos de acordo no restante, se bem que as potencias ocidentais têm agora mais cuidado nas suas exportações para a china. As cópias vão ser mais dificeis.

  8. Anónimo

    O Chengdu J-10A (monolugar) e J-10B (bilugar) “Vigorous Dragon” não são cópias do F-16 (embora tenha certas semelhanças estéticas com ele).
    São, isso sim, derivados “quase” directos do cancelado projecto israelita IAI Lavi.
    Parece, pelo que já li algures, que os “chimpas” tiveram acesso por espionagem a certos dossiers desse fantástico e avançado caça de Israel, do qual apenas se construíram dois ou três protótipos para voos de testes.

  9. Anónimo: Sim, estou a par das dúvidas quanto à origem do J-10 (http://movv.org/2005/11/07/o-caca-de-4%c2%aa-geracao-chines-o-chengdu-j-10/)
    , quando falei de “cópia do F-16” referia-me à fonte última da concepção do J-10… O IIAI Lavi foi criado para ser uma variante local, israelita, do F-16 e por isso deriva directamente deste aparelho americano. O J-10 parece ser o resultado da venda dos planos do Lavi à China (Israel sempre negou esta venda…).

    O J-10 é que não parece ser tão “fantástico e avançado” quanto o era o Lavi… O projecto está muito atrasado e tem enfrentado muitas dificuldades técnicas que resultam do facto de ser ainda muito avançado para o actual nível tecnolóigico da indústria aeronáutica chinesa…

    • TONIO RODRIGO

      Engraçado este artigo, duma clareza irreal, sempre a diabolizar uma parte, mesmo que essa parte seja uma parte ínfima do que o outro lado, o tal campeão da democracia, o tal das guerras com armas atómicas, o tal que matou milhares no Vietname com napalm, bombas de fósforo, que forneceu Israel com as mesmas armas, ah, não esquecer o agente laranja, meus senhores, antes de criticar o rato, falem no elefante, quantos regimes,
      quantos esquadrões da morte foram armados pela tal companhia, tudo secreto, Guatemala,S.Salvador,Nicarágua, Iraque, O Irão e por aí fora, deixem-se de deitar areia para os olhos, têm um sistema fascista, mas se apresentam como democratas, tenho dito!

  10. EUA aproveita da situação . O rei Reza Palevi foi para os EUA e se instalou ao lado da Casa Branca em Washington levando todo o dinheiro do Irã ! O ditador da Nicarágua idem , levou todo o dinheiro da Nicarágua além de Somosistas para New York deixando a Nicarágua a mingua (Anastasio Somosa) . Foram muitos carniceiros ditadores que foram livrados de penas capitais em seus países por corrupção , lavagem de dinheiro , etc . Os EUA os salvou porque tinham dinheiro e ouro dos seus países . Depois América do Norte – EUA vendeu armas para dar golpes de 64 no Brasil , no Paraguay , no Uruguay , na Frnaça , escondeu que terroristas iriam atacar Londres e Paris para ter apoio da Inglaterra e França , vendeu armas para todos . Agora quer que os outros não vendam e sentem a mesa para negociar . Os EUA estão caindo, o Império do Mau está desmoronando ou ee impressão nossa . Obama foi vaiado por políticos quando forçou um brinde com a Rainha da Inglaterra ou foi apenas nós que ouvimos mal . Será que os Estados Unidos já cairam ?

    • Nao, ainda nao, mas estao a cair… O Imperio Romano tambem atravessou 200 anos de decadencia ate se extinguir, finalmente. Vivemos numa epoca de tempo rapido, pelo que agora o processo sera mais rapido, mas todos acreditam que os eua ainda teem pelo menos mais 15 anos de predominio global, disputado localmente…

Deixe uma Resposta para eurico1844 Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: