Daily Archives: 2007/06/05

Acordo entre Portugal e o Brasil para a exploração de petróleo ao largo de Lisboa


(Plataforma semi-submersível da Petrobras)

A empresa petrolífera brasileira Petrobras e as portuguesas Galp Energia e Partex assinaram um acordo de exploração de petróleo nos quatro blocos da chamada “Bacia da Lusitaniana”, a norte de Lisboa. A Petrobras terá 50% da participação total, a Galp 30% e a Partex apenas 20%.

A área coberta estende-se por mais de 12 mil Km quadrados com profundidades entre os 200 metros e os 3 Km num investimento global que deverá chegar aos 300 milhões de euros.

Na verdade, este acordo é apenas mais um entre as petrolíferas portuguesa e brasileira, já que a Galp Energia está presente em 55 blocos petrolíferos do Brasil e que recentemente a Galp afirmou pretender produzir, por ano, no Brasil cerca de 300 mil toneladas de biocombustíveis.

Este acordo entre duas das mais importantes empresas portuguesas e brasileiras reforça significativamente os laços económicos entre os dois países, especialmente importantes numa área tão estratégica como a dos biocombustíveis ou dos combustíveis fósseis e assume-se assim como uma das notícias mais importantes deste ano para a labuta que encetámos por ESTAS paragens.

Fontes:

http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=10538

http://dn.sapo.pt/2007/05/18/dnbolsa/petrobras_e_galp_pesquisam_petroleo_.html

Anúncios
Categories: Brasil, Movimento Internacional Lusófono, Política Internacional, Portugal, Sociedade | 15 comentários

Quid S8-35: Que avião é este?

sdf.jpg

Dificuldade: 3

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 15 comentários

Messerschmitt Me 262A-1a/U3


(http://www.stormbirds.net)

A versão Me 262A-1a/U3 era um avião de reconhecimento fotográfico sem armamento, tratava-se de mais uma variante do caça 262A, mas desta feita equipada com duas camaras oblíquas (uma Rb 50/30 ou Rb 20/30 e uma 75/30) colocadas numas bolhas no nariz da aeronave. Algumas unidades desta variante conheceram o serviço activo no Einzatzkommando Braunegg, colocado no noroeste de Itália durante o mês de Marco de 1945.

O bombardeiro Me 262A-2a Sturmvogel, o caça tranformado em bombardeiro por ordem pessoal do Fuhrer, transportava duas bombas gémeas de meia tonelada cada. A primeira unidade operacional do A-2a foi a III/KH 51 que iniciou a sua actividade em Hopstein, próximo do Reno a 5 de Outubro de 1944.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

A Marinha Brasileira comprou ao Reino Unido o LSL “RFA Sir Galahad”


(Sir Galahad in http://www.pembroke-dock.co.uk)

A marinha brasileira vai participar no plano de abate da Royal Navy (a que aludimos noutro artigo) adquirindo o Navio de Apoio “RFA Sir Galahad”. O navio serviu a Marinha britânica durante apenas 18 anos, o que na sua classe, é tido como uma carreira relativamente curta.

Quando fôr inserido no arsenal da marinha brasileira, o navio receberá o nome de G29 Garcia d´Ávila tornando-se numa peça essencial para tornar o Brasil numa efectiva potencia regional já que se trata de um LSL (“Landing Ship Logistic”) concebido para fornecer apoio directo ao desembarque de tropas e equipamentos. O navio tem até a possibilidade de acolher dois helicópteros.

E se o nome vos trás alguma recordação… Saibam que não é o mesmo “Sir Galahad” que a Royal Navy perdeu num ataque de A-4B Skyhawks argentinos nas Malvinas. É precisamente o seu sucessor de idêntico nome e função, e não um qualquer destroço recuperado das águas do Atlântico Sul…


(o “outro” Sir Galahad in http://www.royal-navy.mod.uk)

Fonte: Área Militar

Categories: Brasil, DefenseNewsPt, O Código da Vinci | 16 comentários

Messerschmitt Me 262

Propulsão: dois Junkers Jumo 004B-1 axiais de 898 Kg

Velocidade: 827 km/h ao nível do mar, 870 a 6.000 metros.

Alcance (com tanque interno e na versão de caça): 480 km ao nível do mar, 1.050 a 9.000 metros.

Armamento:

Versão de Caça (A-1a):

4 canhões Rheinmetall Borsig MK 108 de 30 mm, com 100 tiros em cada uma das armas superiores e 80 em cada uma das inferiores.

Versão de Caça (A-1a/U1):

2 canhões Rheinmetall Borsig MK 103 de 30 mm, 2 MK 108 e 2 MG 151/20 de 20 mm.

Versão de Caça (A-1b):

4 canhões Rheinmetall Borsig MK 108 de 30 mm, com 100 tiros em cada uma das armas superiores e 80 em cada uma das inferiores 24 foguetes não-guiados R4M de 50 mm.

Versão de Caça (B-1a):

4 canhões Rheinmetall Borsig MK 108 de 30 mm, com 100 tiros em cada uma das armas superiores e 80 em cada uma das inferiores.

Versão de Caça (B-2a):

4 canhões Rheinmetall Borsig MK 108 de 30 mm, com 100 tiros em cada uma das armas superiores e 80 em cada uma das inferiores; 2 MK 108 à ré, inclinados.

Versão de Caça (D):

SG 500 Jagdfaust com 12 morteiros inclinados no nariz.

Versão de Caça (E):

1 canhão MK 114 de 50 mm ou 48 foguetes não-guiados R4M;

2 bombas de 500 kg.

Versão Caça-bombardeiro:

2 canhões Rheinmetall Borsig MK 108 de 30 mm, com 80 tiros cada; 2 bombas de 250 kg sob o nariz.

Versão Reconhecimento:

2 câmaras aéreas também 50/30 sob o nariz.

Versões:

Me 262A-1a Schwalbe,

Me 262A-2a Sturmvogel,

Me 262B-1a.

A-1a caça monoposto;

A-2a/U2 Loftwbomber bombardeiro monoposto;

262 A-3a avião de ataque;

Me 262A-1a/4 com um canhão anti-tanque no nariz;

Me 262 1A-1a com velocidade de 869 Km em 1944;

Me 262b-1A caça nocturno biposto com radar (Outubro de 1944) e

Me 262 B-1a/U1 com velocidade de 809 Km em 1945.

Envergadura: 12,5 m,

Comprimento: 10,6 m (262B-1a, excluídas as antenas de radar) 11,8 m,

Altura: 3,8 m.

Peso: Vazio (A-1a, A-2a): 4.000 Kg; 4.400 Kg; carregado (A-1a, A-2a) 7.045 Kg; (B-1a) 6.400 Kg.

Ascensão inicial: cerca de 1200 m/min. Tempo para chegar aos 6.000 metros: 6 minutos e 48 segundos.

Altitude máxima: 38.500 pés, embora o tecto operacional fosse de 30.000 quando em formação devido à dificuldade de manter formações a alta altitude e à probabilidade de as turbinas se incendiaram a altitudes superiores sempre que se movimentasse, mesmo que ligeiramente, o acelerador.

Histórico: Primeiro vôo (262V1 equipado com motor Jumo 210 de pistão): em 4 de Abril de 1941; (262V3 equipado com dois Jumo 004 turbojactos); em 18 de Julho de 1942; (Me 262A-1a): em 7 de Junho de 1944; primeira entrega (A-0 a Rechlin): em Maio de 1944; primeira unidade experimental de combate (EK 262): em 30 de Junho de 1944; primeiro esquadrão regular (8/ZG26): em Setembro de 1944.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade