Monthly Archives: Junho 2007

O Trabalho, O Culto do Trabalho dos Protestantes e dos Eslavos e a Visão do “Trabalho” de Agostinho da Silva


(O campo de extermínio de Auchwithz in http://oncampus.richmond.edu)

Quem conhece algum emigrante do leste europeu trabalhando em Portugal reconhece nele – muito provavelmente – uma capacidade para o Trabalho e uma dedicação para o mesmo que frequentemente não tem correspondência directa no vencimento ou mesmo no reconhecimento que dele advém… Apesar disso, a justamente lendária fama dos emigrantes de leste como trabalhadores esforçados e dedicados persiste e, aparemente, de forma merecida. E isto leva-nos à pergunta: Porquê?

Porque é que os portugueses – na sua maioria – encaram o Trabalho como algo de negativo (“Se o Trabalho fosse uma coisa boa, não nos pagavam para o fazer”, diz-se) e estes emigrantes de Leste têm esta atitude, aliás, algo semelhante aquela que exigem geralmente os habitantes dos países do norte da Europa. O que têm estes de comum, e o que têm em relação a estes dois grupos populacionais tão distintos os portugueses de diferente? Bem… Os eslavos e os nórdicos pertencem a matrizes culturais, étnicas e religiosas diferentes. Mas ambas estas matrizes têm em comum a existência de um “Culto ao Trabalho”. O Leste foi mentalmente formatado durante 50 anos para um “Culto ao Trabalho” que fazia parte do dogma comunista, que premiava os trabalhadores de ultrapassavam as quotas de produção, que lhes atribuía medalhas e colocava na porta das fábricas as suas fotografias. Os povos de crença protestante têm um base diferente, mais religiosa e assente na visão calvinista do mundo, mas que conduz ao mesmo destino: “O Trabalho Liberta” (“Arbeit Macht Frei”), lema muito abusado pelos nazis… (ver AQUI).

De forma contrária, os portugueses e os católicos em geral, encaram o Trabalho como uma “Pena”, como um Castigo pela Queda Adâmica do Homem no mundo e pela sua expulsão do Paraíso, já que aqui não era necessário trabalhar para comer e que bastava recolher os alimentos, sem trabalhar… Assim, o Trabalho de procurar alimentos, necessário apenas porque o Primeiro Homem foi tentado pela serpente, castigado e expulso do Éden… Ou seja, a primeira consequência do Pecado Original foi precisamente o Trabalho… A matriz cultural cristã assenta sobre esta base e formou a mentalidade Ocidental católico-cristã que determinou este tipo de atitude perante o Trabalho e enforma naquilo que ainda está na base desta atitude portuguesa perante o Trabalho… Mas… Será que esta atitude é… Má? Agostinho da Silva dizia “(…) Já reparou naquilo a que chamo a agonia do trabalho? Toda a nossa vida gira em função do trabalho. Quando se pergunta a alguém o que é, nunca temos a resposta: sou homem ou sou mulher. Diz-se: sou engenheiro, electricista, médico. Só se é gente em referência ao trabalho. Um desempregado sente-se um pária e, todavia, ele é gente, a coisa mais extraordinária que se pode ser(…)”. Ora, de facto, o Trabalho não deve, não pode, ser a base sobre a qual assenta toda a nossa vida, sob a pena de quando nos juntarmos ao batalhão crescente de desempregados (já quase em meio milhão) ou quando nos reformarmos entrarmos em Depressão devido ao sentimento de “inutilidade” para a Sociedade.

Agostinho acreditava que era possível criar uma sociedade onde o Homem fosse superior à Economia, precisamente o inverso daquilo que acontece no mundo moderno, dominado pelas corporações multinacionais, pela Economia Virtual dos Mercados Financeiros e pela Globalização desregrada e selvática, sem fronteiras políticas, morais ou legais. O filósofo defendia que “o homem possa passar à sua verdadeira vida, que é a de contemplar o mundo, ser poeta do mundo e o mundo poeta para ele, de tal modo que nunca mais ninguém se preocupe por fazer tal ou tal obra“. O Homem devia assim deixar para as “máquinas” as tarefas repetitivas, não-criativas e alienantes da produção e do trabalho, libertando-se novamente do Pecado Original e reingressando no Éden, tido agora não como uma figura mítica, mas como uma sociedade futura onde o Homem se poderia verdadeiramente exprimir e onde poderia exercer o seu fantástico poder criador de forma livre e autónoma.

Mas que não se pense que Agostinho da Silva defendia o Ócio… Ou seja, a ausência de Trabalho… “O tempo livre, quando não se enche com coisa nenhuma, torna-se absolutamente insuportável, destruindo o indivíduo por completo. É a razão por que morre tanto reformado já que, deixando de ter o seu emprego, se não encontrar novos objectivos na vida, a morte seguir-se-á rapidamente“. Ou seja, o Ócio é assassino e está é certamente a causa pela qual tantos homens se reformam e acabam por morrer nos meses subsequentes… Simplesmente, porque perdendo a carreira e o motor das suas vidas, e não sendo capazes de recentrar as suas novas vidas numa família que sempre colocaram em segundo ou terceiro plano, desprovidos de interesses pessoais ou de vida própria, se extinguem e se deixam consumir pelo Ócio…

Anúncios
Categories: Movimento Internacional Lusófono, Sociedade | 3 comentários

Considerando particularmente o Brasil, nele encontra o “povo” que pode trazer ao mundo o re-centramento da vida na santidade e na criatividade

“Considerando particularmente o Brasil, nele encontra o “povo” que pode trazer ao mundo o re-centramento da vida na santidade e na criatividade, por uma renúncia à riqueza e ao bem-estar materiais como fins em si que permita fruí-los sem neles se aprisionar e torná-los um bem comum, libertando o espírito para a “fantasia” do possível.”

Paulo Borges na Introdução a

“Agostinho da Silva: “Ensaios sobre Cultura e Literatura Portuguesa e Brasileira I; Âncora Editora.”

Categories: Movimento Internacional Lusófono | 5 comentários

Agora que estamos a pouco mais de 24 horas do lançamento do iPhone

Gostaria de vos apresentar 3 videos, dos melhores que andam por aí, sobre este mítico gadget tecnológico da Apple que se será lançado amanhã, pelas 18:00 e em Portugal lá pelo mês de Setembro…

Este primeiro é um video do New York Times, muito bem humorado, mas que espelha bem a grande vantagem do iPhone sobre a concorrência de demais Smartphones… A excelência e a inovação do seu sistema e do software construído em torno de uma variante do MacOSX… De notar o sensor de movimento que vira a imagem de acordo com a posição do iPhone e a rapidez da interface…

Aqui, num registo completamente diferente e explosivamente hilariante temos a antevisão do Conan sobre aquilo que será (ou não!) o iPhone…

E finalmente a resposta (não oficial!) da Microsoft a este novo desafio de Cupertino!

Categories: Ciência e Tecnologia, Defesa Nacional, Informática | Deixe um comentário

Quid S9-4: Que galáxia é esta?

aaa.jpg

Dificuldade: 4

Categories: Quids S9 | 25 comentários

Hoax: “Muito Boa EssA Precisa VER”

Título da Mensagem: “Muito Boa EssA Precisa VER”
“Olá NONONO1@NONONO ,

Seu Amigo (a) NONONO – ( NONONO2@NONONO )
Enviou uma WebCharges do UOLCharges no dia XX/XX/2007!.

Para a visualização da Animação Utilize:

[:: Visualizar UOL Charge de NONONO2@NONONO – 0F37ruTHdftHfWt::]

Caso o link não responda, Tente:

[:: Visualizar UOL Charge de NONONO2@NONONO – 0F37ruTHdftHfWt_9::]

Ao clicar em qualquer um dos links, o usuário é direcionado para o site:
hxxp://www.harrisonsjoinery.com.au/files/a…0F37ruTHdftHfWt <
http://hxxp://www.harrisonsjoinery.com.au/files/animaniacs/abre_charges.php?0F37ruTHdftHfWt=saito@ufpa.brY_SID=0F37ruTHdftHfWt>”
Clicando aqui no link é invocada a execução de um executável .SCR que contêm o w7zip.exe geralmente em c:\windows\media

A partir daqui o w7zip.exe passa para o disco rígido local do computador e começa a extracção de input de teclados e o seu envio para sites de hackers na Internet.

Trata-se de uma variante do Cavalo de Tróia troj/Bancban-PX que se propaga na Internet em anexos de email. O Cavalo de Tróia captura tudo aquilo que se introduz no teclado e envia para sites na Internet que analisam esse input e depois tentam aceder às contas de homebanking dos utilizadores burlados. Sempre que um acesso destes é feito, o Cavalo de tróia injecta código HTML no HTML devolvido pelo site do Banco expondo dados como o PIN, data de nascimento, números de identificação, etc, tudo de uma forma totalmente transparente e invisível para o utilizador.

Ou seja, aqui, como em muitos outros casos semelhantes, perante uma mensagem de email não solicitada, proveniente de uma fonte desconhecida ou suspeita… Faça sempre o mesmo: apague sem ler.
Informação adicional: http://www.bleepingcomputer.com/startups/w7zip.exe-17890.html

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Justiça | Deixe um comentário

A China reconhece que 65% dos Leitores de MP3 fabricados no seu país são “defeituosos”


(in http://www.noticiasdot.com)

Embora os 35 milhões de iPods da Apple tenham sido produzidos na China e este equipamento da Apple seja reconhecidamente de elevada qualidade, as primeiras unidades produzidas tinham algumas questões de qualidade e no início foram levantadas muitas dúvidas sobre as condições de trabalho nas fábricas que a Apple operava neste país do Extremo Oriente (ver AQUI). Na altura (Agosto de 2006), os empregados da fábrica Foxconn trabalhavam mais de 100 horas semanais a montar iPods embora tivesse condições de trabalho superiores ao que é norma na China e a maioria parecesse receber o ordenado mínimo “oficial” (o que é uma raridade na China).

Agora, o Ministério chinês da Indústria e da Informação vem divulgar os resultados de um estudo interno que revela que 65% de todos os leitores de MP3 fabricados no seu país apresentam um qualquer tipo de defeito… O estudo parece excluir os iPods da Apple, e limitar-se apenas a 32 marcas chinesas, sendo que destas apenas 11 ultrapassaram os padrões considerados “mínimos”.

Este estudo do governo chinês confirma a tese de que os produtos fabricados na China são baratos mas… de muito má qualidade e de que devemos fugir dos ditos… Como o Diabo foge da cruz (Dizem!) e concede argumentos adicionais para aqueles que como eu aderiram a este boicote a propósito das más condições laborais, do estado dos Direitos Humanos na China e da ocupação colonial do Tibete pelo regime “comunista” de Pequim.

Fonte: Agência Financeira

Categories: Economia, Informática, Websites | 1 Comentário

As meretrizes de Pádua, o Presidente da Câmara e algumas borlas


(http://news.bbc.co.uk)

Continua a greve dos prostitutos e prostitutas de Pádua que protestam contra uma lei do município italiano de Pádua que estipula multa de 50 euros para os clientes dos serviços dos ditos e ditas profissionais, se foram apanhados em flagrante acto de requer os serviços destes profissionais.

A contestação tem assumido a forma de manifestações com cartazes e toda a devida praxe e foi aproveitada pelos profissionais para pedirem um reforço do combate aos traficantes sexuais que se multiplicam na Itália e que tecem complexas e muito lucrativas redes de escravidão sexual até ao Leste da Europa e aos Balcãs. Enfim, cartazes, manifestações de rua, pedidos de recepção pela autarquia, são formais mais ou menos convencionais de protesto. A originalidade e razão da própria existência desta nota está em que algumas prostitutas decidiram aumentar a escala do seu protesto oferecendo… serviços sexuais gratuitos a todos os clientes que lhes mostrassem um recibo de uma multa da autarquia…

Questionado sobre estes protestos o presidente da autarquia de Pádua, um tal de Flávio Zanonato declarou que: “há zonas em Pádua onde se pode encontrar uma prostituta em cada dez metros e essas presenças tornam difícil a vida dos residentes. Não há qualquer dúvida que certas mulheres se vendem voluntariamente mas também não há qualquer dúvida que existe também uma extorsão e uma delinquência associadas ao fenómeno da prostituição contra as quais é preciso lutar“.

Aqui, como em todas as questões há sempre uma questão dos limites impostos pela razoabilidade… Os neoliberais de serviço provavelmente defenderão a total “liberalização” das actividades destes “profissionais do sexo”, mas isso parece-me excessivo… Mas sempre houve prostituição e sempre haverá e lutar contra o fenómeno é dispender forças e energias numa luta inglória e perdida à partida… Talvez seja preferível concentrar esforços no combate aos traficantes de seres humanos e nas mafias que lucram com a prostituição e deixar em paz estes freelancers como estes protestantes de Pádua… É que enquanto as sociedades forem sexualmente repressivas e encararem o Sexo como um “Pecado” ou uma “Necessidade Reprodutória”, como o faz o Papa Ratz e a camarilha ultra-católica, haverá sempre Prostituição…

Fonte: PortugalDiário

Categories: Sociedade, Wikipedia | 9 comentários

Quid S9-3: Que navio é este?

Dificuldade: 3

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 3 comentários

Quid S9-2: Que desenho é este?

Dificuldade: 5

Categories: Quids S9 | 8 comentários

Das anomalias do Desemprego em Portugal, comentário a um artigo de Martim Avillez Figueiredo

Martim Avillez Figueiredo, em artigo de opinião publicado no Diário Económico colocou o ponto essencial na compreensão da estrutura desse fenómeno galopante que é o Desemprego em Portugal:

70% da população empregada em Portugal só tem o 3º ciclo do ensino básico – o velho nono ano” e 72% da população desempregada vem daí – dos que só têm o nono ano. Dá uma equação simples: se a maioria dos trabalhadores disponíveis no mercado tem o nono ano, e se são esses quem mais engrossa a lista de desempregados, a taxa não vai cair. Vai subir mais.

Significa isto que apesar de todo o discurso negacional e eternamente minimizado do Governo e de Vieira de Carvalho, o Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, o drama do Desemprego que já atinge quase meio milhão de portugueses, longe de estar a abrandar, ainda se vai agravar mais e a tímida retoma económica verificada este ano não vai conseguir absorver um número significativo destes desempregados, nem travar a entrada de novos neste universo… As teses neoliberais incluem um Dogma que diz que “As Economias precisam de gerar Desemprego em momento de Conversão e de Adaptação para novos níveis de competividade”, mas se assim fosse, estaríamos a assistir à extinção de postos de trabalho não qualificados e ao aumento dos níveis de emprego entre os licenciados… Teoricamente mais bem qualificados que os primeiros… Mas não é isso que está a acontecer! Vários indicadores apontam para a existência de elevados níveis de desemprego entre os licenciados e assistimos um pouco por todo o lado aos despedimentos de licenciados e à sua substituição por pessoal não qualificado, em regime de Outsourcing ou a Contrato de Termo Certo… Esta atitude comum por parte dos gestores portugueses explica porque é que dos desempregados do último trimestre 32% são licenciados…

E que não se venha com repetições do discurso “os portugueses não tiram os cursos de que o país precisa”, porque este não corresponde de todo à verdade!… Martim Figueredo realça que embora os alunos de Letras sejam 30% do total e os de Educação, 20%, a metade restante vem precisamente dos cursos tecnológicos e de gestão de que o mercado deveria mais precisar!…

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal, Websites | 9 comentários

Hoax? O Gato com asas da avó Feng


(http://www.ananova.com)

A notícia sobre um “gato onde teriam crescido duas asas” parece ter começado no site noticioso “Ananova“:

“Granny Feng’s tom cat has sprouted two hairy 4ins long wings, reports the Huashang News.

“At first, they were just two bumps, but they started to grow quickly, and after a month there were two wings,” she said.

Feng, of Xianyang city, Shaanxi province, says the wings, which contain bones, make her pet look like a ‘cat angel’.

Her explanation is that the cat sprouted the wings after being sexually harassed.

“A month ago, many female cats in heat came to harass him, and then the wings started to grow,” she said.

However, experts say the phenomenon is more likely down to a gene mutation, and say it shouldn’t prevent the cat living a normal life.”

A proprietária do animal seria uma avó de nome “Feng” que relataria que após ter reparado em dois pequenos altos estes ter-se-iam desenvolvido ao fim de um mês até assumir a forma de duas asas…

Infelizmente, o Ananova é um pouco como o Pravda.ru… Uma boa fonte mitos urbanos e hoaxes… Mas neste caso, a história parece verdadeira. A notícia foi primeira reportada a 24 de Março pela Agência noticiosa chinesa Huashang News e reporta-se a acontecimentos na cidade de Xianyang, na província de Shaanxi onde uma avó com o nome de Feng teria visto crescer ao seu gato asas de 4 polegadas. Feng afirma que as asas têm ossos e declara que estas cresceram depois do gato ter sido “incomodado” por um grupo de fémeas…

É que “gatos com asas” não são propriamente uma grande raridade. Sim… por AQUI encontram vários casos semelhantes, todos bem documentados, e incluindo este caso da senhora Feng. A maioria parecem limitar-se a concentrações anómalas de pêlo, e provavélmente são “fabricações” feita à custa de pêlo não cortado e… laca. Mas alguns são deformações congénitas ou mutações e o caso da avó Feng parece encaixar-se bem nesta última categoria.

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Justiça | 9 comentários

Sobre os “crashes” do sistema informático da ISS: o DMS-Russia

Depois de quase uma semana de grande preocupação em que se chegou até a equacionar a possibilidade extrema de evacuar toda a Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo do Shuttle americano Atlantis, algum alívio veio finalmente instalar-se na ISS…

Os problemas na ISS começaram depois da instalação de um novo painel solar pelo Atlantis e centraram-se nos computadores fornecidos pela ESA à Rússia em troca dos sistemas russos de atracagem à ISS usados pelo ATV “Jules Verne” da ESA, que deverá ser lançado em Janeiro de 2008.

Os computadores, conhecidos como “Data Management System-Russia” (ou DMS-R) estão a trabalhar sem qualquer problema desde o ano 2000 e são responsáveis pelas mais críticas funções da ISS, desde a orientação da Estação, Navegação, controlo do ATV e do módulo laboratorial europeu Columbus que será lançado e atracado à ISS em Dezembro deste ano.


(O módulo laboratorial “Columbus”, da ESA in http://www.esa.int)

Embora na sua designação oficial os computadores tenha a palavra “Russia”, de facto foram construídos na Alemanha, na cidade de Bremen pela Astrium-Space Transportation, parte do consórcio europeu EADS.

A causa dos problemas do sistema informático parece ter sido externa aos próprios computadores, isto é, não é imputável à sua concepção ou construção, mas a algo exterior que provocou crashs sucessivos do sistema durante a recente reconfiguração do sistema por causa do aumento de potencia induzido na ISS pela instalação dos novos painéis solares.

A equipa de astronautas da ISS alterou a configuração do sistema criando uma “ponte” entre um circuito de protecção, segundo a ESA, e desta forma 4 dos 6 computadores do sistema puderam completar um restart com sucesso e não bloqueram durante o processo, como estava a acontecer em loop eterno. Após este primeiro arranque, o Sistema Operativo dos 6 computadores foi reinstalado e os subsistemas russos que dependiam do DMS-R arrancados um por um. Em nenhum momento o problema se estendeu a todo o sistema DMS-R, ficando confinado a 2 dos 6 computadores, mas as causas exactas ainda não foram completamente determinadas e decorrem neste momento simulações no sistema gémeo DMS-R instalado em Bremen, um pouco como na história do 2001, onde se procurava simular o comportamento lunático do HAL 9000 testando o seu gémeo idêntico na Terra…

Fonte: ESA

Categories: Informática, SpaceNewsPt | Deixe um comentário

Quid S9-1: Que avião é este?

Dificuldade: 4

Categories: Quids S9 | 9 comentários

O “Phoenix” está pronto para o lançamento até Marte…


(http://www.space.gc.ca)

A próxima sonda a ser enviada para o Planeta Vermelho está pronta e já está no Kennedy Space Center, onde o Lander será preparado para o lançamento e para a busca de sinais de vida microbiana presente ou passada no solo ártico marciano. O Phoenix vai ser lançado por um foguetão Delta 2 a 3 de Agosto de 2007 e depois de uma viagem longa de nove meses deve entrar em órbita marciana juntando-se aos seus dois antecessores ainda activos, os robots Spirit e Opportunity.

Quando chegar a Marte, o Phoenix vai usar um braço robótico para penetrar no solo marciani e procurar sinais da presença de água, a qual se pensa que no ártico marciano poderá estar à distância que o braço poderá penetrar. A amostra recolhida será depois analisada num laboratório no corpo do robot, em busca de água e de sinais de actividade orgânica que possam revelar a existência de micróbios vivos no subsolo marciano, como prevêm alguns modelos.

A missão “Phoenix” é uma missão multinacional que reune EUA / Canadá / Dinarmarca / Suíça / Alemanha e Finlândia naquela que poderá ser uma das mais importantes missões jamais enviadas para o Planeta Vermelho e aquela que poderá finalmente… descobrir provas inquestionáveis de Vida Extraterrestre!

Fonte: Space.com

Categories: SpaceNewsPt | Deixe um comentário

Portugal, um dos países mais desertificados da Europa e algumas divagações laterais sobre o tema

Segundo a ESA, Portugal é um dos 3 países mais desertificados da Europa. Esta conclusão resulta da análise das imagens recolhidas pelo satélites europeus do sistema DesertWatch e coloca Portugal a par da Turquia e da Itália, como os três países europeus mais ameaçado pelo processo de desertificação, o qual em todo o mundo afectará mais de 1200 milhões de pessoas…

Portugal – com vem sendo hábito – surge de novo numa lista negativa… Não que esta presença nesta em particular seja uma surpresa, porque não o é… Há pelo menos 20 anos que o nosso Algarve é colocado como um possível deserto, uma extensão do Saara, para cerca de 2025 e o imparável fenómeno do Exôdo Rural para as grandes cidades e para o Litoral é um processo que nunca foi atacado nem endereçado por nenhum governo que jamais estivesse estado em funções em Portugal… Uma deslocação, que começou na década de 60 e que tem sido agravada nos últimos 20 anos pela intensificação do problema demográfico português, mais intenso no Interior devido à inexistência das compensações via imigração (concentrada nas grandes cidades e no Litoral).

E agora… Temos em funções um Governo que ansioso por agradar aos “bárbaros loiros do Norte” elegeu como prioridade esvaziar o Interior de todos os serviços públicos possíveis e imagináveis: Escolas, Hospitais, Urgências, Tribunais, SAPs, Maternidades, etc, etc, têm sido encerrados em grande número e contribuem para um Ermamento que parece ser um objectivo estratégico de uma governação cada mais centralista e menos preocupada com o Interior cada vez subdesenvolvido e dependente dos influxos financeiros transferidos a partir do Centro… Ao invés desta retirada para o Litoral, importa criar mecanismos que consolidem a população no Interior, que favoreçam o desenvolvimento de Economias Regionais e Locais, nomeadamente pela instauração de moedas locais e de isenções fiscais, de transmutar as autarquias em entidades semi-autónomas, capazes de potenciar e gerir com grande eficácia os fundos que até hoje são administrados e distribuídos a partir da longíqua Lisboa…. Enfim… Falta “quintanizar” o País, tornando-o naquilo que um dia Agostinho da Silva sonhou: “Uma federação livre de municípios independentes”.

P.S.: Obrigado ao JG do Grande Banquete por me ter chamado a atenção para esta questão!

Fonte: ESA

Categories: A Escrita Cónia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal, Sociedade Portuguesa | 6 comentários

Quid S8-46: Que aviões são estes?

Dificuldade: 3

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 6 comentários

As Minas Magnéticas “Ostra”

As investigações alemãs sobre minas magnéticas, iniciadas em 1939, deram à Alemanha nazi uma nítida superioridade tecnológica nesse domínio, superioridade essa que seria consolidada em Junho de 1944 aquando do desembarque da Normandia. Fez então a sua aparição uma mina indetectável que os aliados passariam a chamar de “Ostra”. Estas novas minas, lançadas nas praias da Normandia provocavam grandes transtornos nas lanchas de desembarque, forçando-as a navegarem à velocidade de apenas uma milha horária. Apesar disso, os alemães não puderam aproveitar essa vantagem, visto que não possuiam os meios necessários a anular a esmagadora superioridade técnica e numérica da força invasora.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

Da iminente descoberta de Vida Extraterrestre e sobre o Programa “Darwin” da ESA


(A estrela “Gliese 581” in http://jumk.de)

Um grupo composto por alguns dos mais prestigiados britânicos e membros das mais conhecidas universidades e institutos de pesquisa reunidos em Londres no começo do mês de Junho concluiram ser “quase certa a existência de vida inteligente nos planetas distantes para além do nosso Sistema Solar”.

Os cientistas concluiram também que se deve esperar para os próximos dez anos a descoberta de formas de vida primitivas, como micróbios e vegetação, numa das várias missões que se preparam hoje para vários pontos do Sistema Solar, e em especial para Marte.

Um outro caminho que pode levar a provas indirectas da existência de vida extraterrestre é o avistamento de planetas semelhantes à Terra que através da análise da luz por eles reflectida possam permitir o reconhecimento de gases cuja existência só pode ser explicada pela presença de actividade biológica idêntica à terrestre, como a existência de certos níveis de metano…

Até ao momento, a Astronomia conhece cerca de 200 planetas, quase todos gigantes gasosos como Júpiter ou Neptuno, mas o anúncio recente da descoberta de um “planeta rochoso” idêntico à Terra orbitando a estrela Gliese 581, a cerca de 20 Ano-Luz de distância veio prenunciar uma série de descobertas semelhantes, recorrendo às mesmas técnicas e expondo ao conhecimento humano mais planetas que como este podem manter água líquida e que possuem as mesmas gamas de temperatura ambiente que podem ser encontradas no nosso planeta.


(os quatro satélites do programa “Darwin” da ESA in http://sci.esa.int)

Neste contexto, o programa europeu Darwin, que deverá colocar no Espaço, em 2015, uma rede de quatro satélites será um passo fundamental para a descoberta de mais planetas semelhantes à Terra… Estes três telescópios espaciais (mais um satélite auxiliar) irão analisar mais de meio milhar de estrelas, em busca de irmãos da Terra e recolhendo análises espectrais que poderão identificar os gases que indicam a presença de vida nas suas superfícies…


Fonte: Guardian

Categories: SpaceNewsPt | 21 comentários

O ATV “Jules Verne” está pronto e vai seguir para a Guiana Francesa


(O Automated Transfer Vehicle “Jules Verne” in http://www.monochrom.at)

A ESA terminou a construção do veículo espacial mais complexo jamais construído na Europa, o ATV “Automated Transfer Vehicle”. O “ATV” vai agora deixar o local onde foi montado, na Holanda e será transportado por via marítima até à base espacial europeia, em Kourou, na Guiana francesa.


(O cargueiro russo “Progress M1” in http://space.skyrocket.de)

O ATV “Jules Verne” vai ser lançado para o Espaço por um foguetão Ariane 5 em Janeiro de 2008 e vai atracar à Estação Espacial Internacional (ISS) tornando-se assim um elemento crucial no reabastecimento em equipamento, água, ar e combustível da Estação Espacial completando as naves de carga russas “Progress M1” e oferecendo à ISS a primeira alternativa a este sistema, agora que o Shuttle americano começa a abandonar a vida activa… O “Jules Verne” deverá permanecer atracado à ISS durante seis meses sendo depois ejectado com lixo e guiado numa descida até à atmosfera terrestre sendo destruído no processo.


(O “CEV” Orion, que a NASA vai lançar em 2014 in http://www.nasa.gov)

O importante progresso na tecnologia de conceber e desenvolver uma cápsula como a ATV é um passo essencial no sentido de dotar a Europa de tecnologia para poder um dia libertar-se da dependência russa e americana de colocar astronautas no Espaço com meios alheios e vai oferecer à ISS uma alternativa aos Progress russos no abastecimento da Estação… Pelo menos enquanto a NASA não resolve o problema com os seus vetustos Shuttles e os substitui por fim pelas Orion.

Fonte: ESA

Categories: SpaceNewsPt | Deixe um comentário

O “EADS Astrium”: Mais um projecto de Turismo Espacial… Mas desta feita, Europeu…

Esta é mais uma proposta para criar um veículo suborbital dedicado aquele que se espera ser um dos grandes negócios das próximas décadas e que será o Turismo Espacial…

Esta proposta consiste no “EADS Astrium” e foi recentemente anunciado como um veículo do tamanho de um pequeno jacto comercial capaz de transportar até 4 passageiros num vôo de 100 Km de altitude e oferecendo-lhes 3 minutos de gravidade zero.

O “Astrium” vai descolar e aterrar de forma convencional, como um jacto comum, graças aos seus motores a jacto. Mas quando estiver a cerca de 12 Km de altitude, liga os motores-foguete e ascende até aos 100 Km supracitados em pouco mais de 2 minutos de propulsão foguete.

O desenvolvimento do “Astrium” vai começar em 2008 e deverá produzir o primeiro vôo comercial até 2012.

Este é o primeiro projecto completamente europeu para desenvolver um veículo suborbital de turismo espacial e é também o primeiro projecto semelhante em que a EADS, o consórcio aeroespacial europeu se atreve a encetar… Mas vai permitir consolidar o conhecimento europeu na área do vôo espacial tripulado, uma área em que a Europa nunca interviu directamente (depois do projecto Hermes) e poderá contribuir para a solubilidade financeira da própria casa-mãe, já que se espera que o veículo seja altamente lucrativo.

O custo de cada vôo por passageiro deve oscilar entre os 150 mil e os 200 mil euros.

Fontes:

EADS Astrium

MotorCities

Categories: SpaceNewsPt | Deixe um comentário

Quid S8-45: Onde foi encontrada esta bola de pedra?

Dificuldade: 2

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 5 comentários

O foguete Ar-Ar Orkan R4/M

Peso total: 3.85 kg
combustível carregado: 0.815 kg
peso explosivo: 0.520 kg
impulso: 245 kp
velocidade: 525 m/segundo
alcance: 1.500 metros.
O R4/M foi o primeiro foguete lançado do ar realmente eficaz. Os ensinamentos dos primeiros RZ tinham mostrado que era preferível usar um foguete estabilizado por aletas e o “Orkan” tirou muito do seu sucesso desse ensinamento. O desenvolvimento do R4/M coube principalmente a Fritz Heber, o mesmo homem que criara as primeiras miras para metralhadoras em aviões quando trabalhava na Fokker de Schwerin em 1915. Agora proprietário da firma Heber sediada em Osterode, desenvolvera o R4/M (“R” de Rakete, “4” do peso de 4 kg e “M” de Minenkopt, ou ogiva de mina). Após ensaios bem sucedidos conduzidos pessoalmente pelo famoso Generalmajor Galland na unidade Jagdverband (JV) 1944 Heber recebeu contratos para construir 20.000 desses engenhos, dos quais só conseguiria entregar 2.000.

A partir de Março de 1945 já 50 Me 262 A-1b tinham sido equipados com 24 R4/M com excelentes resultados. Alguns Me 163 também receberam o R4/M e o Bachem Ba 349 também deveria acomodar uma 28 de foguetes desta classe numa “colmeia” montada no seu nariz. O projecto Blohm & Voss Jager P.212 que também devia receber o R4/M nunca chegou ao ponto de desenvolvimento que requeria testes reais com a arma.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | 3 comentários

Eu, nas próximas eleições não vou votar no “engenheiro” José Sócrates.

dpparguido1.jpg
(imagem criada pelo ApDeites)

“(…) O sistema persegue politicamente os seus opositores por estes pretenderem exercer os seus direitos de cidadania. Mas só sobrevive com a complacência dos órgãos do Estado e a resignação popular.”António Balbino Caldeira

“José Sócrates apresentou uma queixa-crime contra o blogger António Balbino Caldeira devido ao conjunto de textos que este professor de Alcobaça escreveu sobre a sua licenciatura em Engenharia Civil na Universidade Independente (UnI), apurou o Expresso junto de fonte próxima do processo. Está assim explicado o facto de o autor do blogue ‘doportugalprofundo.blogspot.com’ ser ouvido no mesmo dia no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) de manhã como arguido e à tarde como testemunha.

Esta dupla condição resulta do facto de o DCIAP estar a conduzir dois processos sobre a licenciatura do primeiro-ministro na UnI: um que teve origem numa participação feita pelo advogado José Maria Martins, que levantou suspeitas sobre a passagem de Sócrates pela UnI, e no qual o bloguer será ouvido como testemunha, e um segundo que foi aberto após a queixa-crime do primeiro-ministro contra António Balbino Caldeira. Ambos os inquéritos estão a correr paralelamente.”

In ExpressoOnline

Tenho seguido atentamente aquilo que se escreve no Do Portugal Profundo a propósito do caso do “engenheiro” Sócrates sabendo sempre que estava a ler a fonte directa do tema e não um dos muitos artigos que foram saindo na imprensa e que se baseavam na investigação de Balbino Caldeira, por vezes omitindo a origem das suas informações… O que por aqui se foi escrevendo sempre me foi parecendo muito circunspecto, bem informado e excelentemente documentado nunca dano porque fossem ultrapassados nenhum tipo de limites, morais ou legais…

E contudo, eis que agora o Primeiro Ministo da República, usa a “sua” polícia para enviar contra um blogger isolado toda a potência do Estado de Direito, abusando da sua posição de força que lhe confere o estatuto de chefe do Poder Executivo e mandante de um docilizado Parlamento. O objectivo deste envio da força policial contra o autor do Do Portugal Profundo é claramente intimidatório e ocorre apenas porque o próprio “engenheiro” reconhece em Balbino Caldeira a verdadeira fonte de um excelente e profundo trabalho de investigação que expôs a todo o País as grandes contradições e as imensas fragilidades do nebuloso currículo académico de José Sócrates. Sendo um alvo menos difícil do que uma televisão ou um jornal, já que estes podem mobilizar a seu lado uma Opinião Pública cada vez mais suspeitosa dos méritos deste Governo e podem facilmente dispôr de alguns dos escritórios de advogados mais combativos do País, Sócrates escolheu o alvo mais fraco que pôde: um blogger individual, arremetendo contra ele uma das mais excelentes e bem municiadas forças policiais portuguesas: a Polícia Judiciária.

Existe relevância suficiente na acusação para que esta mereça a atenção da PJ? Não há tantas dezenas de milhar de outras investigações pendentes e aguardando meios humanos e materiais para serem encetadas? Ou esta tem prioridade sobre todas as demais apenas porque vem daquele que devia ser apenas um “par entre iguais”, o Primeiro Ministro eleito, deste País?

E pronto, agora, o”engenheiro” Sócrates também já me pode mandar perseguir pela Polícia Judiciária: é que acabo de escrever no título deste artigo “Eu, nas próximas eleições não vou votar no “engenheiro” José Sócrates.” e isso deve ir contra alguma lei de que não me estou agora a lembrar, mas que o batalhão infinito de advogados ao dispôr de Sua Excelência “engenheira” deve concerteza descortinar.

Assine ESTA petição “Contra a acusação feita pelo 1º Ministro, José Sócrates, a António Albino Caldeira, atentando contra um dos elementares direitos de cidadania – Liberdade de Expressão” !

Amanhã pode ser a você que vão perseguir por delito de opinião!

 

Categories: A Escrita Cónia, Blogging, Blogs, Política Internacional, Política Nacional, Portugal, Sociedade Portuguesa | 20 comentários

Quid S8-44: Qual é o modelo deste escafandro espacial?

Dificuldade: 3

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 17 comentários

O Lançador de Foguetes NbWf4128

A aparição deste modelo permitiu a criação de regimentos pesados de lançadores. O lançador diferia substancialmente do modelo anterior: não apresentava tubos mas ralis para a instalação de seis foguetes que podiam ser facilmente adaptados para vários calibres. As ogivas que tinham 1.18 metros de comprimento pesavam 83 kg. O custo total de construção do lançador era de 1835 Reichsmarks.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

Um relatório oficial do Pentágono exprime preocupações sobre o aumento do poder militar chinês…


(http://www.defensetech.org)

Um relatório do Pentágono indica que a China está a expandir as suas forças armadas com o objectivo de aumentar a sua capacidade para projectar a sua influência a qualquer lugar do mundo isto segundo o relatório anual do Departamento de Defesa ao Congresso dos EUA sobre o “Poder Militar da República Popular da China” e contrariando aqueles que encaram com crescente passividade e bonomia a expansão do poder militar chinês…

O relatório detalha a instalação de várias unidades de mísseis balísticos cobrindo todo o território de Taiwan e destaca especialmente a aquisição de novos sistemas de AWAC (radares aéreos) e de caças e aviões para reabastecimento em vôo que permitirão estender o seu raio de acção até ao Mar do Sul da China. Incluí também uma abordagem sobre aquela que já se sabia ser a área de investimento principal das forças armadas chinesas para os próximos 25 anos e que será a área naval, descrevendo cinco novos tipos de submarinos actualmente em desenvolvimento e os planos para construir um superporta-aviões capaz de projectar o poder militar chinês a qualquer local do globo.

O relatório descreve também um novo lançador de mísseis móvel e preparado para se deslocar por via rodoviária conhecido como “DF-31” que estaria a entrar ao serviço nas forças nucleares estratégicas chinesas ao mesmo momento em que a China investe uma verba muito significativa num programa não detalhado para “anular defesas balísticas”, obviamente no contexto do “Escudo Anti-Missil” desenvolvido pelo EUA.

O orçamento de Defesa chinês é hoje de 45 biliões de dólares, mas esta verba não inclui as verbas de Investigação e Desenvolvimento de muitas agências chinesas que estão a desenvolver projectos para as forças armadas, e a verba agregada por bem ultrapassar os 125 biliões, se estes valores forem também tidos em conta. Pode parece pouco, se comparado com os 420 biliões que os EUA gastaram em 2005, mas coloca a China numa confortável segunda posição nas despesas militares do mundo, bem acima da Rússia (o terceiro maior gastador), com “apenas” 61 biliões de dólares (ver AQUI).

A razão para a concentração de esforços na área balística e na Marinha é clara… Com a crescente dependência da China das importações petrolíferas, assegurar o controlo das rotas marítimas é cada vez um objectivo mais essencial. Segundo o relatório:

“No presente, a China não pode proteger os seus fornecimentos energéticos nem as rotas por onde estes viajam, incluindo os Estreitos de Malaca por onde passa cerca de 80% das importações chinesas em petróleo.”

Procurando anular esta fragilidade, em 2006, a China procurou diversificar os seus fornecedores, assinando contratos com a Arábia Saudita e com várias nações africanas, como o polémico Sudão, que tem defendido bastas vezes no Conselho de Segurança, protegendo-o contra represálias pelos repetidos massacres no Darfur.

O relatório termina sublinhando que a doutrina militar chinesa continua a parecer muito dependente do uso massivo de forças e da vitória pela esmagadora vantagem dos números num dado local, mas parece estar a haver uma alteração estratégica gradual para um enfoque maior no treinamento do que na pura vantagem numérica, e que esta alteração de visão é já patente na força aérea onde os novos Sukhoi e os modelos indígenas procuram ser pelo menos tão capazes quanto os melhores modelos que os adversários possam reunir e onde o número dehoras de vôo por piloto tem aumentado exponencialmente nos últimos anos, embora esteja ainda muito abaixo daquilo que é comum nas forças aéreas do Ocidente.

Fonte: news.monstersandcritics.com

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci, Política Internacional, Sociedade | 6 comentários

Quid S8-43: Que arma é esta?

Dificuldade: 3

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 2 comentários

O Lançador de Foguetes NbWf4115

As origens dos lançadores de foguetes militares residem no desenvolvimento dos foguetes com movimento rotativo em 1931 (e sem asas, como faziam então os russos) e sem as linhas do interior dos canos da artilharia. Estas experiências destinavam-se a aumentar a estabilidade do vôo dos foguetes depois das experiências do Hauptmann Dr. Ing. Walter Dornberger e o seu colega Wernher von Braun no final de 1935. Foi o conjunto dos dados recolhidos nestas experiências que resultou em 1937 no NbWf 41 de 15 cm, o primeiro lançador múltiplo que substituiria todos os tipos que existiam no exército e que seria utilizado e fabricado até ao fim do conflito mundial.

O lançador, conhecido como “Do-Werfer” (de Dornberger, o líder do Arsenal do Exército) apresentava importantes vantagens sobre a artilharia convencional (que se estendiam aos restantes modelos da série):

1) O baixo peso relativo do lançador (entre 540 a 1200 kg) correspondia a 1/3 a 1/6 dos canhões equivalentes;

2) O sistema apresentava uma baixa elevação de tiro;

3) Facilidade de utilização em terreno aberto, sendo relativamente fácil deslocá- lo apenas à força de braço.

4) O lançador era de construção robusta e simples. O sistema de lançamento era altamente padronizado: a maioria dos lançadores suportavam somente um tipo de carga.

5) O lançador custava apenas 1/3 a 1/20 de um canhão convencional equivalente (entre 1500 a 500 Reichmarks).

6) Os projécteis podiam ser disparados imediatamente após terem sido tirados da embalagem.

7) A área coberta por uma bateria de lançadores era maior que a coberta

por uma unidade de artilharia com 600 por 100 metros, uma unidade de lançadores mais que um regimento de artilharia convencional com

2000 por 100 metros. Uma tal taxa de cobertura era inédita para a época.

8 ) Por fim, o sistema de ignição eléctrica dos lançadores contribuía para aumentar a cadência dos disparos.

À designação Do-Werfer, a que já aludimos, para o NbWf 41, correspondia em diversos documentos oficiais a classificação dos lançadores como “lançadores de fumos”. Ambas as designações pretendiam camuflar a verdadeira natureza das armas utilizadas pelas unidades de artilharia que as empregavam e manter a sua existência e características no maior secretismo possível.

A ignição do lançador era produzida a uma distância de 30 metros através de cabos eléctricos através do distribuidor eléctrico ERZ 39. O foguetes propriamente ditos utilizavam três tipos de propulsantes, uma para cada tipo: normal (com pólvora negra), trópicos (diglycol) e ártico (com triglycol). Cada lançador possuía três tubos para três foguetes e cada unidade de lançadores transportava 20 salvas de foguetes de explosivos e 5 de fumo. Os lançadores eram fabricados na Frama Works em Hainichen e na reconvertida Fábrica Têxtil Saxónica em Chemnitz.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade