Monthly Archives: Maio 2007

Da contrafacção de Medicamentos

Desde há muito tempo que se sabe da existência de um próspero – e mortal – mercado negro dos medicamentos, onde frutificam várias indústrias de medicamentos falsos, frequentemente perigosos para a saúde, quer porque são puros placebos, quer porque os compostos químicos que os compõem são simplesmente… perigosos.

Em África, esta perigosa “indústria da Morte” está especialmente activa na Nigéria, mas no mundo, a maior fonte destas contrafacções está na China… Eu sei… Alguns dos leitores vão comentar “lá está ele de novo a dizer mal da China”.

Mas as notícias não são inventadas pelo “Quintus” e provêm até das fontes mais insuspeitas, como o prestigiado “International Herald Tribune” que serve de fonte a este Post…

É verdade que o governo chinês é implacável com os empresários destas fábricas, quando os captura e não hesita em recorrer às formas mais extremas de punição, como a pena de morte (a qual rejeito, aliás). Mas são raros os casos que são detectados e travados, tal é a escala da corrupção existentes nos baixos escalões da polícia chinesa e tamanho é o lucro obtido por estes empresários nestas actividades… E um fenómeno está ligado ao outro, naturalmente…

Na verdade, esta multiplicação de contrafacções de medicamentos oriunda da China radica no ponto mais essencial da maneira chinesa de lidar com a Globalização: não importa produzir com a maior qualidade, mas sob o mais baixo preço possível. Isto produz outro fenómeno: erros industriais massivos resultantes da existência de fracos mecanismos de controlo de qualidade que produzem erros trágicos como aquele que recentemente no Panamá depois de uma importação de 260.000 garrafas de medicamento para a constipação resultou em cerca de 400 mortos…

O fenómeno destes xaropes falsificados (glicerina falsificada, “diethylene glycol”) está muito subavaliado, já que a maioria das mortes ocorrem no Terceiro Mundo longe de redes de Saúde e a maioria das vítimas nem chega a contactar um médico. Recentemente, foram registados vários casos no Bangladesh, no Haiti, na Argentina, na própria Nigeria até na India, outra fonte conhecida de contrafacção de medicamentos.

Quer intencionalmente, seguindo a nova Cartilha do Partido Comunista que manda enriquecer, e seguindo-a ainda mais além, interpretando-a como “enriquecer a qualquer custo”, quer por erro, através de processos industriais defeituosos, a China configura-se como o exemplo mais perfeito de um modelo industrial que procura satisfazer o mercado produzindo com o mais baixo custo possível, desprezando frequentemente as consequências que daqui possam advir…

Fontes:

International Herald Tribune

The New York Times

Anúncios
Categories: Política Internacional, Sociedade, Wikipedia | 3 comentários

O regresso da Fusão Fria


Como saberão aqueles que há mais tempo cibervagueiam aqui por esta pequena fracção do Bloguistão que é o “Quintus”, um dos meus temas favoritos é a Fusão Fria… Provavelmente, um resto da minha costela de alquimista frustado… Adiante.

Foi este interesse que me despertou a atenção para uma notícia do Daily Tech. A “Fusão Fria” pressupõe a possibilidade de realizar energia nuclear a temperaturas próximas da temperatura ambiente e é – potencialmente – uma solução para os problemas energéticos que assolam a Humanidade, prometendo energia barata quase sem impactos ambientais. Longamente questionada pelo mundo académico, depois que um acolhimento inicial muito caloroso, a Fusão Fria caiu em descrédito e aqueles que ainda hoje um pouco por todo o mundo persistem nesta senda têm sido rotulados de “cientistas loucos”.


(Célula de Fusão Fria no “US Navy Space and Naval Warfare Systems Center San Diego” em 2005)

Mas surge agora um documento académico (ver AQUI), produzido pelo SPAWAR (“Navy’s Space and Naval Warfare Systems Center”) dos EUA, o artigo declara que dois cientistas do SPAWAR de nome Stanislaw Szpak e Pamela Mosier-Boss conseguiram obter uma reacção nuclear (“low energy nuclear reaction (LENR)“) que foi replicada e repetida em ambiente de laboratório… Precisamente a grande dificuldade das primeiras experiências de Pons e Fleischmann em 1989 e que arruinou a sua credibilidade e a de todos os que trabalhavam na LENR!…

A experiência do SPAWAR recorreu ao uso de um cabo muito fino de paládio e deutério, submetidos a um campo electromagnético e parece ser completamente reproduzível noutros labortórios, em idênticas circunstâncias, um requisito fundamental da chamada “Boa Ciência” e que destruiu a reputação do Pons e Fleischmann em 1989, assim como a daqueles que persistiram neste rumo e da própria “Fusão Fria”, tida a partir de então como o “Mito Urbano” por excelência da Física Nuclear dos séculos XX e XXI. Agora, com a reproducibilidade assegurada, todo este promissor campo de investigação fica reaberto assim como se possibilita um novo leque inteiramente radical de soluções para os problemas energéticos do globo… E não é de todo impossível antever para um futuro próximo reactores portáteis e não-radioactivos de Fusão Fria alimentando os motores dos nossos automóveis, de relógios, das nossas casas e empresas, enfim, um sem-número de aplicações energéticas onde o consumo principal será… água e o produto resultante… vapor de água!

Estejamos atentos a novos desenvolvimentos nesta área…

Fonte: DailyTech

Categories: Ciência e Tecnologia, CodeFarmPt, Defesa Nacional, Ecologia | 9 comentários

Quid S8-29: Como se chama este homem?

sdsss.jpeg

Dificuldade: 3

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 3 comentários

Do aumento dos custos dos aviões e helicópteros ao serviço da USAF


( O F-35 JSF, um brinquedo que custa 121 milhões de dólares por unidade…)

Se os EUA continua a ter a melhor, mais bem equipada e mais numerosa (excepto a China) força aérea do Mundo e se esperam manter esta vantagem nos próximos 20 anos, isto é algo que não ocorre sem custos… O preço de uma avião de combate americano “médio” não tem parado de crescer, sobretudo no que respeita aqueles que serão a espinha dorsal da Defesa Aérea dos EUA nas próximas décadas, o JSF e o F-22…

Dos dois, o programa JSF é o que mais tem engordado, com uma subida do orçamento de 8,6% apenas nos últimos seis meses e ascendendo actualmente a já mais de 23,3 biliões de dólares… A este ritmo, o custo de construir todas as unidades previstas será incomportável e a subsequente redução das encomendas, arrisca-se a aumentar ainda mais o preço unitário…Aliás, este aumento de custos já resulta da redução das encomendas de aparelhos por parte do Pentágono e se nova redução ocorrer, os preços unitários ainda vão aumentar mais… Mas o JSF não é o único gastador no inventário da USAF… O F-22 Raptor conheceu um aumento de 4,3%, V-22 Osprey 8,2% e o F/A-18 E/F um aumento de 5,4%…

Aviões Militares dos EUA: Unidades e Custo Total por Programa:

(Fonte: US DoD)
(Baseado no “Selected Acquisition Reports to December 31, 2006”)
(em milhões de USDs)

Aparentemente, manter uma força aérea com um tão elevado nível de vantagem tecnológica começa a ser impossívelmente caro mesmo para um país tão rico como os EUA… Sabendo que a força dos EUA no mundo assenta precisamente na vantagem esmagadora dos seus meios aéreos e navais sobre todas as forças aéreas que se lhe poderão opôr as crescentes dificuldades orçamentais em manter uma força aérea tecnologicamente tão sofisticada como a USAF irão comprometer esta vantagem a médio prazo? Isto é, será que os aviões de combate dos EUA não se tornaram demasiado caros para poderem ser operados em números significativos?

Fonte: Defence-Aerospace

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | 24 comentários

Hoax(?): O Monstro Marinho que deu à costa na Guiné: “Hellish Hairy Sea Monster Cast Ashore In Guinea!”

O sempre atento Sá Morais do Ideias Fixas 2 chamou-me a atenção para estas imagens que estão a percorrer a Internet via e-mail ou blogs pelo menos desde meados deste mês e que se refereriam a um monstro marinho que teria dado à costa na Guiné (presume-se que seja na Guiné Conakri). Não encontrei a origem da fotografia, nem de toda a série de fotografias que apareceram no site do jornal russo Pravda (que do anterior, só mantêm o nome…) e teriam sido recolhidas do site russo fishki.net (o conhecimento de russo é aqui requerido!)… Desde logo, a fonte jornalística é muito suspeita, porque como se pode ver pelo conteúdo da página principal do site do Pravda, este é uma espécie de versão russa do “Correio da Manhã”, mas mais escabrosa e com maior quantidade de pele feminina em exposição…

Segundo a corrente de email:

“A strange ugly sea monster was cast ashore in Guinea. The partially decomposed monster has 4 paws, a tail and long fur. Scientists who examined the creature said that they had already seen such animals before, but they have no clue to their definition.”

Ou seja: “Um estranho e horrível monstro marinho deu à costa na Guiné. O parcialmente decomposto monstro tinha quatro membros, uma cauda e pêlo longo. Cientistas que examinaram a criatura disseram que já tinham visto animais assim antes, mas que não tinham qualquer pista quanto à sua definição”.

O que também lança cá umas suspeitas… Que “Guiné” é esta? Será a Guiné Conakri? A “nossa” Guiné-Bissau? A Guiné Equatorial? A Papua Nova Guiné (onde se falado muito de um Plesiossauro nas florestas do interior) ou… simplesmente algures no Golfo da Guiné (Nigéria?), onde têm ocorrido diversos eventos idênticos?

Depois.. “Cientistas”? De que ramo da Ciência? Biólogos marinhos?… De que país? E quem são estes “cientistas”? Porque a imprecisão da notícia quanto à sua definição?

E que formas são estas?

1. Uma “Serpente Marinha”?

2. Um “Tubarão Baleia”?

3. Uma “Lula Gigante” (Kraken)?

4. Um Plesiossauro?

5. Uma “Tartatura Gigante”?

6. Outra criatura desconhecida

7. Uma baleia?

O facto aparente da criatura exibir quatro membros e aquilo que parece ser um pescoço longo assemelha-a das descrições do “Monstro de Loch Ness” e do dinossauro conhecido como Plesiossauro.


(http://www.uh.edu/engines/plesiosaur.jpg)


(não parece… mas é uma baleia em elevado grau de decomposição in http://dohenystatebeach.org)

É verdade que a explicação mais fácil é que estamos perante uma carcaça de uma baleia ou, talvez, de um cachalote (muito comuns nestas água da costa ocidental africana) ou ainda mais provável de uma “Baleia Corcunda

O que explicaria aqueles “quatro (sic) membros” expostos na carcaça… Admitamos…

Dado que a coisa apareceu numa praia – aparentemente distante de qualquer grande povoação – é mais do que certo que não esteve no local nenhum biólogo, e que ninguém recolheu nenhum espécime para análise de DNA, o que aclararia logo qualquer dúvida quanto à natureza da criatura…

Assim sendo, e tendo em conta aquilo que se sabe da criatura… Ou seja, estas escassas e lacónicamente comentadas fotografias num site russo muito suspeito… Voto pela tese da:

Baleia Corcunda
Fontes:

http://english.pravda.ru/photo/report/sea_monster-1816/0/

http://spluch.blogspot.com/2007/05/sea-monster-cast-ashore.html

http://www.freerepublic.com/focus/f-chat/1833320/posts

http://www.jedineko.com/?p=300

http://gopvixen.blogs.com/gop_vixen/2007/05/hellish_hairy_s.html

http://www.cryptomundo.com/cryptozoo-news/mystery-beached/

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Justiça | 48 comentários

Porque acham os homens que uma determinada mulher é atraente?


(Evangeline Lilly, a “Kate” de Lost… Um exemplo de beleza feminina clássica… Ou não, não é caro Outsider? 😉 )

Muito já se escreveu (e escreverá…) sobre aquilo que define a beleza feminina… E cada um tem a sua opinião, homens e mulheres, por vezes dissonantes – como o famoso “Caso Evangeline-Outsider” prova – mas será apesar de toda a subjectividade da questão identificar as características femininas que mais frequentemente surgem associadas a esse tão fugaz conceito? Sim… É… Mas desviando-nos da subjectividade e embarcando num caminho mais objectivo e racional, se é que tal é possível neste domínio… Estudos diversos indicam que existe mesmo uma imagem mais ou menos consensual daquilo que é tão procurada e almejada “Beleza feminina”…

Simetria

Em primeiro lugar, como muito bem identificaram os gregos, Beleza e Simetria são sinónimos. Um rosto simétrico é assim um reflexo de um bom estado de saúde já que o corpor humano começa por ser uma única célula que se vai divindindo até formar um ser humano e que cada divisão deve formar um conjunto simétrico de um par de células. Esta simetria é quebrada contudo pelo ambiente, radiação, alimentação, feridas, etc, e estes efeitos interrompem um movimento simétrico que assim produz assimetria e, logo, “fealdade” no conceito clássico do termo.

O biólogo Randy Thornll da Universidade do Novo México afirma a este propósito: “Faz todo o sentido usar a variação da simetria para escolher parceiros. Se escolher um parceiro perfeitamente simétrico e reproduzir-se com ele, no final terá uma melhor hipótese deste ser simétrico e capaz de lidar melhor com perturbações do meio ambiente.”

Este cientistas estuda as questões da simetria animal há quinze anos, introduzindo rostos e corpos em modelos informáticos para medir taxas de simetria e concluiu que homens e mulheres com as taxas de simetria mais altas tendem a ser mais atraentes ao sexo oposto do que os indivíduos menos simétricos.

Taxa Cintura-Anca

Outros investigadores dedicaram-se a outras áreas da mesma questão… O psicólogo Devendra Singh da Universidade do Texas debruçou-se sobre a taxa cintura-anca… Segundo o psicógolo, as mulheres com uma taxa de 0,7 seriam as mais desejáveis aos olhos dos homens, sendo esta a taxa média das participantes dos concursos de beleza… As mulheres com taxas entre os 0,67 e os 1,18 parecem atrair melhor os homens. Por outro lado, nos homens uma taxa entre os 0,8 e o 1,0 torna-os atraentes aos olhos femininos. A selecção não é aleatória… Pelo contrário, as mulheres e homens com melhores taxas têm menos probabilidades de sofrerem de doenças como excesso de peso, problemas cardiovasculares, cancro, etc. E logo, são melhores reprodutores e conseguem criar os seus filhos até à sua maioridade, um fenómeno que a evolução favorece, naturalmente…

A Face

Outro ponto focal da atracção sexual humana é o rosto, nomeadamente a sua estrutura. Sabe-se que o Estrogéneo molda a face feminina de forma a reduzir a dimensão da sua face inferior e do queixo, assim como as arcadas supraciliares, de forma a realçar a forma dos seus olhos, tudo traços considerados “belos” pela generalidade dos homens. De forma bem diversa, os rostos masculinos são formatados pela testoterona, e são maiores e com queixos consideravelmente maiores. Estes sinais indicam ao parceiro do sexo oposto uma abundante provisão de hormonas sexuais, e logo, que são bons reprodutores, quer como produtores de sémen, quer como fabricantes de óvulos. Um parceiro abundatemente provido de hormonas sexuais é um parceiro que tem mais probabilidades de produzir uma ampla descendência, algo que é do especial agrado da Natureza, razão pela qual fomos programados para apreciar este tipo de rosto nos nossos parceiros.

Os Glúteos (o “Rabo”!)

Um outro ponto da anatomia feminina que é particularmente impressionante para os homens são os glúteos femininos… Mais uma vez o apelo da reprodução, e sobretudo a eterna busca da Natureza por um bom parceiro sexual capaz de assegurar a manutenção de uma prole saudável e numerosa é fundamental. Uma mulher com glúteis mais fartos tem certamente uma boa alimentação e logo, está suficientemente nutrida para poder ser uma boa mãe. Pelo menos aos olhos crús da Mãe Natureza…

O Cheiro

Embora exista uma grand polémica quanto ao verdadeiro papel das feromonas na atracção humana, aceita-se geralmente que existe um papel significativo, mas não predominante, na atracção humana. As feromonas são sinais químicos que são emitidos de forma a indicar capacidade reprodutiva ao parceito e o seu papel dominante no mundo animal tem tradicionalmente levado a sobrevalorizar o seu papel no Homem. A maior objecção quanto à eficácia das feromonas é que estas geralmente não andam a mais do que 20 centímetros do chão, e normalmente pedindo “boleia” a partículas de água… E por outro lado, e sobretudo… O nariz humano não tem os receptores que os animais têm para este efeito…

Ancas Largas

Outro factor ligado à capacidade de atracção feminina é a largura de ancas… Uma mulher de ancas mais largas do que outra, é considerada mais atraente que outra. A razão essencialmente desta classificação reside no facto de que as mulheres de ancas mais largas têm partos mais fáceis do que as mulheres de ancas mais estreitas e é por essa razão que a Natureza “programou” os Homens para apreciarem as mulheres de ancas largas sobre as demais…

Os Seios

Este grande ponto focal da atenção e da atracção masculina é tão evidente que quase nem merecia aparecer aqui nesta singela e tão condensada listagem… Desde logo, Desmond Morris (“O Macaco Nú”) apontou que os seios femininos eram muito pouco práticos para “agarrar” e que, consequentemente, o seu aspecto redondo e macio, tinha uma função sexual muito evidente… E assim é. Os homens foram biologicamente programados para apreciar mulheres de seios firmes e fartos porque estes potencialmente são bons produtores de leite, e logo, a descendência que gerarem nos ventres destas mulheres de fartos seios, tem mais hipóteses de receber uma boa alimentação de leite materno e de receber os seus essenciais anti-corpos durante mais tempo do que uma mulher que não tem atributos tão generosos…

Conclusão (SIC)

Como se viu pelas linhas acima, a beleza feminina, ou melhor dizendo aquilo que cada um de nós acha que é a “beleza feminina” tem raízes muito básicas, imersas nos mais profundos sectores da programação biológica que existe em cada ser humano. Mas são estas pulsões irreprimíveis e mais fortes do que uma atracção intelectual ou onde o humor ou a personalidade do outro? O ser humano é algo de imensamente diverso do Animal… Este é uma verdadeira torrente irreprimível de impulsos, e o Homem, tem a opôr-se-lhe um pesado dispositivo racional, nem sempre vencedor, mas sempre potencialmente omnipotente… Ou seja, embora estes mecanismos supracitados possam ser responsáveis pela Atracção e até por um número bem razoável de relacionamentos mais ou menos duradouros, não estão na base daquilo a que a literatura e a poesia convencionaram chamar de…

Amor…

Fonte (principal): LiveScience

Categories: Ciência e Tecnologia, Defesa Nacional, Sociedade, Wikipedia | 11 comentários

Quid S8-28: Em que cidade foi tirada esta fotografia?

sdao.jpg

Dificuldade: 2

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 2 comentários

Repórter MovV (3): “Pede-se às Testemunhas de Jeová o Favor de não incomodaram”

image_00042.jpg

Esta encontrei eu, à porta de um salão de jogos falido, no bairro lisboeta da Ajuda…

E que foram as “Testemunhas” fazer a um salão de jogos, com máquinas de flipper?… Tentar converter os jogadores ou os donos?… Fosse o que fosse devem ter ido as vezes suficientes para acabarem por merecer um cartaz personalizado na porta…

Categories: Repórter MovV | 82 comentários

Quid S8-36: Em que país foi tirada esta fotografia?

ase.jpg

Dificuldade: 4

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 14 comentários

Repórter MovV (3): As manchas…

image_00040.jpg

Esta fotografia mostra a humidade do último andar do edifício da Escola Secundária sita junto à Igreja da Praça de Londres… No corredor, à direita, vêm-se várias portas para sals de aula, em uso… Vidros partidos… Os mosaicos do chão quebrados… A tinta que merece nova demão… Este é o estado de uma belíssima escola “Arte Nova” sita no próprio coração da capital de Portugal, Lisboa… Perante este estado deplorável vê-se bem o cuidado e a atenção que este Governo coloca na Educação e a importância que é dada às suas estruturas mais básicas… E se assim é na capital… Fazemos uma pequena ideia do que se passa no resto do país, não fazemos?! Isto é, nas escolas que o economicismo fanático e as ordens de Bruxelas ainda não mandaram encerrar, digo eu…

Categories: Repórter MovV | 1 Comentário

Algumas reflexões sobre o desaparecimento de Madeleine McCann

Madeleine McCann
(Madeleine McCann e os seus dois irmãos in http://img.dailymail.co.uk)

A propósito do chamado “Caso Madeleine McCann”, muito haveria a dizer… Embora sempre menos do que tudo aquilo que já escreveu e falou nos Media, que parecem cegos por este caso… Mas deixemos aqui uma singela rasura daquilo que pensamos sobre este caso:

1. O Foco dos Media: Este caso cativou inegavelmente as atenções dos Media e da Sociedade… O governo britânico está empenhado ao mais alto nível, e o governo português já deixou bem claro que considerava este caso como altamente prioritário sobre todas as outras investigações a correr… Não duvidemos que se alocam a este caso mais de 200 agentes da Polícia Judiciária isto não se faz sem sacrificar o bom andamento (e eventual prescrição) de outras investigações…

O facto de:

.se tratar de uma cidadã estrangeira, oriunda daquele que é a maior fonte de fluxos turísticos para o Algarve,

.de ser uma cidadã britânica, nação insular com a qual Portugal alimenta uma relação sentimental muito longa e perene (embora raramente correspondida),

.o sentimento de sincera preocupação pelo destino da criança,

.o aspecto frágil, louro e de olhos azuis da menina que produz facilmente na maioria dos pais um sentimento de aflição e de identificação com os seus próprios filhos

Tudo isto e muito mais contribuiram para dar a este caso um destaque e uma concentração de meios que não existiu noutros casos, como o trágico caso do Rui Pedro hoje infelizmente esquecido já pelos Media…

2. Racismo: Logo nos primeiro dias do desaparecimento de Madeleine McCann que se notou nos Media britânicos e nalguns elementos da família McCannum sentimento de descrença pelas capacidades das autoridades policiais portuguesas… O eco desta insatisfação e desta projecção de frustação foi ampliado pela muito desregrada e frequentemente imoral imprensa britânica e chegou a Portugal muito rápidamente e pode ter dado a sua contribuição para o empenho de meios que ocorreu nos dias seguintes… E alterou certamente a conduta das autoridades, já que no dia seguinte organizavam uma conferência de imprensa para notificar os Media do andamento das investigações, coisa que não está nos hábitos da nossa (excelente) PJ…

3. Os meios: O casal McCann – sendo um casal de médicos muito abastado – soube rodear-se de amplos meios para recuperar a sua filha… Para além de todas as forças policiais portuguesas envolvidas na busca (e que são a maior operação policial a decorrer em Portugal actualmente), contrataram vários advogados e detectives privados que estão agora a trabalhar em Portugal, procurando pela menina. Fundaram um site de apoio e de recolha de donativos que pode ser acedido em http://www.bringmadeleinehome.com e onde, clicando AQUI, podemos exprimir a nossa solidariedade à família. Também aqui se notou um flagrante contraste com os outros casos de crianças desaparecidas em Portugal, actualmente em número de oito (ver AQUI), já que as famílias dispõem de outro tipo de meios.

4. A “negligência”: Logo na primeira hora, existiu alguma crítica social quanto à atitude de aparente negligência do casal em relação aos seus 4 filhos… E convenhamos que as críticas têm a sua razão de ser. Deixar sózinha uma criança de 3,5 anos, dois gémeos de 2 anos a dormirem no quarto de um aldeamento, deixar o mesmo para ir jantar a um restaurante no exterior do mesmo, ainda que supostamente “vigiando sempre a porta do aldeamento”… No mínimo é displicente e provavelmente merecedor da classificação de “comportamento negligente”… Mesmo se verificavam o quarto onde dormiam os filhos de meia em meia hora, como depois afirmaram, quando nas declarações iniciais diziam apenas “observavam a porta do aldeamento de dentro do restaurante”. Não praticaram o mal com intenção, mas certamente que hoje estão arrependidos. Serve o seu exemplo, para todos nós, de que nunca se deve deixar uma criança de tão tenra idade sózinha, quer seja num país estrangeiro, quer não…

5. Os rumores “desviantes”: Como sempre acontece nestas circunstâncias, cedo surgiram os rumores que aludiam a “desvios sexuais” por parte dos pais, nomeadamente à prática de “swing” com outros casais que também passam férias no mesmo aldeamento. O rumor surgiu num blog inglês (ver AQUI) e alimentou algumas notícias na nossa imprensa (ver AQUI): ”
“Há quem garanta que este casal se dedicava à prática de swing, isto é, relações sexuais entre casais”, afirmou ontem o criminalista Barra da Costa, na RTP. Desta prática – troca sexual de casais – poderia “resultar uma vingança no casal que se poderia consubstanciar no próprio desaparecimento da criança”, acrescentou o criminalista, que não quis revelar a sua fonte mas garantiu ser uma pessoa “que sabe”. Fonte próxima da investigação desmentiu categoricamente ao CM a informação de que o casal se dedicasse à referida prática sexual. “Foi uma falsidade lançada num blog inglês”, afiançou a mesma fonte. ”

6. A pista pedófila: O andamento actual das investigações da Polícia Judiciária no “Caso Madeleine McCann” aponta para a chamada “pista pedófila”, envolvendo um residente de nacionalidade britânica de nome Robert J. Murat que viva com a mãe Jenny numa vivenda a escassos 100 metros do aldeamento de onde desapareceu Madeleine McCann. Segundo várias notícias, haveria desde cassetes de video com conteúdo pedófilo, vestígios de sites pedófilos no computador recuperado da vivenda e diversos outros indícios que colocariam Murat no centro de uma rede pedófila que estaria envolvida no desaparecimento de Madeleine McCann. Esta pista é agora o principal rumo das autoridades e esperam-se desenvolvimentos nas próximas horas neste caminho, que espere que acabe por dar com o paradeiro de Madeleine…

7. As Doze Horas: Parece certo que houve alguma lentidão na reacção inicial da Polícia portuguesa (ignora-se exactamente em que escalão). De facto, as críticas britânicas quando há existência de um lapso de tempo de doze horas entre o desaparecimento e a informação enviada ao SEF permitiram que o raptor ou raptores passassem qualquer fronteira terrestre sem problemas, ou seja, neste caso poderiam ter ido e vindo a Espanha umas boas quatro vezes… Este atraso aviso é incomum (segundo o Expresso) e ilógico, porque sendo estrangeira a nacionalidade da menina, seria excpectável que – se raptada – tivesse sido prontamente levada para fora do país aquando do rapto.

No entretanto…

Esperemos que a menina apareça rapidamente, bem e saudável (tanto quanto é possível dadas as circunstâncias) e é nesse sentido que estamos todos a torcer…

Fontes:

http://dn.sapo.pt/2007/05/05/sociedade/apartamento_ferias_facil_assaltar.html

http://expresso.clix.pt/Actualidade/Interior.aspx?content_id=391042

http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=805692

http://port.pravda.ru/cplp/portugal/09-05-2007/16974-madeleinemccann-0

http://dn.sapo.pt/2007/05/06/sociedade/fronteiras_controlo_na_manha_seguint.html

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1293234&idCanal=undefined

http://www.thisislondon.co.uk/news/article-23395014-details/Parents%20cling%20to%20hope%20for%20snatched%20Maddy/article.do

O que acha que aconteceu a Madeleine McCann?1) Foi raptada por uma rede de pedofilia
2) Foi raptada por uma rede de adopção ilegal
3) Foi morta acidentalmente por um dos pais
4) Foi morta intencionalmente por um dos pais
5) Fugiu sozinha e sofreu um acidente

View Results

Categories: A Escrita Cónia, Madeleine McCann, Sociedade Portuguesa | 86 comentários

Quid S8-27: Em que país fica localizado este monumento?

saaa2.jpg

Dificuldade: 2

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 6 comentários

Repórter MovV (2): O original cartaz da Livraria…

image_00037.jpg

Este inspirado e espectacularmente discreto pequeno cartaz foi encontrado colado no vidro de uma livraria de rua, algures nos arredores do Jardim Zoológico de Lisboa…

Categories: Repórter MovV | 2 comentários

O Grande Ciclo das Coisas… Segundo a cartilha neoliberal


(Imagem de Futuropolis de Fritz Lang in http://www.nodulo.org)

O modelo actual das Coisas, ou seja, o chamado “Liberalismo Económico” ou melhor dizendo, a sua interpretação neoconservadora que se vai impondo pelo mundo fora como “Pensamento Único” e como a “Globalização-que-ninguém-pode-ignorar-ou-combater” está a provocar uma série de fenómenos conexos que importa identificar…

É evidente que apesar de todas as promessas dos economistas do sistema, o Desemprego Estrutural se instalou em todo o Ocidente, dito “Desenvolvido”. E com ele, um excesso de oferta da mão-de-obra o que provoca inevitavelmente uma pressão sobre os Salários e, logo, uma redução massiva do seu peso nas economias nacionais do Ocidente e uma muito sensível redução no Consumo que está na raíz de uma estagnação económica que parece confortávelmente instalada nas nossas sociedades. A este Desemprego Estrutural, corresponde no Oriente, um aumento do Emprego e de alguma melhoria do nível de Vida, não sistemático e aquartelado em alguns escalões profissionais e em alguns gestores dos países cujas economias mais têm crescido no decurso do processo da Globalização (Índia e China, sobretudo). Nestes países, e outros idênticos, multiplicou-se o Trabalho Semiescravo, com uma explosão da jornada diária e com condições e salários muito inferiores aos padrões praticados no Ocidente, recorrendo frequentemente a diversas formas de coação, psicológica e física, como AQUI já abundantemente referimos.

Este movimento para Oriente, que desloca indústrias e fábricas inteiras do Ocidente para o Oriente, esvaziando o tecido industrial do Ocidente e deixando hordas imensas de desempregados e pobreza e transfere as mesmas fábricas para o Oriente produzindo aqui um regime laboral próximo da escravatura ocorre impulsionado pelo poder cada vez maior das multinacionais, cada vez menos numerosas e mais poderosas através de movimentos de fusões e aquisições que parecem antecipar um futuro em que toda a economia mundial será dominada por uma escassa meia dúzia de megacorporações globais.

Perante esta megacorporações globais, os poderes dos governos democraticamente eleitos são cada vez menores e isto explica o aumento radical do poder e da influência destas megacorporações no Poder Executivo e até (e sobretudo) na feitura das Leis, sendo especialmente agudo nas Organizações multinacionais como a União Europeia, a NAFTA e outras que os planeadores das megacorporações querem implementar em todas as regiões do mundo, em torno da criação de moedas regionais comuns e da supressão de todas as barreiras alfandegárias, na boa aplicação da cartilha neoliberal imposta pelo “Pensamento Único”.

Os governos democráticos estão tanto mais reféns destes interesses financeiros e globais porque a sua ascensão ao Poder depende cada vez de campanhas eleitorais cada vez mais dispendiosas e mediáticas que exigem um volume de patrocínios e apoios que já não pode vir das quotizações partidárias, mas somente das contribuição (nunca inocentes nem desinteressadas) dos grandes grupos económicos, que depois lhes cobram contrapartidas, na forma de favores, influência legislativa e adjudicação das chamadas “obras hidráulicas” ou de “regime” de que os absurdos elefânticos chamados Ota e TGV são excelentes exemplos.

Todo este circuito depende de um só elemento: Da existência de maiorias de eleitores insuficientemente informados e, logo, fácilmente manipuláveis em campanhas de marketing político que não correspondem frequentemente à acção dos governos eleitos e que estreitam cada vez mais o universo de votantes efectivos e desmotivam o ingresso na política de “cultivadores de ideiais” e não de “servidores de interesses” como Pina Moura ou tantos outros que ascendem e frutificam nos corredores do Poder.

Em suma, este é o grande ciclo das Coisas, segundo a cartilha Globalista e Neoliberal que nos querem impôr:

Desemprego no Ocidente ->

Semiescravatura no Oriente ->

Poder absoluto das Multinacionais ->

Partidos financiados pelas Multinacionais e grandes interesses económicos ->

Campanhas eleitorais muito dispendiosas ->

Eleitores ignorantes ->

Desemprego no Ocidente -> e volta tudo ao príncipio…

Categories: Economia, Movimento Internacional Lusófono, Política Internacional, Política Nacional, Sociedade, Sociedade Portuguesa | 17 comentários

Quid S8-26: Que super-herói é este?

ad.jpg

Dificuldade: 3

(Réplicas lentas!… Isto é, não sei quando poderei confirmar as vossas respostas…)

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 7 comentários

O “Spirit” descobre mais uma prova da existência de água em Marte


(Image: Space.com)

O Rover marciano “Spirit” encontrou vestígios de uma explosão vulcânica recente num local perto da cratera Gusev. Esta importante descoberta é mais uma evidência da presença de água líquida em Marte. A fotografia expõe uma área basáltica onde a água se pode ter misturado com o magma do sub-solo e essa interacção é testemunhada pela forma das pedras fotografadas pelo “Spirit”.

Esta descoberta é apenas a mais recente destes dois excelentes Rovers que a NASA colocou em Marte e que aqui vêm funcionando desde à quatro anos! Nesta sua caminhada de exploração do Planeta Vermelho, os Rovers marcianos já percorreram cerca de 7 Km, cada um…

Fonte: Space.com

Categories: SpaceNewsPt | 1 Comentário

Repórter MovV (1): O lugar do… Taxista

image_00020.jpg

Esta fotografia mostra uma zona de estacionamento, que supostamente devia servir uma paragem de autocarro junto ao antigo Cinema Roma (hoje, Forum Lisboa) e que um taxista escolheu para guardar o seu Mercedes… Repare-se na fita plástica. Ela está de dia, guardando o lugar e é da “Polícia Municipal”, embora alterne com outra que tem escrito “Bombeiros”… Esta forma de reservar o estacionamento tem passado indemne na vigilância policial, apesar do seu carácter flagrante… E até a agora tão vigilante EMEL parece cega perante esta evidência, evidentemente ocupada a perseguir esses terríveis criminosos que são os malandros que estacionam em lugares de parquímetros sem a correspondente moedinha…

Categories: A Escrita Cónia, Repórter MovV, Sociedade Portuguesa | 2 comentários

Quid S8-25: Onde ficam estas ruínas?

asqsss.jpg

Dificuldade: 4

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 8 comentários

150 milhões de Zombies activos no mundo!… Computadores Zombies, quero eu dizer…

(http://lab.iulm.it)

Um dos “pais fundadores” da Internet, Vinton Gray Cerf um dos criadores do protocolo TCP/IP, recentemente, no “World Economic Forum”, na Suíça declarou que dos 600 milhões de computadores ligados à Internet, cerca de 150 milhões seriam membros involuntários de uma “Botnet“, composta por programas instalados sem conhecimento dos seus utilizadores e que seriam usados como Proxies para envio massivo de spam ou correio não-solicitado para os… restantes 450 milhões… Ou seja, havendo cerca de dois milhões de computadores em Portugal, teremos por aí uns 250 mil infectados com esta bicharada e escravizada pelos falsários e parasitas deste mundo que espalham Spam e Spyware pela Internet…

Estes computadores “escravizados”, também conhecidos como “zombies” são utilizados em esquemas ilegais, por spammers e em fraudes massivas. Em 2006, a empresa de segurança BlueSecurity foi atacada por um batalhão de “zombies” e a identidade do atacante nunca chegou a ser conhecida sendo o site da empresa completamente afundado durante algum tempo. Na verdade, actualmente, os botnets são a maior ameaça a qualquer rede informática ou site na Internet. A anonimidade que garantem, já que o ataque decorre a partir de uma multidão de máquinas que desconhecem que estão a ser usadas para essa função torna difícil, ou mesmo impossível, a identificação da origem e da identidade dos atacantes… Estes, frequentemente, deixam os “bots” nas máquinas que infectaram inactivos durante meses, aguardando pacientemente, pela data de activação, e quando esta ocorre, é muito difícil o ponto focal da infecção… Especialmente porque por vezes este é indirecto em terceira, quarta ou mesmo mais intermediação…

Aqui, como em tantas outras ocasiões, a chave reside na formação e educação dos utilizadores. Com a multiplicação do número de computadores pessoais e sobretudo com a quase transformação destes em “electrodomésticos” são cada vez mais aqueles que utilizam computadores e que nada compreendem do uso dos mesmos, e sobretudo, dos riscos ao seu próprio património que estes representam se a sua segurança fôr comprometida e se os seus dados pessoais forem assim expostos aos livres desígnios de falsários e criminosos cibernéticos… São ainda comuns, as máquinas sem qualquer anti-virus, ou com anti-virus desactualizados… Felizmente, a Microsoft incluiu agora a partir do XP uma firewall (activa a partir do SP2), o que reduziu o universo de máquinas expostas ao bel prazer destes cibercriminosos… Mas é ainda evidente que nem mesmo se todos os computadores tivessem uma firewall e um antivirus activos e actualizados isso não serviria de nada se o utilizador não soubesse o que está a fazer e não abrisse cada anexo suspeito recebido por email, cada programa que lhe surge na navegação em sites mais ou menos estranhos, etc, etc… E isto nunca será possível garantir…

E se… Cerca de 1/4 de todos os computadores estão infectados com Spyware… Isso quererá dizer que um quarto dos leitores deste texto partilham o seu computador com… Quem?

Fonte: TechRepublic

Categories: Informática | 3 comentários

Dos efeitos do acidente nuclear de Chernobyl e algumas surpresas quanto aos mesmos…


(O “Flukeman”, dos X-Files in http://content.answers.com)

Um estudo britânico publicado recentemente classifica os riscos de um sobrevivente do acidente nuclear de Chernobyl vir a falecer por causa do acidente comparável ao risco do mesmo sobrevivente vir a morrer por poluição do ar, ou fumo passivo.

Desde há muito que se debate o número de mortos provocados pelo acidente de 1986, mas existem cada vez mais indícios de que as consequências não foram tão graves quando se poderia inicialmente recear (a Greenpeace chegou a prever mais de 90 mil mortos)… Segundo o estudo, aqueles que mais estiveram expostos à radiação resultante da explosão do reactor 4 tiveram um aumento de apenas 1% nas mortes devidas a radiação, precisamente o mesmo valor para quem vive numa cidade muito afectada pela poluição do ar, como a Cidade do México ou Tóquio.

O estudo foi conduzido por Jim Smith “Centre for Ecology and Hydrology”, do Reino Unido e no âmbito destes trabalhos visitou extensamente o local do acidente encontrando uma vida vegetal e animal próspera e abundante e nenhuma das mutações que surgiram, por exemplo, num episódio dos X-Files… Onde num episódio da segunda temporada surge o “Flukeman” um híbrido humano-verme que se sugere ter sido criado pelo acidente da central nuclear ucraniana…

É claro que nos heróicos bombeiros e soldados soviéticos que enfrentaram o reactor e que o encerraram no cofre de cimento que ainda hoje o protege encontramos outros valores… Dos 134 homens envolvidos na primeira linha de reacção ao acidente, 40 morreram em virtude da radiação, a maioria após um sofrimento atroz, mas com a certeza de as suas acções terem salvo a vida a milhares… Que era o que sucederia se não tivessem contido o reactor 4…

Até ao momento cerca de 4 mil pessoas contraíram tumores na tiróide, naquele que é o reflexo mais visível do acidente, mas com uma taxa de sobrevida que ronda os 99%.

Este estudo reflecte algo que já se sabia: a vida é capaz de resistir a doses ligeiras de radiação durante muito tempo sem exibir ou adquirir danos consideráveis… Aliás, uma dose de radiação é essencial ao processo da Evolução (a qual também não existe, segundo o Blasfémias, assim como o Aquecimento Global). É também uma excelente notícia, já que é inevitável que – mais cedo ou mais tarde – tenhamos outro reactor a explodir, algures no mundo, algures no tempo… Demonstra que as coisas poderão não ser tão más… Mas fica o receio de saber se haverá então outros 140 heróis dispostos a dar a vida novamente… Sobretudo num regime bem diferente do soviético que ainda vigorava em 86 e onde as forças militares e militarizadas raramente discutiam as ordens… Por mais perigosas que estas fossem.

Fonte: MosNews

Se gostou deste artigo, adicione-o nas redes de notícias colaborativas:
DoMelhor.net (Portugal) DoMelhor
(Portugal) ou
Chuza.org (Galiza) Chuza
(Galiza) ou ainda em
Adicionar esta not�cia no Linkk Linkk (Brasil)

Categories: CodeFarmPt, Ecologia | 53 comentários

Os EUA recusam parcerias internacionais no seu “regresso à Lua”


(http://www.cbc.ca)

Os EUA recusaram uma proposta russa de exploração conjunta do nosso satélite natural, declarou Anatoli Perminov, o director da Agência Espacial Russa.

A possibilidade da colaboração das duas das três maiores agências espaciais do mundo surgira quando a NASA declarou que pretendia construir no pólo sul da Lua uma base internacional, operacional e permanente, cuja construção deverá começar em 2020 e terminar em 2024.

Na altura, responsáveis da NASA referiram a existência de contactos com a ESA assim como com as agências espaciais da Austrália, Grã-Bretanha, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Itália, Rússia, Coreia do Sul e Rússia, no sentido de colaborarem na construção e financiamento desta base. O facto de agora a oferta da Roscosmos ter sido tão liminarmente rejeitada é estranho, e tem evidentemente propósitos políticos… Como declarou o responsável russo: “Estamos prontos a cooperar, mas os EUA anunciaram que vão desenvolver o programa sózinhos”… Tratando-se de um programa extremamente caro, devendo todo o programa lunar da NASA em 2025, rondar os 230 biliões de dólares e a recusa de parcerias estrangeiras, quer na Despesa, quer no Desenvolvimento indica um autismo que não ser positivo para a Ciência nem sequer para a própria capacidade dos EUA para levarem sózinhos um programa tão ambicioso como o de construir e manter uma base lunar permanente.

Fontes:

http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1292541

http://www.cbc.ca/technology/story/2006/12/05/moon-base.html

http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2006/12/04/AR2006120400837.html

http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2006/12/09/AR2006120900469.html

Os EUA deviam construir sózinhos uma Base Lunar?
1) Sim
2) Não

View Results

Make your own poll

Categories: SpaceNewsPt | 9 comentários

Quid S8-24: Em que local fica esta ruína?

asssaas.jpg

Dificuldade: 3

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 18 comentários

sQuid S2-50: Que filme é este?

asassq2.jpg

Categories: Quids S6, sQuids S2 | 5 comentários

Seguindo os satélites da ESA…

Encontrei recentemente, imerso lá no site da Agência Espacial Europeia, a ESA, um interessante “gadget”… Um tal de “ESA Spacecraft Tracker” que mostra numa página web a posição em tempo real de um conjunto de missões da ESA ou missões onde a ESA participa (como a ISS).

O “gadget” usa os mapas do “Google Maps” e actualmente segue a Estação Espacial Internacional (ISS), vários satélites como o Integral, o XMM-Newton, o Cluster e o Telescópio Espacial Hubble, para além do percursor do GPS europeu que é o Giove-A e ainda vários satélites de observação da Terra.

Dê um salto por lá, para ver… Quando é que os astronautas da ISS passam por cima das nossas cabeças!
Fonte: ESA

Categories: SpaceNewsPt | Deixe um comentário

A nossa vida na Internet escarrapachada no… Histórico do Google…

Sabia que existe um histórico de cada pesquisa jamais realizada no Google?… Eu não…

Até dar com a dita, quase de raspão, ao clicar na minha página personalizada do popular (íssimo) motor de busca e perceber que podia por exemplo, saber o que andava a procurar (e quando) no dia 31 de Outubro de 2006… Por exemplo, andava a sacar imagens para os Quids, nomeadamente para a ópera “Nabucco” e exemplos de pinturas de Pieter Brueghel, o Velho… E no dia 1 de Dezembro andava a tentar perceber se as imagens de um chinês comendo um feto humano que descobrira no blog do Sá Morais eram mesmo verdadeiras ou se eram mesmo um “hoax”, procurando documentar-me para ESTE post…

Esta capacidade pouco conhecida no Google, obriga a criar uma “Google Account” (que todos os que têm blogs no blogspot.com ou contas no Gmail já têm, de qualquer modo), e permite visualizar o que andavamos a procurar a uma dada altura, facilitando muitíssimo a descoberta daquela pergunta: “Como era mesmo aquele site que eu encontrei no mês passado?”

Podemos também ver a que hora é que realizávamos a maioria destas buscas… No meu caso eis o meu padrão de buscas:

Top queries

1.

r-44 russian missile

2.

evangeline lilly

3.

e-10

4.

qtek

5.

lost

6.

belkin

7.

ar telecom

8.

zhonghua vi

9.

su 27 iran

10.

lilly

Onde além do míssil R-44 (caramba, não me lembrava de ter procurado assim tanto pelo dito!) surge a inevitável… Evangeline Lilly, provavelmente, procurando recolher imagens para a minha batalha insensante com o Outsider sobre dita… O E-10… Que raio é o E-10? Qtek… Pois… De má memória… O pior telemóvel que já tive… o S100… Lost. Pois, é preciso dizer mais? Belkin… Um teclado de infravermelhos para o Qtek. Ar telecom para quando pensava chutar no rabo a Netcabo. Zhonghua VI… Hum. Um certo monocarril dos Quids… Su-27. Para perceber se o Irão os tem ou não (ainda hoje não sei com toda a certeza…) E por fim… Lilly… Sempre ela.

Top sites

1.

en.wikipedia.org

2.

pt.wikipedia.org

3.

www.microsoft.com

4.

www.globalsecurity.org

5.

www.geocities.com

6.

news.bbc.co.uk

7.

dn.sapo.pt

8.

www.fas.org

9.

www.imdb.com

10.

avia.russian.ee

A Wikipedia… Fonte principal de todas as minhas ciberrespostas. A Microsoft… Laboro obriga! Sobretudo a sua excelente knowledgebase… Globalsecurity: uma das melhores fontes para temas militares. Geocities. Não sei… Talvez pelos sites aqui alojados, acho eu. BBC e DN, as minhas duas fontes noticiosas favoritas. O fas.org, de novo, pela temática militar assim como o avia.russian.ee…

E pronto! Eis o meu log do “Google”…

Agora… Já repararam que se marcarem aquela check-box do “Guardar a minha password” qualquer pessoa que aceda ao seu computador pode consultar o que você andou a procurar na Net desde… Praticamente sempre? Tipo… Aquela lingeria feminina, aquelas imagens de sexo, aquelas… fotografias de certa actriz do Lost?

Hum.

Como é que se apaga mesmo este histórico do Google?

(P.S.: E por outro lado… Quem sabe o que nós procuramos tem uma ideia muito precisa sobre os nossos interesses e sobre aquilo que somos, não tem?… Para que fins exactos usará a Google esta informação?…)

Categories: Informática | 15 comentários

sQuid S2-48: Que engenho seria (supostamente!) este?

asse.jpg

Categories: Quids S6, sQuids S2 | 4 comentários

O “Nimrod” um sobrevivente da Guerra Fria ainda em uso na RAF


(Nimrod Mk2: http://upload.wikimedia.org)

Concebido em plena Guerra Fria o “Nimrod” continua a ser um excelente e fiável aparelho de reconhecimento a longa distância disponível no inventário da RAF britânica.

Criado a partir de um desenho de um avião comercial, precisamente o primeiro de sempre, o fatídico e muito mal afamado Comet. Ou seja, a concepção original do Nimrod é de 1949, e isto torná-o num dos mais longevos aviões militares actualmente em operação…

Em 1996, o Reino Unido arrancou com um programa de actualização a sua frota de Nimrod Mk2 para o padrão MRA4, substituindo as asas, os motores e vários sistemas internos, criando assim praticamente um novo avião, mas com a mesma estrutura e aparência exteriores do velho Nimrod. O programa atravessou várias dificuldades financeiras, acabando por reduzir o número de aparelhos modificados dos originais 21 para apenas 12.

Recentemente, um Nimrod MR2 oi perdido em combate, no Afeganistão, provocando a morte dos seus 14 tripulantes. Segundo os Talibans abatido por um míssil Stinger, segundo a RAF, por avaria técnica…

Fontes:

Defense Industry Daily

The Independent

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | Deixe um comentário

Quid S8-23: Que local sagrado é este?

asasssa.jpg

Dificuldade: 3

Atenção: Réplicas lentas…

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 5 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade