Daily Archives: 2007/05/22

Sobre o acidente com o lançamento do foguetão brasileiro VLS e das causas do dito


(VLS, in http://upload.wikimedia.org)

Esta história chegou-me ao conhecimento quando visitava o Blog do 4rthur, e recordou-me a notícia da explosão do foguetão brasileiro VLS (Veículo Lançador de Satélites), nas instalações de Alcântara, no ano de 2003.

A explosão do foguete provocou então a morte de 21 técnicos, provocando uma séria machadada no programa espacial do Brasil, já que os principais técnicos e engenheiros do programa teriam falecido nesse acidente.

O VLS tinha sido desenvolvido no âmbito de uma parceria entre a Ucrânia e o Brasil, excluindo a participação dos EUA… E consta na teoria da conspiração que os EUA, ciumentos dessa exclusão teriam arranjado forma de detonar o VLS…

A tese baseia-se no facto de que haveria livre acesso à base brasileira de Alcântara por parte de técnicos norte americanos e resume-se a algo como isto “os EUA não vão nunca deixar surgir um novo concorrente no mercado comercial de lançamento de satélites”.

As suspeitas foram reforçadas pela presença de uma embarcação dos EUA junto à costa brasileira quando aconteceu a explosão do foguetão, segundo o Blog “Quebracuca“, “os sistemas de destruição foram acionados intencionalmente por um sinal transmitido aos 55,9 segundos de vôo por alguém fora do centro de lançamento de Alcântara”

A possibilidade de na base do acidente estar uma sabotagem foi negada, logo nas primeiras reacções daquele que era então o Ministro de Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos (ver AQUI uma parte desta notícia). Esta falha, teria sido a terceira sucessiva com os testes do VLS e na altura lançou muitas dúvidas sobre as suas origens…

Aquilo que mais se pode estranhar na tese da “Sabotagem” é o interesse que esta poderia ter. Afinal, hoje em dia, assistimos a uma grande multiplicação das potencias com capacidade de lançamento de satélites, e não poucas empresas privadas estão hoje a entrar no mercado e a ocupar fatias muito significativas do muito lucrativo mercado comercial de lançamento de satélites… Sendo assim, qual seria o interesse em travar a entrada nesse mercado de apenas mais um entre dezenas de concorrentes?

Aquilo que mais suspeitas de interferência dos EUA neste acidente foram as exigências impostas pelo gigante do Norte quando ao uso da base de Alcântara e que se traduziram:

1. Na imposição de condições de aluguer das instalações brasileiras aos EUA, como a determinação contratual de que a verba desse aluguer não pode ser gasta no programa espacial brasileiro

2. Na proibição de acesso a brasileiros das secções de Alcântara usadas pelos americanos.

3. Segundo aquele que era em 2001 (data da negociação do contrato) ministro da Ciência e Tecnologia, Ronaldo Sardemberg, ao negociar com os EUA o acordo para uso da base de Alcântara, os norte-americanos pretendiam que o Brasil desistisse do VLS.

Os defensores da tese da Conspiração acreditam que os EUA conheciam os códigos de sinalização para detonar antecipadamente o foguetão em pleno vôo. Naturalmente, estes códigos, emitidos via rádio, são secreto, mas com os meios de decifração suficientes, são passíveis de serem interceptados e decifrados… E a NSA dos EUA é a simplesmente a melhor agência do mundo nessa área…

Os EUA sempre encararam o domínio da tecnologia de foguetes pelo Brasil como uma ameaça estratégica, e ficaram particularmente furiosos com a venda de lançadores de foguetes Astros II ao Iraque (ver AQUI). Mas ainda antes disto tinham procurado bloqueado vender tecnologia de foguetões ao Brasil, quando na década de oitenta – em plena ditatura militar – já que o Brasil mantinha nessa época um programa nuclear, havendo inclusivé a convicção de que chegaram a existir algumas ogivas nucleares (ver AQUI), construídas “clandestinamente”, sem o aval da AIEA, mas desmanteladas em 1990, durante o governo do famigerado Fernando Collor de Mello ou ainda mais tarde, durante a presidência de José Sarney (ver AQUI). O receio dos EUA, e a fonte deste bloqueio subterrâneo e não-assumido nasceu precisamente deste receio de ver ascender uma ditadura militar nuclear e com capacidade de lançamento estratégico… Agora, com a Democracia solidamente implantada no Brasil o “bloqueio” é obsoleto, mas ainda parece existir de uma forma mais velada, mas desta feita para servir os interesses económicos das empresas americanas de lançamento de satélites… As quais estão muito interessadas em reduzirem o mais possível o número de concorrentes (assim como russos e europeus…) aproveitando essa velha política de bloqueio dos EUA…

A base brasileira de Alcântara é um sonho para qualquer lançador… Está tão perto do Equador que é aquela que no mundo, permite uma maior economia de combustível e esta foi a razão que levou os EUA a negociarem com o Brasil um contrato para lhes permitir o lançamento de foguetões a partir daqui.

Mais fontes:

http://absurdosturos.blogspot.com

http://www.cic.unb.br/docentes/pedro/trabs/alcantara.htm

http://www.mre.gov.br/portugues/noticiario/nacional/selecao_detalhe.asp?ID_RESENHA=9398&Imprime=on

http://www.defesanet.com.br/space/fsp_29_out_05.htm

Anúncios
Categories: Brasil, DefenseNewsPt, O Código da Vinci, SpaceNewsPt | 11 comentários

Repórter MovV (4): A Loja de Informática em Portimão que…

image_00046.jpg

… vende aceçórios (vê-se mal, mas está lá!) para telemóveis!

E que aparentemente… Não usa o Flip no seu processador de texto…

Categories: Repórter MovV | 3 comentários

Quid S8-30: Onde foi encontrado este artefacto?

ds0.jpg

Dificuldade: 4

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 8 comentários

Do Peso da Língua Portuguesa no Mundo

Esta lista interessante mostra a posição da língua portuguesa entre as línguas mais faladas em todo o mundo:

1 CHINESE, MANDARIN [CHN] China 885,000,000
2 SPANISH [SPN] Spain 332,000,000
3 ENGLISH [ENG] United Kingdom 322,000,000
4 BENGALI [BNG] Bangladesh 189,000,000
5 HINDI [HND] India 182,000,000
6 PORTUGUESE [POR] Portugal 170,000,000
7 RUSSIAN [RUS] Russia
170,000,000

Os portugueses estão habituados a considerarem-se um “pequeno país”, sem lugar relevante no mundo e sem grande papel no futuro desenrolar das coisas… Mas a nossa língua, a importância da língua para a Cultura de uma nação e a posição de crescente importância do Brasil no mundo podem transformar Portugal numa potencia mundial assim este saiba cumprir o voto de Fernando Pessoa de “a minha pátria é a língua portuguesa” e se possa também cumprir o voto de Agostinho da Silva de um reencontro desses irmãos desavindos que são o Brasil e Portugal…

Fonte:

http://web.archive.org/web/19990429232804/www.sil.org/ethnologue/top100.html

Categories: Movimento Internacional Lusófono | 10 comentários

Da contrafacção de Medicamentos

Desde há muito tempo que se sabe da existência de um próspero – e mortal – mercado negro dos medicamentos, onde frutificam várias indústrias de medicamentos falsos, frequentemente perigosos para a saúde, quer porque são puros placebos, quer porque os compostos químicos que os compõem são simplesmente… perigosos.

Em África, esta perigosa “indústria da Morte” está especialmente activa na Nigéria, mas no mundo, a maior fonte destas contrafacções está na China… Eu sei… Alguns dos leitores vão comentar “lá está ele de novo a dizer mal da China”.

Mas as notícias não são inventadas pelo “Quintus” e provêm até das fontes mais insuspeitas, como o prestigiado “International Herald Tribune” que serve de fonte a este Post…

É verdade que o governo chinês é implacável com os empresários destas fábricas, quando os captura e não hesita em recorrer às formas mais extremas de punição, como a pena de morte (a qual rejeito, aliás). Mas são raros os casos que são detectados e travados, tal é a escala da corrupção existentes nos baixos escalões da polícia chinesa e tamanho é o lucro obtido por estes empresários nestas actividades… E um fenómeno está ligado ao outro, naturalmente…

Na verdade, esta multiplicação de contrafacções de medicamentos oriunda da China radica no ponto mais essencial da maneira chinesa de lidar com a Globalização: não importa produzir com a maior qualidade, mas sob o mais baixo preço possível. Isto produz outro fenómeno: erros industriais massivos resultantes da existência de fracos mecanismos de controlo de qualidade que produzem erros trágicos como aquele que recentemente no Panamá depois de uma importação de 260.000 garrafas de medicamento para a constipação resultou em cerca de 400 mortos…

O fenómeno destes xaropes falsificados (glicerina falsificada, “diethylene glycol”) está muito subavaliado, já que a maioria das mortes ocorrem no Terceiro Mundo longe de redes de Saúde e a maioria das vítimas nem chega a contactar um médico. Recentemente, foram registados vários casos no Bangladesh, no Haiti, na Argentina, na própria Nigeria até na India, outra fonte conhecida de contrafacção de medicamentos.

Quer intencionalmente, seguindo a nova Cartilha do Partido Comunista que manda enriquecer, e seguindo-a ainda mais além, interpretando-a como “enriquecer a qualquer custo”, quer por erro, através de processos industriais defeituosos, a China configura-se como o exemplo mais perfeito de um modelo industrial que procura satisfazer o mercado produzindo com o mais baixo custo possível, desprezando frequentemente as consequências que daqui possam advir…

Fontes:

International Herald Tribune

The New York Times

Categories: Política Internacional, Sociedade, Wikipedia | 3 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade