150 milhões de Zombies activos no mundo!… Computadores Zombies, quero eu dizer…

(http://lab.iulm.it)

Um dos “pais fundadores” da Internet, Vinton Gray Cerf um dos criadores do protocolo TCP/IP, recentemente, no “World Economic Forum”, na Suíça declarou que dos 600 milhões de computadores ligados à Internet, cerca de 150 milhões seriam membros involuntários de uma “Botnet“, composta por programas instalados sem conhecimento dos seus utilizadores e que seriam usados como Proxies para envio massivo de spam ou correio não-solicitado para os… restantes 450 milhões… Ou seja, havendo cerca de dois milhões de computadores em Portugal, teremos por aí uns 250 mil infectados com esta bicharada e escravizada pelos falsários e parasitas deste mundo que espalham Spam e Spyware pela Internet…

Estes computadores “escravizados”, também conhecidos como “zombies” são utilizados em esquemas ilegais, por spammers e em fraudes massivas. Em 2006, a empresa de segurança BlueSecurity foi atacada por um batalhão de “zombies” e a identidade do atacante nunca chegou a ser conhecida sendo o site da empresa completamente afundado durante algum tempo. Na verdade, actualmente, os botnets são a maior ameaça a qualquer rede informática ou site na Internet. A anonimidade que garantem, já que o ataque decorre a partir de uma multidão de máquinas que desconhecem que estão a ser usadas para essa função torna difícil, ou mesmo impossível, a identificação da origem e da identidade dos atacantes… Estes, frequentemente, deixam os “bots” nas máquinas que infectaram inactivos durante meses, aguardando pacientemente, pela data de activação, e quando esta ocorre, é muito difícil o ponto focal da infecção… Especialmente porque por vezes este é indirecto em terceira, quarta ou mesmo mais intermediação…

Aqui, como em tantas outras ocasiões, a chave reside na formação e educação dos utilizadores. Com a multiplicação do número de computadores pessoais e sobretudo com a quase transformação destes em “electrodomésticos” são cada vez mais aqueles que utilizam computadores e que nada compreendem do uso dos mesmos, e sobretudo, dos riscos ao seu próprio património que estes representam se a sua segurança fôr comprometida e se os seus dados pessoais forem assim expostos aos livres desígnios de falsários e criminosos cibernéticos… São ainda comuns, as máquinas sem qualquer anti-virus, ou com anti-virus desactualizados… Felizmente, a Microsoft incluiu agora a partir do XP uma firewall (activa a partir do SP2), o que reduziu o universo de máquinas expostas ao bel prazer destes cibercriminosos… Mas é ainda evidente que nem mesmo se todos os computadores tivessem uma firewall e um antivirus activos e actualizados isso não serviria de nada se o utilizador não soubesse o que está a fazer e não abrisse cada anexo suspeito recebido por email, cada programa que lhe surge na navegação em sites mais ou menos estranhos, etc, etc… E isto nunca será possível garantir…

E se… Cerca de 1/4 de todos os computadores estão infectados com Spyware… Isso quererá dizer que um quarto dos leitores deste texto partilham o seu computador com… Quem?

Fonte: TechRepublic

Categories: Informática | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “150 milhões de Zombies activos no mundo!… Computadores Zombies, quero eu dizer…

  1. Lembrei-me de um texto de Hakim Bey, chamado “Sedução dos Zumbis Cibernéticos“, você conhece?

  2. Rui, o wordpress aceita redirecionamento de links para domínios próprios (como movv.org)? Como se faz?

  3. Nope… Mas vou dar uma “olhada”, como vocês dizem por aí…
    E sim, é fácil. Basta comprar primeiro um domain (no meu caso o movv.org), depois usar a opção de “melhoramentos” do dashboard do wordpress e em domains adicionar o primeiro (depois de ter colocado aqui os dados dos ns do wordpress, claro). Aqui explicam melhor: http://en.forums.wordpress.com/topic.php?id=4766&page&replies=2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: