150 milhões de Zombies activos no mundo!… Computadores Zombies, quero eu dizer…

(http://lab.iulm.it)

Um dos “pais fundadores” da Internet, Vinton Gray Cerf um dos criadores do protocolo TCP/IP, recentemente, no “World Economic Forum”, na Suíça declarou que dos 600 milhões de computadores ligados à Internet, cerca de 150 milhões seriam membros involuntários de uma “Botnet“, composta por programas instalados sem conhecimento dos seus utilizadores e que seriam usados como Proxies para envio massivo de spam ou correio não-solicitado para os… restantes 450 milhões… Ou seja, havendo cerca de dois milhões de computadores em Portugal, teremos por aí uns 250 mil infectados com esta bicharada e escravizada pelos falsários e parasitas deste mundo que espalham Spam e Spyware pela Internet…

Estes computadores “escravizados”, também conhecidos como “zombies” são utilizados em esquemas ilegais, por spammers e em fraudes massivas. Em 2006, a empresa de segurança BlueSecurity foi atacada por um batalhão de “zombies” e a identidade do atacante nunca chegou a ser conhecida sendo o site da empresa completamente afundado durante algum tempo. Na verdade, actualmente, os botnets são a maior ameaça a qualquer rede informática ou site na Internet. A anonimidade que garantem, já que o ataque decorre a partir de uma multidão de máquinas que desconhecem que estão a ser usadas para essa função torna difícil, ou mesmo impossível, a identificação da origem e da identidade dos atacantes… Estes, frequentemente, deixam os “bots” nas máquinas que infectaram inactivos durante meses, aguardando pacientemente, pela data de activação, e quando esta ocorre, é muito difícil o ponto focal da infecção… Especialmente porque por vezes este é indirecto em terceira, quarta ou mesmo mais intermediação…

Aqui, como em tantas outras ocasiões, a chave reside na formação e educação dos utilizadores. Com a multiplicação do número de computadores pessoais e sobretudo com a quase transformação destes em “electrodomésticos” são cada vez mais aqueles que utilizam computadores e que nada compreendem do uso dos mesmos, e sobretudo, dos riscos ao seu próprio património que estes representam se a sua segurança fôr comprometida e se os seus dados pessoais forem assim expostos aos livres desígnios de falsários e criminosos cibernéticos… São ainda comuns, as máquinas sem qualquer anti-virus, ou com anti-virus desactualizados… Felizmente, a Microsoft incluiu agora a partir do XP uma firewall (activa a partir do SP2), o que reduziu o universo de máquinas expostas ao bel prazer destes cibercriminosos… Mas é ainda evidente que nem mesmo se todos os computadores tivessem uma firewall e um antivirus activos e actualizados isso não serviria de nada se o utilizador não soubesse o que está a fazer e não abrisse cada anexo suspeito recebido por email, cada programa que lhe surge na navegação em sites mais ou menos estranhos, etc, etc… E isto nunca será possível garantir…

E se… Cerca de 1/4 de todos os computadores estão infectados com Spyware… Isso quererá dizer que um quarto dos leitores deste texto partilham o seu computador com… Quem?

Fonte: TechRepublic

Categories: Informática | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “150 milhões de Zombies activos no mundo!… Computadores Zombies, quero eu dizer…

  1. Lembrei-me de um texto de Hakim Bey, chamado “Sedução dos Zumbis Cibernéticos“, você conhece?

  2. Rui, o wordpress aceita redirecionamento de links para domínios próprios (como movv.org)? Como se faz?

  3. Nope… Mas vou dar uma “olhada”, como vocês dizem por aí…
    E sim, é fácil. Basta comprar primeiro um domain (no meu caso o movv.org), depois usar a opção de “melhoramentos” do dashboard do wordpress e em domains adicionar o primeiro (depois de ter colocado aqui os dados dos ns do wordpress, claro). Aqui explicam melhor: http://en.forums.wordpress.com/topic.php?id=4766&page&replies=2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

%d bloggers like this: