O “Scotty” da Star Trek foi colocado em órbita… Ou pelo menos uma parte dele…

Um foguetão construído por uma empresa privada americana colocou no Espaço uma série de cargas, entre as quais a mais notável de todas… As cinzas do “Scotty” do Star Trek (James Doohan) e o astronauta das missões “Mercury” Gordon Cooper, entre as cinzas de outras 200 pessoas. O lançamento destas cinzas foi organizado pela “Celestis Incorporated“, uma empresa de Houston, EUA, uma empresa de que falaremos mais, num próximo Post…

O foguetão “SpaceLoft XL” alcançou a trajectória suborbital pretendida, transportando as cinzas destes dois notáveis e um conjunto de 44 experiências científicas de jovens estudantes de vários países, desde os EUA até à Holanda.

O foguetão mede apenas 6 metros de altura, tem único estágio e usa combustível sólido para alcançar uma altitude máxima de 225 Km com uma carga útil de 25 Kgs.

O primeiro lançamento do SpaceLoft XL correu mal, caindo no solo após apenas 90 segundos de vôo (sorte para o “Scotty” não ter tido tão inglório final…), mas as correcções aerodinâmicas corrigiram a causa do problema.

Hum… Onde é que pûs mesmo o rascunho do meu testamento?

Fonte: Space.com

Categories: SpaceNewsPt | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “O “Scotty” da Star Trek foi colocado em órbita… Ou pelo menos uma parte dele…

  1. tansformarmos-nos em poeira das estrelas. Soa bem.
    abraço

  2. Impressionante… A isso é que se chama eternidade infinita

  3. Bem… Infelizmente, não somos “nós”… É para aí uma… grama de nós, já que este “pacote de viagem definitivo” só permite o envio para o Espaço de uma grama de cada vez… Por isso… É melhor perder peso rapidamente!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: