A China é a segunda maior fonte mundial de… SPAM

Segundo a revista BusinessWeek, uma das maiores exportações da China é actualmente… o Spam, ou correio electrónico não solicitado. A China somente é ultrapassada nesta tão “honrosa” estatística pelos EUA, o líder incontestado nesta área…

Segundo Danny Lavinson, um representante da organização internacional “The Spamhaus Project” que estabeleceu uma filial na China em 2004, esta é a maior fonte de Spam na Ásia e é responsável por milhões de dólares de perdas diárias de produtividade pelo tempo que as vítimas deste tipo de correio electrónico não-solicitado (SPAM) gastam a depurar as mensagens de SPAM entre as legítimas, um problema que agora se estende para além do tradicional correio electrónico e que agora abrange também sectores novos como o SMS o VoIP (como o SkyPe).

Embora segundo Lavinson o governo chinês esteja alertado para o problema, colaborando activamente com a Spamhaus, o problema não tem parado de crescer… Especialmente porque algumas empresas chinesas que enviam spam massivo não estão interessadas em colaborar devido a contratos de SPAM muito lucrativos e a ISP locais moralmente neutros ou mesmo activamente participativos neste processo que tem cada vez mais consumido patamares crescentes de largura de banda e que se arrisca a entupir a Internet com lixo não-solicitado em troca do logro cometido a alguns utilizadores inocentes que continuam a existir e que alimentam este grande monstro que é o…

SPAM.

Fonte: BusinessWeek

Categories: Informática | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “A China é a segunda maior fonte mundial de… SPAM

  1. É realmente um desespero o spam, a quantidade de tempo que perdemos em tentar anulá-lo mesmo tendo bons programas anti-spam e sabendo todos os truques para bloquear remetentes de mail.

    E claro…lá tinham que estás os chineses metidos no assunto…lol

    Ps – Acho que este post ainda vai dar que falar..hehe

  2. Pois claro, China e EUA na cabeça do que nos aborrece. Este lixo que tanto gostam de produzir até ao nível informático… 🙂 Bom artigo
    Abraço

  3. Golani

    o Gmail anula bastante bem o spam

    já agora alerta tb para os “Nigerian Money Scams”

    Net: Esquema baseado em ‘dinheiro ao quilo’ vindo de África
    Economista e-burlada

    http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=239975&idCanal=10

  4. Acho que os numeros devem ser metidos em contexto. A china já è também um dos maiores mercados de internet do mundo. Adicionando o facto de toda a internet nacional chinesa estar filtrada por motivos de censura, è normal que o spam para a china seja oriundo da china. O que tem um grande impacto nos numeros globais. Quanto ao que me chega a casa è sobretudo americano e leste-europeu.
    Uma menção honrosa à DECO que è a maior fonte de spam português na minha caixa de correio.

  5. Ka: Os chineses estão a piorar neste domínio, mas creio que os EUA ainda são o líder mundial… E tb já li algures que até o nosso Portugal era uma das maiores fontes europeias de Spam!

    Golani: Hehehehe, eu sabia que este post te haveria de chamar a atenção 😉 É verdade, esquemas desses há-os aos milhões… E agora até já aparecem no SkyPe, como vi ontem á noite… E ontem, também, recebi um no gmail (funciona muito bem, mas não é perfito) que era uma variação destes… VInha dos Camarões…

    JG: E russo, agora tem-me chegado muito, por causa dos motores de anti-spam serem incapazes de lidar devidamente com o círilico… Quanto à DECO… Sim,. tb tenho disso! Aliás, tenho uma assinatura que queria cancelar mas a qual os tipos insistem em manter (em casa de ferreiro…)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: