Daily Archives: 2007/04/10

Hoax (?): A Google Lunar (“Copernicus Center”)

Não se sabem, mas o Google já oferece há algum tempo um serviço de mapas da… Lua (ver AQUI). Nos mapas lunares, encontramos todos os locais das aterragens lunares da NASA do programa Apollo. O site, que utiliza fotografias disponibilizadas pela NASA tem marcadores para cada aterragem Apollo e foi criado para homenagear a primeira missão do programa, realizada em 20 de Julho de 1969.

Mas o mais intrigante desta “abordagem lunática” da Google não fica por aqui… Imerso algures no site deste gigantesco motor de busca encontramos também um estranho convite à inauguração de um centro de pesquisa da Google na… Lua!

Segundo a Google, o centro será construído na Cratera Copernicus e receberáo nome de “Copernicus Center”. Deverá estar guarnecido por 35 engenheiros e 27 mil servidores. O recrutamento destes engenheiros já começou e podem candidatar-se todos aqueles que completarem os 18 anos até 1 de Abril de 2007 enviando um e-mail para lunarjobs@google.com. Hum. Espera aí! Um de Abril?! Okokokokok.

Não sei mesmo se se trata de um Hoax… Muito se escreve na Net sobre este “Copernicus Center”…

Enviem um mail para este endereço (sim! todos aqueles de vós que têm pelo menos 18 anos! 😉 ) e serão brindados com esta resposta automática:

Thank you for contacting Google about our Copernicus Research Center.

We’ve received an overwhelming response to this opportunity and are not currently accepting additional resumes. We will, however, keep your information on file should we have an opening in the future. At the current staffing levels, we anticipate that we may need additional applicants on or around April Fool’s Day in 2104. Until then, we appreciate your interest in Google and your taking the time to write us.

Sincerely,

The Googlunar Recruiting Team

Onde todas as possibilidades de isto não ser um Hoax se…

Esfumam! (April Fool’s Day in 2104)

Apesar disso o site do Google Lunar Maps continua a referir o dito “Copernicus Center”:

“Glad you asked, and yes, the development of our lunar hosting and research center continues apace. We usually don’t announce future products in advance, but in this case, yes, we can confirm that on July 20th, 2069, in honor of the 100th anniversary of mankind’s first manned lunar landing, Google will fully integrate Google Local search capabilities into Google Moon, which will allow our users to quickly find lunar business addresses, numbers and hours of operation, among other valuable forms of Moon-oriented local information.”

E então? Será que é mesmo um Hoax?

Provavelmente, só saberemos a resposta, lá por 2069… Isto é, quando todos já formos… Tijolo.

Fonte: http://www.google.com/jobs/lunar_job.html

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Justiça, SpaceNewsPt | 4 comentários

sQuid S2-29: Que carro é este?

sy.jpg

Categories: Quids S6, sQuids S2 | 7 comentários

Máxima…

“Passamos a vida a tentar mudar o homem com quem nos casámos. E quando o conseguimos fazer, queixamo-nos de que “já não conheço o homem com quem casei””

Filme de que cujo título já não me recordo…

Categories: Máximas | 2 comentários

Quid S8-1: Que jogo é este?

eeee1.jpg
Dificuldade: 2

Categories: Quids S8, sQuids S2 | 7 comentários

Algumas pequenas dicas para o MOC2272…

1. Sharing: Podemos ter Home Directories de Users num share de rede, sem usar Roaming Profiles.

2. Sharing: Ler bem a pergunta… “Shared Folder” refere-se a Share Permissions e “Folder” ou “NTFS” às ACLs(ACEs) de cada pasta e estas podem ser completamente diferentes…

1. Ambiente: Para suportar Diacritical Marks no XP, temos que adicionar o suporte para o U.S. Keyboard.

2. Ambiente: Na Local Security Policy existe um parâmetro que pode permitir ou proibir a formatação ou eject de um Removable Media.

3. Ambiente: As FilterKeys vão ignorar breves ou repetidas séries de keystrokes.

1. Fax: Só os Fax Modem que suportam Adaptive Answer podem ser usados simultaneamente para Dial-Up e para recepção de Faxes.
1. Security: O utilitário C2config.exe pode ligar o “Halt on Audit Failure” que impede um logon quando o Security log alcança um dado tamanho. A partir daí só um local administrator é que pode logar e limpar o dito log. De seguida, esse administrator deve correr novamente o c2config.exe de forma a colocar o CrashOnAuditFail a 1

2. A Default Domain Policy só se aplica a contas de Domain. Contas locais criadas na SAM dos XPs não serão afectadas por estas policies, apenas serão afectadas Domain User Accounts.

1. Offline Files: O CSC permite que network users acedam a ficheiros em network shares, mesmo quando estão desligados da rede. Os Offline Files têm uma folder structure que está escondida por default e que não deve ser modificada directamente. O utilitário cachemov.exe pode mover a CSC para um novo disco, mas os utilizadores devem ter permissões para escrever na root do disco. Se o ficheiro temporário não puder ser criado, os ficheiros offline nunca ficarão sincronizados com o servidor.

2. Offline Files: Para garantir que os portable clients possam trabalhar offline quando estão desconectados. Em Folder Options:Advanced e “When a network connection is lost”, seleccione “Notity me and begin working offline”. Esta é a opção de Default.

3. Offline Files: O Fast User Switching é incompatível com o uso de Offline Folders.

4. Offline Files: Na GPO para Computer Configuration\Administrative Templates\Network\Offline Files consta uma lista de ficheiros que não pode ser usada em Offline. Esta policy overrides a lista de default para estes ficheiros que inclui:

.slm (MS Source Library Management File)

.mdb .ldb .mdw .mde (MS Access files)

.pst (PSTs de Outlook)

.db? (Base de dados genéricas)

5. Offline Files: Quando se pretende que uma Tasks de sincronização não corra quando um laptop está em modo de baterias podemos usar a Schedule tab do Synchronization Settings Dialog Box para editar as propriedades dessa task e no Power Management seleccionar o “Don´t start the task if the computer is running on batteries”.

1. EFS: O XP não permite a compressão de ficheiros encriptados. Sempre que um ficheiro comprimido é encriptado ele perde o seu estado de compressão, e sempre que um ficheiro encriptado é comprimido, perde o seu estado encriptado.

2. EFS: É possível impedir o uso do EFS num XP. Para isso devemos aceder à Local Security Policy e desmarcar o “Allow users to encrypt files using Encrypt File System (EFS)”.

3. EFS: Existe uma GPO para forçar o “encrypt the offline files” de forma a garantir que estes estão encriptados no local computer.

4. EFS: Se um administrator remover ou mudar a password de uma user account, a user account vai perder todos os ficheiros EFS, os personal certificates e as stored password para web sites e network resources. Cada utilizador deve crira um Password Reset Disk para evitar esta situação. Para criar um Password Reset Disk, abra o User Accounts e, sobre Related Tasks, clicar “Prevent a forgotten Password.” O Wizard vai então criar uma disquete de Password Reset.

1. WINS: Não é preciso usar um WINS Proxy numa rede Windows. Um WINS Proxy é usado para permitir que clientes Não-Windows (como UNIX) possam usar um WINS server.

2. WINS: Se um XP precisar de aceder a um NT4 Server terá que usar o seu NetBIOS name. Estes são resolvidos por WINS Servers e devem conter o registo para os NT4 Servers que servem.

1. Networking: Se um utilizador de um Share de rede introduziu mal uma password e se agora não lhe é pedido novo username-password ao aceder novamente a esse share, deve ser usado o comando: net session \\server /delete para encerrar a sessão com esse servidor e fechar todos os ficheiros abertos nessa sessão.

2. Networking: Quando há uma ligação VPN o comando: Route -add permite adicionar rotas da zona IP local e permitir assim a comunicação do Branch Office com a sede e simultaneamente a comunicação inter-máquinas no Branch Office.

3. Networking: O service QoS Packet Scheduler permite que utilizadores e aplicações específicas possam ter uma prioridade mais alta na packet queue.

4. Networking: Quando um Trace mostra um loop entre dois routers isto indica que existe neste Router um erro de configuração. Os pacotes são enviados para um IP de um router e para outro, e regressam de novo ao primeiro, até chegar ao limite máximo de routers.

1. NTFS: Só os membros do grupo local Administrator podem usar a característica de “Mount Volume on a Folder”. O disco de destino também tem que ser NTFS e a pasta tem que estar vazia.

2. NTFS: Quando se dá ordem de executação do convert para NTFS no próximo boot esta só pode ser abortada apagando no registry a entrada autocheck autoconv\??\X: /FS:NTFS em HKLM\CurrentControlSet\Control\Session Manager.

1. WFP: O System File Checker do WFP só pode ser corrido por um local administrator.

1. IE: First-party cookies são cookies que estão associadas ao host domain. Third-party cookies, são cookies que estão associadas a outros domains.

1. Driver Signing: A opção de Driver Signing que permite o load de unsigned drivers é user base. Tem que ser marcada em cada utilizador que vai usar – por exemplo – uma impressora USB.
1. Bluetooth: Tipicamente, um Bluetooth-enabled computer será capaz de descobrir outros devices. Mas, se quisermos criar uma PAN (Personal Area Network) com vários computadores temos que colocar um em Discovery Mode. Por Default, o Discovery Mode não está ligado no SP2, porque um device discoverable é menos seguro que um que não seja discoverable.
1. Printers: Se criarmos uma Impressora separada e permitirmos que somente os membros de um grupo possam imprimir na nova impressora, podemos usar as print priorities para garantir que os seus print jobs tomam precedência sobre os restantes que estão parados aguardando por um tamanho de papel que está esgotado na impressora.
1. Performance: Se um disco onde está o pagefile.sys está quase cheio está certamente muito fragmentado e este pagefile deve ser movido para outro disco – se disponível – de forma a aumentar o desempenho do sistema.

2. Performance: Quando um rato selecciona vários items e em consequência o sistema fica lento, podemos desmarcar em System Performance a opção para “Show Translucent”.

1. Backups: Só os Backup Operators podem ver Tape Devices no RSM

1. Monitors: Só um local administrator é que pode mudar o Refresh Rate de um monitor.

2. Multiple Displays: Para que haja suporte para o Multiple Display (2 monitores) ambos os video adapters têm que constar no Device Manager. E o VGA support deve estar desabilitado no segundo de forma a acomodar monitores multiplos.

1. Plug-and-Play: Por Default, o Device Manager não mostra os drivers de devices que não sejam plug-and-play. Devem ser assim vistos no “Show Hidden Devices” do menu View e só assim poderão ser desabilitados.

1. Remote Access: O Netsh.exe pode ser usado para gerir vários serviços de rede. Pode, por exemplo, ser usado para monitorizar o acesso a Remote Access Server via PPP, com o comando “netsh set ras tracing”, (o PPP logging está desabilitado por default).

2. A “Wait for Remote User Profile” policy permite que o sistema espere que a cópia remota do roaming user profile carregue, mesmo quando o seu carregamento é lento. Se desabilitar esta policy ou não a configurar, então quando um remote profile é lento no seu carregamento, o sistema vai carregar uma cópia local do roaming user profile.
1. USB: Normalmente, temos que ligar Printers e External USB disk a um Self-Powered USB bus porque eles precisam de até 500 mA de power e o bus-powered USB hub só fornece até 100 mA por port. Só o Self-Powered USB bus é que pode oferecer este nível de potencia porque possuia uma fonte externa de electricidade que pode suportar até 400 mA por port.

1. Dynamic Disks: Não é possível fazer um Extend a discos C:, porque quase sempre eles contêm uma System ou uma Boot Partition.

1. RIS: Quando queremos que o Client Installation Wizard mostra várias opções de linguagens devemos usar o Welcome.osc (OSC: Operation System Chooser).

2. RIS: Um Answer File de uma instalação RIS não pode perguntar por um driver SCI (F6) já que contêm apenas respostas para a parte gráfica do setup.

1. Remote Assistance: Num ambiente corporativo, o Windows Messenger pode ser configurado para usar Exchange 2000/2003 em vez do .NET Passport e assim ser usado para enviar convites de controlo remoto.

1. Se usarmos o FrontPage para gerir permissões, este vai mudar qualquer ACL existente, fazendo-lhe um reset. Se queremos usar permissões específicas para ficheiros e pastas temos que usar a opção “Manage permissions manually” no Frontpage.

2. Upgrades: Se queremos fazer um Upgrade para XP temos que arrancar com esse OS e inserir o CD do XP e correr o setup a partir daí. Arrancar pelo cd-rom e escolher o mesmo directório onde está instalado o 98/Me/2000 não será suficiente.

Categories: MCSE: MOC2272, Quids S3 | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade