Backups

1. Os utilizadores membros do Administrators e do Backup Operators podem fazer backup a todos os ficheiros que estejam num XP. Se um user não é mebro de um desses grupos terá que ser o owner desses ficheiros e pastas para poder fazer backup deles.

2. O user pode fazer backup a ficheiros de que seja:

Read ou

Read and Execute ou

Modify ou

Full Control

3. Só membros do Administrators é que podem fazer backup ao System State.

4. O System State só pode ser alvo de um backup no local computer

5. Tipos de Backups:

Normal: Backup de todos os ficheiros e pastas seleccionados. O mais compreensivo, mas também o mais lento.

Copy: Copiar toda a selecção

Differential: Backup a tudo o que mudou desde o último Normal. Se cria um Normal e uma semana depois cria um Differential e depois, noutra semana, outro Differential pode recuperar-se todos os dados usando o Normal e o último Differential. O primeiro pode assim ser descartado.

Incremental: Backup de todos os dados que foram mudados desde o backup mais recente (normal ou incremental). Se se faz um Normal e depois 3 Incrementais, para se repôr toda a máquina terá que se repôr todos os 4.

Daily: Backup de tudo o que mudou durante o dia.

6. O NTFS5 oferece o Change Journal Attribute que vai além do archive bit e regista também alterações em permissões e mudanças de um nome de um documento.

7. Porque não fazer um Normal Backup e depois backups incrementais até ao final dos tempos? Porque os incrementais levam mais tempo a recuperar que um backup diferencial. Imagine recuperar uma máquina que teve um normal backup há um ano e que depois teve um incremental por semana. Se tiver que recuperar o sistema em caso de catástrofe, terá que restaurar o normal backup mais 51 backups incrementais. Assim, deve-se equilibrar entre o custo de tempo de um backup contra o custo de tempo de recuperação.

Anúncios
Categories: MCSE: MOC2272, Quids S3 | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: