Um “meio sucesso” no segundo lançamento do Falcon 1 da SpaceX

Depois de alguns desaires, a SpaceX (a empresa criada pelo fundador reformado do PayPal) conseguiu lançar o seu primeiro lançador de satélites. O sucesso ocorreu na base da empresa no Pacífico Sul e enviou para o Espaço o foguetão Falcon 1. O vôo, contudo, não foi isento de dificuldades, já que depois de 5 minutos de ascensão, ocorreu um problema com o segundo estágio do foguete, desligando-se este antes do previsto, quando o foguetão começou a girar sobre si mesmo. Assim, o Falcon 1 não conseguiu alcançar velocidade orbital…

Apesar deste problema (que reflecte que a SpaceX continua com problemas sérios com os motores do Falcon 1, como tinha já sucedido no teste anterior, em 2006), a SpaceX demonstrou grande satisfação com os resultados deste lançamento, já que demonstrou a capacidade operacional do seu lançador.

A SpaceX oferece preços de lançamento, 20% inferiores aos do concorrido mercado de lançamento de satélites (um lançamento do Falcon 1, custa menos de 7 milhões de dólares) e estes fracassos e sucessos moderados resultam do uso de tecnologia completamente nova e ainda não testada, assim como do facto de este ser o primeiro foguetão construído pela empresa americana…

Este sucesso “moderado” do Falcon 1 é vital para manter a SpaceX no programa de envio de cargas para a Estação Espacial Internacional (ISS), já que este está orçamentado em mais de 278 milhões de dólares… E que a empresa concorre também ao contrato da NASA de envio de tripulações para a ISS com a sua cápsula (em desenvolvimento) Dragon, um contrato estimado em mais de 400 milhões de dólares… Se a SpaceX não conseguisse demonstrar a sua capacidade em construir um foguetão minimamente fiável não conseguiria alinhar com a concorrência na oferta de respostas a estes contratos da NASA e o seu futuro estaria em sério risco… Parece que essa ameaça está para já afastada.

Fonte: New Scientist

Categories: SpaceNewsPt | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: