Lost: S0302 (Season 3, episódio 2) “The Glass Ballerina”

(Locke olhando para dentro do…. Galaga… Num epísodio que tão cedo não passará em Portugal!)

O episódio S0302 tem como título “The Glass Ballerina” e gira em torno da tentativa de Sayid, Sun e Jin de encontrarem os Outros depois de terem acendido uma fogueira para os chamar.

1. O primeiro detalhe relevante para a solução dos mistérios de Lost é a cena onde o líder dos “Outros” mostra a Jack uma gravação dos Red Sox vencendo o mundial desse desporto escalifobético chamado “Futebol Americano”. Este acontecimento indica uma de duas coisas: ou que os Outros recebiam sinal de televisão do mundo exterior (o que parece certo, dado o enredo do episódio S0311) ou receberam uma cassete com a gravação, num dos contactos que parecem manter por barco com o mundo exterior. De uma forma ou de outra, este é mais um índicio claro de que o mundo exterior existe… está lá fora, e que os Outros mantêm (ou mantiveram até antes da explosão da Estação Cisne) contactos com o mundo exterior.

2. Ben, no exterio da cela de Jack enquanto conversava com Juliet, é abordado por Colleen que o avisa de que Sayid tinha encontrado a falsa “cidade” dos Outros, o que não o preocupa grandemente (“era o previsto”, afirma), mas fica muito preocupado quando esta lhe conta que Sayid tinha um barco… Ben exige que Collen reuna um grupo de assalto e que capture o barco. Porquê esta urgência? O episódio da “fuga autorizada” de Michael e do filho parecem indicar que existe um caminho efectivo para fora de Ilha, e que os Outros o podem usar sempre que necessário… Mas Desmond afirma que tinha tentado sair da Ilha, sempre sem sucesso… Isso significa que existe apenas uma única rota para fora da Ilha, e logo, uma efectiva possibilidade para a deixar de barco, se esta fôr conhecida… É contra esta remota, mas clara, possibilidade que se move Ben… Desde o começo que suspeito que a Ilha se encontra imersa numa grande anomalia gravitacional… Será que este canal de saída, é uma espécie de wormhole para o exterior? E que no resto do perímetro da Ilha o espaço é circular, fechado sobre si mesmo, conduzindo quem por lá passar ao ponto inicial, numa espécie de donut espacio-temporal infinito, tendo a Ilha (e o fenómeno que gera a anomalia) no seu centro geográfico?

3. Ben visita Jack, na sua cela e apresenta-se formalmente como “Benjamim Linus” e afirma muito claramente “sempre vivi nesta ilha”. Sendo assim… Será que os Outros pertencem a uma espécie de “ocupantes originais” da Ilha, que foram depois, visitados pela Dharma Initiative e eventualmente, combatidos por esta? Serão os Outros, os descendentes dos construtores da estátua ciclópica que os sobreviventes descobrem na costa quando percorrem a Ilha? Ou será que são todos, Ben incluído, crianças de grupos de sobreviventes (como os do navio esclavagista, do Vôo 815 e outros) que tenham caído na ilha? Juliet (spoiler) parece ser uma espécie de excepção, já que foi recrutada pela Dharma… Ou pelos Outros, fazendo-se passar pela Dharma, claro…

4. Ben diz a Jack que a data actual é 29 de Novembro de 2004… Uma data no passado, em relação ao momento das filmagens. Isto coloca toda a timeframe de Lost no passado recente… Ou seja, ou o tempo avança rápidamente, ou o desfecho da série não será de forma a afectar o mundo, ou seja, aquelas ameaças de que algo na Ilha poderia provocar o fim do mundo (um colapso gravitacional?) não se concretizarão, já que a narrativa decorre no passado e que o mundo até hoje… não acabou…

5. O submarino que o grupo de assalto dos Outros usa para abordar o iate onde estão Sayid, Sun e Jin, chama-se “Galaga”. O Dae certamente que sabe do que se fala aqui… Já que é um jogo de arcade (ver AQUI) lançado em 1981 pela 1981 (o mesmo autor do conhecido que Midway, que até eu joguei nas máquinas lá pelos idos de 80s…) Na época, o Galaga era um dos jogos mais populares e certamente que era conhecido pelo pessoal da Dharma na época em que se deu a interrupção do contacto entre o mundo exterior e a ilha, precisamente por volta dessa época… O uso de um submarino foi determinante para o sucesso da aproximação furtiva ao iate, apanhando Jin completamente de surpresa…

Categories: Ciência e Tecnologia, LOST (Perdidos) | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “Lost: S0302 (Season 3, episódio 2) “The Glass Ballerina”

  1. Mais uma vez uma excelente análise do episódio. No entanto, quero só chamar a atenção para dois pontos. Os Boston Red Sox são uma equipa de Baseball e não de Futebol Americano; Esta equipa não ganhava o campeonato do mundo desde 1918, falando-se numa maldição sobre os Red Sox, por isso é que Jack se riu e não acreditou quando Ben lhe disse que os Red Sox tinham ganho o campeonato do mundo. Os Boston Red Sox ganharam de facto em 2004 quando na final a 7 partidas estavam a perder 3-0 e conseguiram dar a volta para 4-3. Ora as imagens dos Red Sox campeões só podiam ser verdadeiras em 2004 porque anteriormente só em 1918 é que isso tinha acontecido.
    Quanto à questão da urgência em retirar o barco a Sayid, penso que não seria tanto pela capacidade de fuga, mas pela possibilidade de ser descoberta a “cidade dos outros”, pois Ben não mostrou interesse quando eles descobriram o falso acampamento, mas quando lhe foi dito que eles tinham um barco ele disse peremptóriamente “Assim eles podem encontrar-nos!”, por isso é que acho que seria a possibilidade de lhes descobrir a localização, tirando-lhes essa vantagem do que a fuga para fora da ilha.
    Um grande Abraço.

  2. Obviamente, tens razão quanto aos Red Sox… é certo que Ben refere a possibilidade de os sobreviventes encontrarem a cidade (Ben ou quem com ele estava na altura, não me recordo bem), mas os Outros parecem obcecados com o controlo dos meios de fuga da Ilha… Lembras-te da jangada de Jin, Sawyer e Michael? Penso que existe uma saída (única rota) da Ilha… e dai esta preocupação… reforçada pela hipótese da descoberta da cidade, claro…

  3. Babe Ruth

    Damn (New York) Yankees!!!

    “Where have you gone, Joe DiMaggio?
    A nation turns its lonely eyes to you
    (Woo woo woo)
    What’s that you say, Mrs. Robinson
    ‘Joltin Joe’ has left and gone away?
    (Hey hey hey – hey hey hey)”
    http://www.wbr.com/paulsimon/lyrics/mrs_robinson.html

  4. Vou meter-me na vossa conversa animada acerca do Lost só para fazer um comentário (após o qual muito receio que serei banida de todos os quizz feitos por vocês)… preparados?

    Eu acho que nunca vi o Lost!… e até gosto de ver televisão mas realmente neste ultimo ano e meio, fruto das fraldas e das brincadeiras, juntamente com o tentar ter algum tempo para mim, apercebi-me há pouco tempo que há uma data de séries que eu nunca vi.

    Mas pela vossa discussão em ambos os blogs( Aqui e no Quintus) a série é mais viciante que uma boa telenovela pois vocês sabem os pormenores todos!!!

    Pronto!… Já fiz a minha confissão 🙂

  5. Momus: deve de haver mais filmes sobre o DiMaggio do que sobre muitos “grande homens” dos EUA…

    Ka: Podes crer que é viciante! a série é excelente e introduz detalhes intrigantes a cada novo episódio!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: