Daily Archives: 2007/03/25

Entrevista de Rodrigo Santoro ao “Sun Times”


(Evangeline Lilly, “Kate” que contracena com Rodrigo Santoro e a quem alguns chamam de “fininha”)

Numa entrevista recente, Rodrigo Santoro, o actor brasileiro que entrou na Season 3 de Lost (Perdidos) com o papel de “Paulo” e que tem tido nela um papel tão discreto que quase nem parece por lá andar (por culpa dos produtores, obviamente…) confessou que não seguia – como nós, fanáticos em cujo número dignamente me incluo – a série…

Respondendo aqueles que esperavam do seu papel uma presença mais activa na série do que aquilo que já se viu pelo menos até ao episódio 11 da Season 3, Santoro revelou que “Posso dizer a esta audiência que iremos conhecer muito mais sobre o meu personagem”.

Eis a tradução da entrevista de Santoro ao jornal “Sun Times” e da qual traduzimos apenas a secção de perguntas e respostas que se refere à série Lost:

“P: O que pensa do fenómeno “Lost”?
R: Eu já conhecia “Lost” no Brasil. É uma coisa grande, não somente nos EUA, mas um pouco por todo o mundo. Onde quer que eu vá, as pessoas conhecem-me e perguntam-me o que vai acontecer nos próximos episódios. Digo-lhes que elas realmente não querem sber porque isso iria estragar o seu prazer…

P: Tem sido cuidadoso ao viver no Hawaii enquanto filma “Lost”? Parece que há uma maldição sobre vários actores de “Lost” que os leva a serem apanhados pela Lei.
R: Tenho o mais simples dos estilos de vida. Faço surf, yoga e trabalho. Este é basicamente o meu dia de trabalho.

P: Até que ponto é que está comprometido com “Lost”?

R: Ah ah. Sabe, que eu não sei. Eu não sei durante quanto tempo vou andar por aqui, e não posso controlar as coisas. Só posso construir um personagem. Não me preparo muito porque ninguém sabe o que vai acontecer com esta série.

P: Descreva a sua vida por estes dias.

R: Ando entre o Hawaii e o Brasil. É um tempo muito bom para a minha carreira. Não se trata de ser “grande”. Trata-se de trabalhar com actores e realizadores que sempre admirei. Foi uma longa caminhada até chegar aqui e, graças a Deus, uma caminhada muito gratificante.”

Numa outra entrevista, Santoro, admitira que nunca tinha visto “Lost” até ser convidado a participar no elenco na mesma, e que quando recebeu esse convite embarcou numa “maratona” televisa, tentando recuperar todos os episódios perdidos (ou seja, teve que ver duas Seasons completas de uma só assentada!…) Santoro é um dos actores de topo do Cinema Contemporâneo, e deve ter uma das agendas mais preenchidas do mundo, razão pela qual lhe perdoamos esta omissão… Sendo certo que somos especialmente tolerantes com esta “grave falha” (contudo, com apenas metade da gravidade de dizer que a Evangeline é “fininha”) porque é o primeiro lusófono a enquadrar-se naquela que é certamente uma das melhores, mais inteligentes e criativas séries de televisão de sempre…

Quanto ao “longo braço da Lei” a que se refere a entrevista, trata-se de uma alusão aos repetidos incidentes de condução e de condução sob o efeito do alcóol de que têm sido vítimas os actores de Lost na sua estadia no Hawaii (ver AQUI). Alguns actores, como Josh Holloway (Sawyer) declararam mesmo que haveria um clima de perseguição policial aos actores de Lost. Josh, disse a propósito: “Em primeiro lugar, estamos numa ilha, o que quer dizer que estamos num local que pode ser patrulhado com muita facilidade. E depois, acontece que somos famosos. Disse-lhes que deviam ter vergonha por me aplicar uma multa por andar a 53 milhas numa zona onde o limite é de 35 milhas.”. Assim, como “Sawyer”, também o “falecido” Mr. Eko (Adewale Akinnuoye-Agbaje), Michelle Rodriguez (Ana Lucia Córtez) e Cynthia Watros (Libby) também tiveram problemas com a polícia… Num total, seis dos actores do elenco de “Lost” já tiveram problemas com a polícia no Hawai!… Rodrigo Santoro, tem mantido na ilha um comportamento mais discreto e cuidadoso…

Fonte: Sun Times

Categories: Ciência e Tecnologia, LOST (Perdidos) | 9 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade