Daily Archives: 2007/03/12

Do Golpe de Estado frustado em 1952 no Japão com apoio de militares americanos

Documentos recentemente desclassificados expõem uma conspiração por parte de militares japoneses ultranacionalistas com ligaçãos a serviços de informações americanos teriam preparado um golpe militar para derrubar o governo japonês e assassinar o primeiro ministro do país do Sol Nascente em 1952.

O plano, exposto em relatórios da CIA desclassificados em 2005 pretendia depor o governo japonês pró-americano e instalar um governo militar. Segundo a documentação da CIA, os golpistas tinham garantido o apoio de mais de meio milhão de japoneses e tinham apoios no próprio Ministério da Defesa japonês da época.

O plano arrancou depois do fim da ocupação americana em 1952, mas nem por isso deixava de ter apoios na elite militar americana… O major-general Charles Willoughby, o segundo militar americano de patente mais elevada em funções no Japão, imediatamente abaixo do general MacArthur. Esta ligação teria começado quando alguns militaristas japoneses se juntaram a missões americanas de espionagem a comunistas no Japão e no recrutamento de mercenários japoneses para Taiwan.

O plano começou a resvalar com a partida de Willoughby do Japão em 1951 o que deixou os militaristas japoneses sem o seu principal apoio político e financeiro nas forças de ocupação americanas. O líder do golpe frustado, o general Yoshida só seria afastado do serviço activo em 1954.

 

Fonte: Military.com

Categories: Economia, História | 3 comentários

sQuid S2-8: Que superherói é este?

ah.jpg

Categories: Quids S6, sQuids S2 | 16 comentários

Quid S7-8: Que estrela é esta?

ggg_4.jpg

Dificuldade: 5

Categories: Filmes, Quids S7 | 8 comentários

O que fazer durante um Sismo

Durante a ocorrência de um sismo o site do Instituto de Meteorologia deve ficar indisponível, outra vez, como sucedeu a 12 de Fevereiro… E logo, aqui o tasco oferece-se para disponibilizar a todos os potenciais interessados uma citação que pode ser encontrada no dito Site e que deve ser atentamente seguida em caso de um novo (eminente e certo) incidente sísmico.

“Tenha em atenção que o comportamento das pessoas em situações de grande emergência é significativamente diferente do seu comportamento em situações normais. Assim conte que, durante uma catástrofe, por cada 100 pessoas: 1 a 3 ficam totalmente descontroladas (têm comportamentos irracionais e potencialmente perigosos); 50 ficam apáticas e necessitam de ordens; 22 a 24 ficam paralisadas (não se movem e precisam ser ajudadas); 25 não entram em pânico e podem tomar decisões pelo que podem tomar iniciativas de liderança e ajudar os outros.

No interior de um edifício:

Normalmente é melhor não tentar sair de casa a fim de evitar o risco de ser atingido, na fuga, pela queda de objectos.

Permaneça calmo e preste atenção ao estuque, tijolos, prateleiras ou outras estruturas ou objectos que possam cair.

Afaste-se de janelas, vidros, varandas ou chaminés.

Abrigue-se rapidamente num local seguro, por exemplo, no vão de uma porta interior firmemente alicerçada, debaixo de uma mesa pesada ou de uma secretária; se não existir mobiliário sólido, encoste-se a uma parede interior ou a um canto e proteja a cabeça e o pescoço.

Se estiver num edifício alto, não procure sair imediatamente pois as escadas podem estar cheias de pessoas em pânico e/ou haver troços de escada que ruíram;

não utilize o elevador pois a electricidade pode faltar e provocar a sua paragem;

Se estiver num local amplo com muitas pessoas ou numa sala de espectáculos não se dirija para a saída pois muitas outras pessoas podem ter tido essa ideia.

Abrigue-se debaixo de uma mesa, de uma secretária ou no vão de uma porta.

Se tiver que abandonar o edifício faça-o cuidadosamente prestando atenção à possível queda de objectos. Procure com serenidade refúgio numa área aberta, longe dos edifícios, sobretudo dos velhos, altos ou isolados que possam ruir a uma distância de, pelo menos, metade da sua altura.

Afaste-se de torres, postes, candeeiros de iluminação pública, cabos de electricidade ou de estruturas que possam desabar, como muros ou taludes; não corra nem vagueie pelas ruas.

Se for a conduzir um automóvel, pare no lugar mais seguro possível, de preferência numa área aberta, afastada de edifícios, muros, taludes, torres ou postes. Não pare nem vá para pontes, viadutos ou passagens subterrâneas.

Permaneça dentro da viatura até que o sismo termine.”

Fonte: www.meteo.pt

Categories: Ciência e Tecnologia, Sociedade, Sociedade Portuguesa | 19 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade