A Dissuasão submarina Venezuelana: 11 Submarinos… A maior frota de submersíveis da América Latina


(Submarino russo Amur: http://www.admship.ru)

Em 2012, a Venezuela terá a mais numerosa frota de submarinos da América Latina e, certamente, uma das mais modernas do mundo. O plano deverá dotar a marinha venezuelana de 11 submarinos, dos quais 9 submarinos modernos e os restantes dois, modernizados.

O custo total deste programa de modernização ascenda a mais de 3 biliões de dólares, o que dá bem a medida das ambições venezuelanas…

A Venezuela ainda não escolheu o modelo de submarino em que vai basear esta força. Os concorrentes são actualmente o modelo alemão IKL-214 (o mesmo que o Brasil seleccionou), o franco-espanhol Scorpene (que esteve em análise em Portugal) ou o russo Amur, que parece ser a escolha mais provável.

O Amur, pode disparar até 4 mísseis de cruzeiro com um alcance de 300 Km e transportar até 10 mísseis tácticos ou anti-aéreos, para além de 18 torpedos. O Amur tem um casco capaz de deflectir os sinais de sonar, o que o torna num dos primeiros submarinos Stealth do mundo e a escolha mais acertada para Chávez…

Este reforço vai aumentar exponencialmente as capacidades da marinha venezuelana, que actualmente opera apenas dois IKL-209 (que estão actualmente em manutenção). Com 11 submarinos, dos quais 9 modernos, stealth e com AIP, a Venezuela torna-se uma ameaça efectiva a qualquer operação militar que os EUA queiram desempenha na região, ou contra si, como se suspeita que está planeado nos gabinetes de Washingtom desde há muito tempo… 9 AMUR são uma ameaça demasiado sério aos grande porta-aviões que os EUA usam sempre como coração das suas operações aeronavais no exterior e provavelmente bastarão para dissuadir qualquer actividade do género… Neste contexto, ainda que caros, são provavelmente um bom investimento… E mais baratos do que seguir o exemplo norte coreano ou iraniano de dotar o país de armas nucleares…

Fonte: DefesaNet

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | 24 comentários

Navegação de artigos

24 thoughts on “A Dissuasão submarina Venezuelana: 11 Submarinos… A maior frota de submersíveis da América Latina

  1. Golani

    ehehe

    olhaste para um mapa quando escreveste isto ?

    os porta aviões são meios de projecção de forças para cenários distantes de território americano

    a Venezuela fica no quintal de trás da América….não precisam de Porta Aviões….até têm Puerto Rico lá perto

    os americanos nunca iriam invadir a Venezuela, qd mt apoiam a oposição interna para fazer o regime cair….

    mas o Chavez usa este papão para justificar gastar 3 biliões nos submarinos a juntar aos 2 biliões e qq coisa nos Sukois, helis 17, 26, 35 e 100 mil AK 105 etc….

    faria melhor em gastar estas verbas para melhorar as condições de vida da pop…..mas estes “socialistas” sempre foram uns castiços eheheh

    o que vai provocar é uma guerra de armas na região, desviar recursos para comprar de armamento, provocar instabilidade regional (muitas armas ligeiras já foram para à guerrilha de extrema esquerda que combate o governo colombiano), agravar tensões internacionais ( já se falou que ele podia invadir as Antilhas holandesas ) …etc …

  2. Sinceramente este “projecto de ditador”, porque se trata de facto de um ditador, pois quem chama a si todo o poder e muda a constituição para lá poder permanecer eternamente só pode ter essa ambição.
    Este gasto desenfreado em armamento só pode ser prejudicial à população que agora o apoia, pois quando passar esta euforia o povo vai concerteza revoltar-se e aí é que vai começar a opressão. Oxalá eu esteja enganado.
    Por outro lado ele está a por os EUA em sentido…
    Um Abraço.

  3. Golani:

    “olhaste para um mapa quando escreveste isto ? os porta aviões são meios de projecção de forças para cenários distantes de território americano”. Olhei, olhei… E olha que a distância entre as bases aéreas nos EUA e a Venezuela é grande o bastante para impedir vôos directos entre estes e o norte da Venezuela, podiam usar reabastecimento em vôo, mas isso limitaria o nº de aparelhos usados… e os aviões de longo alcance (B-2 e B-52) não devem avançar sózinhos, sem cobertura de caças como os F-16 e os F/A-18. Penso que se atacarem a Venezuela deverão fazê-lo não só, mas sobretudo a partir de forças embarcadas… Mas os comentadores que por aqui passam talvez possam lançar alguma luz adicional nesta questão.

    “os americanos nunca iriam invadir a Venezuela, qd mt apoiam a oposição interna para fazer o regime cair….”
    é o que têm feito… sem sucesso. Mas Bush não é conhecido pela sua paciência ou capacidade reflectiva… Por isso… Tudo se lhe pode esperar…

    “mas o Chavez usa este papão para justificar gastar 3 biliões nos submarinos a juntar aos 2 biliões e qq coisa nos Sukois, helis 17, 26, 35 e 100 mil AK 105 etc….”
    sendo que estes submarinos devem levar entre 3 a 9 a serem terminados e entregues… ou seja, é uma ameaça, sim, mas a médio prazo, mas ainda assim uma considerável ameaça… mesmo que não consigam deter o ataque dos EUA, o que impede estes silenciosos AIP de chegarem aos portos americanos do Golfo do México e atacarem – em represália – navios mercantes ou militares?

    “faria melhor em gastar estas verbas para melhorar as condições de vida da pop”
    mas estas têm subido na venezuela mais depressa do que em qualquer outro lugar da América Latina… Segundo a CEPAL (Comissão Económica das Nações Unidas para a América Latina e Caribe). O PIB da Venezuela em 2006 cresceu 10% o mais elevado de toda a América latina…

    “o que vai provocar é uma guerra de armas na região, desviar recursos para comprar de armamento, provocar instabilidade regional (muitas armas ligeiras já foram para à guerrilha de extrema esquerda que combate o governo colombiano), agravar tensões internacionais ( já se falou que ele podia invadir as Antilhas holandesas ) …etc …”
    Já está… Por alguma razão o Brasil reactivou finalmente o seu programa F-X… Só depois da Venezuela começar a receber os Su-30 russos…

  4. Ultramar

    Golani: perdoe-me, mas a Venezuela não fica no “quintal de trás da América”. A Venezuela fica exactamente na América, que é um continente, não um país, apesar dos norte-americanos gritarem “aqui é a América”.
    Eles querem que o mundo os reconheça como América, porque seu país não tem nome, é apenas Estados Unidos. Como o nome América é mais bonito… Agora, curva-se à vontade deles quem quer!
    E eu não sei se Chavez compra todo esse armamento para se proteger de um ataque dos EU… Não há um motivo forte para esse “ataque”…E depois das duras críticas às intervensões no Afeganistão e no Iraque…E dos muitos gastos… E ainda tem o Irão!… Será que Bush ainda vai se meter na Venezuela??? Só se for cortado o petróleo para os EU! Eu temo é que Chavez tenha mesmo outros planos… E o presidente Lula confia demais nesse ditador… chama-o de “irmão”, de “companheiro”… Realmente era melhor o Lula abrir o olho e… fortalecer as forças armadas do Brasil! Um “amigo” como Chavez, amanhã já pode ser inimigo…

  5. Ultramar

    Errei em meu comentário anterior: ao escrever rápido, escrevi “intervensões” ao invés de “intervenções”. Perdão! 🙂

  6. Golani

    esta “discussão” acaba por ser disparatada

    na guerra fria os “americanos” todos os dias tinham que enfrentar todos os dias entre 300 a 400 submarinos soviéticos ( a diesel, nucleares, de ataque, com misseis de cruzeiro, com misseis intercontinentais etc….) …como é que 9 submarinos representam uma ameaça?

    os US tem contra medidas: navios, meios aéreos e submarinos dedicados para caçar e destrui submarinos inimigos

    simultaneamente os seus meios aéreos têm autonomia para atacar: F 117 stealth, B2, B52….estes aparelham operam sem escolta…os F15, F16, F18 conseguem chegar à Venezuela e voltar….e se necessário for são reabastecidos no ar

    numa guerra entre US e Venezuela, os meios militares venezuelanos seriam destruídos uma questão de dias …. nem vale a pena esta a discutir isto

    a questão que se coloca é que raio de razão têm os US para iniciar uma guerra com a Venezuela ? quais os motivos, com que justificações ?

    nenhuma…..isto é uma desculpa para o Chavez, um ditador em potência, para comprar uns brinquedos novos e armar-se me salvador da pátria

    falam no Bush….dentro de ano e meio já cá não está …as próximas eleições presidenciais são em Novembro 2008

    e mesmo ele só iniciou uma guerra “unilateralmente”

    é um absurdo e uma asneira colocar o Afeganistão e o Iraque no mesmo patamar

    a guerra no Afeganistão é uma guerra justa com autorização da ONU e apoio da Nato

    e todas as pressões diplomáticas, desde a Coreia até ao Irão, são feitas em conssonância com interesses dos países europeus

  7. “esta “discussão” acaba por ser disparatada”
    –> não vejo onde esteja a “disparatada” minha ou de outros comentadores. Aqui, todos temos opinião e o direito de as exprimir… O Quintus ainda não é o Irão ou a Coreia do Norte… E isto aplica-se a todos, desde o Golani ao… “Nelo Cunha” que tem tentado escrever comentários por aqui, mas que têm sido barrados porque continua infelizmente a insultar-me a mim e a outros comentadores… Ser “disparatador” não é – para mim – um insulto, ao contrário dos termos que o nosso leitor “Nelo Cunha” ainda vai empregando… Quando moderar o seu discurso, será, contudo, bem vindo e o seu conhecimento informado destes temas continua a ser precioso e necessário. O seu mau génio é que… não o é…

    “na guerra fria os “americanos” todos os dias tinham que enfrentar todos os dias entre 300 a 400 submarinos soviéticos ( a diesel, nucleares, de ataque, com misseis de cruzeiro, com misseis intercontinentais etc….) …como é que 9 submarinos representam uma ameaça?”
    –> Representam sempre uma ameaça… Leste este Post sobre a súbita aparição de um submarino Soong chinês junto ao Kitty Hawk? (http://movv.org/2006/11/25/o-porta-avioes-kitty-hawk-foi-interceptado-por-um-submarino-chines-song/)
    este Amur, com a sua AIP podem navegar durante muito tempo e aproximar-se das bases americanas e abatar aqui alguns navios dos EUA e inclusivé um ou dois Porta Aviões… Sim, porque se a China conseguiu com um seu Soong aproximar-se tanto do Kitty Hawk, alguém duvida que os Amur são superiores em furtividade e armamento aos Soong?

    “os US tem contra medidas: navios, meios aéreos e submarinos dedicados para caçar e destrui submarinos inimigos”
    –> Claro que têm! E excelentes! Mas o incidente do Song, aconteceu, mesmo apesar das ditas… Por isso, não são invencíveis nem tão avançadas que nem mesmo um principiante na arte de fazer submersíveis os possa iludir, como o Soong. Aqui diz-se que estes Soong são inferiores aos Amur: “China’s main-force submarines are now the Song-class Type 039 and the improved 039A attack boats which are being added to the fleet at a rate of two to three boats a year.[11] Moreover, a new class of attack boat, dubbed the “Yuan” has been seen in shipyards in Wuhan. It appears to be a Chinese version of the Russian Amur-class diesel electric boat with air-independent propulsion.”
    http://www.heritage.org/Research/AsiaandthePacific/tst072705.cfm (Caramba, os russos até estão a vender o projecto do Amur à China… Ainda se vão arrepender…)

    “simultaneamente os seus meios aéreos têm autonomia para atacar: F 117 stealth, B2, B52….estes aparelham operam sem escolta…”
    –> Têm, sim. Mas os B-52 podem operar em segurança sem escolta? Ignorando os F-16 e os Su da Venezuela?… De certeza?… Se podem… Não deviam…

    “os F15, F16, F18 conseguem chegar à Venezuela e voltar….e se necessário for são reabastecidos no ar”
    –> Já o disse eu também. Mas isso reduz a sua operacionalidade e facilidade de utilização. E reduz o nº de aparelhos que podem ser usados numa operação, não?

    “numa guerra entre US e Venezuela, os meios militares venezuelanos seriam destruídos uma questão de dias …. nem vale a pena esta a discutir isto”
    –> Provavelmente tens razão, admito. Sobretudo pq a fama da qualidade das FA venezuelanas não é das mais altas (pelo menos de acordo com a opinião de alguns brasileiros que conheço). Mas essa não é aqui a questão. Parece-me evidente que hoje ninguém no mundo tem forças armadas à altura de vencer as dos EUA, se estes se empenharem realmente a fundo, a questão aqui é a de saber se a Venezuela consegue afundar alguns meios navais dos EUA com estes 11 submarinos modernos e modernizados, e acredito que sim. Que o pode fazer. Com os Amur a pleno e com as suas tripulações bem treinadas e bem comandadas.

    “a questão que se coloca é que raio de razão têm os US para iniciar uma guerra com a Venezuela ? quais os motivos, com que justificações ?”
    –> Actualmente é um conflito de muito baixa probabilidade… Ao contrário de um ataque aéreo ao Irão… Mas o Irão não tem laços de defesa com a Venezuela? Chavéz não é um tipo imprevisível? Quem garante que Chavéz vai ficar quieto num ataque americano ao Irão? E depois dos EUA deixarem o Iraque e terminarem as suas operações aeronavais no Irão não ficarão livres para tratar do “problema Chavéz”?… E se as ligações (supostas ou não) de Chavéz ao narcotráfico das FARC servirem de mote a uma operação, como a do Panamá? Ou se Chavéz se aventurar numa intervenção no Amazonas, como eme o Ultramar?

    “nenhuma…..isto é uma desculpa para o Chavez, um ditador em potência, para comprar uns brinquedos novos e armar-se me salvador da pátria”
    –> Concordo… Ele tem usado este discurso para armar a Venezuela e reforçar a sua base interna de apoio… Também não apreciou muito o estilo chavista, embora me pareça claro que a população da Venezuela teve uma clara melhoria no seu nível de vida desde que ele chegou ao poder.

    “falam no Bush….dentro de ano e meio já cá não está …as próximas eleições presidenciais são em Novembro 2008”
    –> Sim, mas aqui para nós… Os presidentes dos EUA alternam-se, mas as suas políticas permancem mais ou menos idênticas, sabemos disto, não sabemos? 😉

  8. Golani

    chamei a discussão de “disparata” pq a Venezuela nunca poderá fazer frente aos US

    relativamente à historia do submarino chinês, até já o nosso Albatroz atingiu um porta aviões americano num exercício NATO

    a realidade é mt diferente dos exercícios e simulações

    “E se as ligações (supostas ou não) de Chavéz ao narcotráfico das FARC servirem de mote a uma operação, como a do Panamá? Ou se Chavéz se aventurar numa intervenção no Amazonas, como eme o Ultramar?”

    os vizinhos da Venezuela têm mais razões para se preocuparem do que US

    “Sim, mas aqui para nós… Os presidentes dos EUA alternam-se, mas as suas políticas permancem mais ou menos idênticas, sabemos disto, não sabemos?”

    tens razões de queixa dos 8 anos do Clinton ?

  9. joão batista freire

    Apreciei oscomentarios anteriores…

    Creio que o Chaves não seria ingenuo no sentido de crer que uma pequena esquadrilha de submarinos convencionais intimidaria os EUA na remota possibilidade de uma intervenção militar.Entretanto é claro para americanos e latinos que sua força política e influencia regional tem crescido a cada dia.
    Creio que é neste sentido que os submarinos e aviões de Chaves devem ser mais considerados…
    Desde l982 com o desmantelamento da doutrina Monroe, dado a parcialidade Norte americana nas Malvinas ,(do lado dos Ingleses) que o acordo militar firmado no Rio de Janeiro em 1951 ganhou uma nova perspectiva , tratando~se de defesa na America do Sul.
    A dissuação de Chaves ganha força se imaginarmos todo o poderio militar conjunto dos países sul americanos junto com pressóes econômicas e políticas que, aí sim , desestimulam qualquer país do mundo a ter um conflito nesta região.
    A maior arma da defesa sul americana é a unidade confederativa que tácitamente é bem entendida pelos Americanos.
    Esta sim é a maior arma do pequeno Chavez…

  10. fjmiller

    como brasileiro, preocupo-me com hugo chaves, indo na contra-mão da historia, com evo morales, seu discipulo, ingênuo, confuso, e podem acreditar que muitos de nós brasileiros não concordamos com a politica externa do lula…o proximo presidente tera pela frente uma cama de gato armada po aqui…

  11. o pior é que Chavez é muito emocional, tem basto dinheiro do petróleo e sendo acossado como é pelos EUA pode sentir-se demasiado enfiado num canto, o que lhe pode dar instintos agressivos… Com isto não quero dizer que não desgoste totalmente de Chavez, porque parece evidente que a condição do povo comum melhorou desde que ele está no poder, mas preocupa-me esta deriva armamentista e os sinai de agressividade externa na venezuela… Isso mais a tentação “totalitária” de que parece estar a padecer…

  12. DEMANEIRA ALGUA AMARINHA BRASILEIRA TERRA AMAIOR FROTA DE SUBIMARINO E MAIS MODERNO

  13. Nosso vizinho Hugo Chaves é um déspota que vem brincando de “guerra” para chamar atenção do mundo para si, enquanto seu povo fica aquem de investimentos em muitas outras áreas prioritárias.
    No entanto, não acho que o Brasil precise se armar para enfrentar um possivel ataque chavista. Nossas forças armadas precisam se reaparelhar sim, porque somos um país soberano, com uma amazonia verde e outra azul que necessitam de proteção e controle para que nossas fronteiras não sejam mais porta de entrada de drogas e armas para traficantes que (esses sim) nos aterrorizam e tomam conta do Brasil aos poucos, enquanto centenas de parlamentares nada fazem senão usurparem do dinheiro da nação.
    O Socialismo é um fracaço, não merece descutir o tema, mas chaves não é um mero socialista, ele é um tirano disfarçado de ditadorzinho.
    Nosso presidente precisa mesmo comprar equipamento para nossas forças armadas: 64 Rafale, 16 Helicópteros de Ataque, 32 Black Hawk, 06 Submarinos U-214 e 06 Fragatas Meko.
    Mas precisa tmbm criar vergonha e acabar cm a roubalheira do congresso nacional e cm o trafico de drogas.

  14. O Brasil deixou-se ficar para trás nos últimos 20 anos, no que respeita a equipamento militar… Agora, parece finalmente haver uma inflexão neste desinvestimento, e com recurso a tecnologia e indústria local, o que é muito bom…
    E vejo que defende como a eu a tese “Rafale”…
    Quanto aos helis, parece que finalmente se vai avançar para dois esquadrões, e aqui espero que os NH-101 ganhem, assim como os Mi-35…
    Meko… as FENN também não seriam más, a exemplo do que decidiram recentemente a Bulgária e o Marrocos.
    Para o tráfego de drogas, o Super Tucano é uma opção excelente e muito exportável.

  15. Gerrero

    HAHAHAHAHAHHAHAHAHAH so se chaves de o cu pra compra esses submarinos,

    no maximo em 2011 a venezuela tera 6 submarinos russos, que importa 6 submarinos ate lah o Brasil com seus 5 submarinos ilk-209 e um possivel acordo para mais 3 ilk-214 em 20 anos subsituindo os tupis que tem 10 anos o mais velho e 1 ano o mais novo mas ate 2020 o mais velho tera 30 anos, sem contar no nosso NUCLEAR MB que ate 2014 estara sendo construido e chegara em 2020 com 3 ilk-209 3 ilk-214 e 1 nuclear .
    http://www.defesanet.com.br/noticia/programanuclearmarinha/
    http://www.estadao.com.br/geral/not_ger70735,0.htm

    SERA QUE CHAVES SERÁ PRESIDENTE EM 2020 XD

  16. Beto

    Sinceramente, concordo com a primeira afirmação feita, Chavez nunca vai ser uma ameaça militar para os Estados Unidos. Mesmo se armando até os dentes basta ter em mente que nenhum armamento é concebida na Venezuela e só por isso acaba com qualquer efeito surpresa de guerra. Ou seja, com toda espionagem militar existente no mundo dificlmente os armamentos de Chavez vão ameaçar os EUA. Acho que foi bastante arroganer a afirmação acima de que a Venezuela esta atras dos estadounidenses, mas concordo no seguinte. Não é necessário utilizar porta aviões porque simplesmente os aviões dos EUA vão decolar de seu próprio pais ou da Costa Rica. Melhor ainda, não será necessário aviões, basta despejar uma ´serie de mísseis que tudo esta resolvido.

    Enfim, Chavez é um lunático que promete algo que ja é passado, que passou por uma evolução conceitual. O que ele quer é justificar o governo popularesco que ele faz por lá para manter o poder. E é óbvio que ele vai equipar suas forças militares, ele era coronel do exército.

    ps. não demorará muito para que “chavistas” derrubem o fanfarrão

  17. Chaves e suas ambições demoniacas contra o povo Americano !!!

  18. Daniel Silva

    O fato é que se o E.U.A quiser “destruir” a Venezuela, ele o faz de qualquer maneira seja, por terra, por mar ou pelo ar, a disparidade tecnologica e de preparo e abissal, basta lembrar do que aconteceu no Iraque por duas vezes e no Afeganistão.

  19. Ed

    VENEZUELA TEM SOMANDO AS TROPAS DO EXERCITO MARINHA E AERONALTICA 70 mil soldados.
    brasil tem 300 mil. As Forças Armadas brasileiras são as que possuem maior poderio militar na América Latina, e o número de militares efetivos dela é um dos maiores do mundo.
    Aptos para o serviço militar: homens com idade entre 19 e 49 anos: 33.119.098

  20. Daniel: Mas os EUA hoje estão demasiado dispersos e financeiramente exauridos para criarem umanova “frente”… Para ocuparem militaremente (como ocuparam o Iraque) teriam que sair daqui para transferir para a Venezuela as suas forças de 1ªa linha (não falo de reservas, nem de guardas nacionais, forças de 2ª e 3ª linha)
    O Brasil também não teria condições para “invadir” a Venezuela… não como a Alemanha invadiu a França, p.ex. porque existe demasiada selva entre os dois países e nenhuma via de comunicação capaz de abastecer um grande exército.
    Além de que não acho que existam condições (nem razões) para um tal conflito… a curto prazo, só antevejo escaramuças entre a Venezuela e a Guiana (dispua territorial antiga) e talvez umas escaramuças de selva entre o Equador ou a Venezuela e a Colômbia.

  21. Onze (11)Subs Amur 1850…o cara tá ficando mt perigodo, e + os Su 30..tá feroz..Essa corrida armamentista vai ficar ainda melhor.Q Deus nos ajude.

  22. joao

    12/ 16/ 08 sin venezuela esta armando para envadir o brazil porque seu ermano paraguaia ja tentou mas deu erado mais agora vai conceguir porque o brazil nao ten armamento nen hum o unico que tem armamento no brazil e o trafico o brazil so ten super tucano de tao velho pode cair sen ser atacado o brazi podi ter dinheiro mais e do congreso o unico paiz que vai nos socorer sao usa porque e o unico paiz de que socora o mundo todos falan dos usa mais quando precisa ven pra car ou ven pedir ajuda usa e a nosa mae amo usa

  23. ok.
    whatever.

  24. Ricardo

    Engraçado!Enquanto vocês discutem quem tem mais força, essa truculência fascista “acobertada de pura democracia” deveria promover a paz e não produzir discursos hipócritas. A Inglaterra está produzindo o maior submarino nuclear do mundo, ninguém fala nada, lembre-se de que lambemos os pés da rainha;Os EUA possuem armas nucleares e afins. Por que outros países não podem ter?Por que temos que ser subjugados à esquizofrenia norte-americana e seu humor babaca? Em nome de uma Paz e de uma Liberdade que já mataram milhões de pessoas?Por que eles não dão exemplo e se desarmam como querem que os outros façam? Se essa de baixar o “rabo” pra norte-americano. Eles não estão nem aí pra vocês, seus bestas…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: