Daily Archives: 2007/02/17

Da Capacidade do Irão para resistir a um ataque aéreo dos EUA ou de Israel

Os EUA parecem muito inclinados para realizar um ataque áereo às instalações nucleares do Irão… E se não o fizerem, Israel fá-lo-á… Mas será que a execução bem sucedida deste ataque é tão garantida como o ataque israelita ao reactor iraquiano de Osirak? As recentes notícias de detenções a “agentes” dos serviços de informações iranianos no Iraque… Os rumores sobre o fornecimento de armamento aos Insurrectos iraquianos, e até a recente multiplicação da perda de helicópteros americanos por mísseis supostamente fornecidos pelo Irão, para além da manutenção do programa nuclear deste país e dos rumores de que estaria em contactos com a Coreia do Norte para preparar uma detonação de uma bomba atómica reforçam a minha convicção de que um ataque americano às instalações nucleares iranianas e às bases aéreas e instalações de defesa aérea que as defendem está eminente…

Mas será o Irão um adversário tão indefeso como foi o Iraque de Saddam? Para procurar contribuir para oferecer uma resposta a esta questão eis uma lista da aviação de combate iraniana:

Shafaq: Caça totalmente desenvolvido no Irão, com capacidades furtivas e com versões de caça, caça-bombardeiro e treinamento. Em inventário (1)

F-14: Modernizados no Irão, os excelentes F-14 Tomcat comprados pelo Shah continuam operacionais, mas em número desconhecido e foram recentemente equipados com clones dos mísseis AIM54 e Phoenix. Segundo algumas fontes, o Irão seria actualmente capaz de duplicar 90% do aparelho, mas os motores ainda não seriam possíveis de fabricar no Irão. Em inventário (25)

Saeqeh: Construído no Irão, a partir da estrutura de caças F-5 americanos, o Saeqeh incluiria avionica iraniana e poderia lançar mísseis iranianos. O aparelho terá entrado em produção, mas ignora-se se algum já foi entregue a alguma unidade de primeira linha. Em inventário (?)


F-5 E/F Tiger II: Este caça de origem EUA, foi actualizado com tecnologia iraniana. Em inventário (60)

Azarakash: Em 1999, o Irão começou a fabricação local desta variante do F-5, mas em 2000 apenas quatro aparelhos tinham sido construídos. Os planos do Irão são de construri 10 aparelhos por ano, mas actualmente só 6 constam em inventário. Em inventário (6)


F-4D/E / RF-4E Phantom: Estes aparelhos adquiridos aos EUA continuam em uso e alguns foram modernizados recentemente. Em inventário (65)


MiG-29: Este caça russo é actualmente um dos melhores aparelhos de combate da Força Aérea Iraniana e um oponente capaz de vencer os F-16 e F-15 que constituem o grosso da USAF… Mas será que os pilotos iranianos têm o treino e o apoio de terra e o armamento equivalente? De qualquer modo, o Irão reforçou o seu inventário com MiG-29B que voaram do Iraque, na última guerra do Golfo e que segundo alguns teriam sido actualizados para o padrão M/SMT. Em inventário (25)

Sukhoi Su-24MK: Mais um caça-bombardeiro russo de grande qualidade, ainda que algo obsoleto, mas perfeitamente capaz de realizar missões no contexto militar do Médio Oriente, embora não seja já um adversário à altura dos melhores caças dos EUA e do RU… Concebido como um bombardeiro capaz de penetrar no espaço aéreo inimigo e destruir pontes, postos de comando, refinaruas, etc, o Su-24 não é muito manobrável, mas pode transportar até 8 toneladas de bombas e mísseis e era na época o equivalente ao F-111 americano que tanto sucesso teve nas operações americanas no Golfo de Sirte contra a Líbia. Em inventário (30)

Su-25K: Temível no seu papel de Ataque ao Solo, o Su-25 Frofoot é na sua classe um dos melhores aparelhos actualmente em serviço no mundo. Comparável ao famoso A-10 Thunderbolt americano, o Su-25 consegue transportar 4 toneladas de bombas e atacar os seus alvos com o canhão de 30 mm. (7)

MiG-23 Flogger: Este caça, cujo desempenho foi particularmente infeliz nos conflitos entre os EUA e a Líbia, e posteriormente, entre Israel e a Síria, mas sobretudo devido ao baixo treino dos pilotos (e motivação, no caso dos mercenários que a Líbia empregava…) e sobretudo devido à aviónica inferior e ao armamento de qualidade inferior ao norte-americano. Em inventário (15)

MiG-31: Existem vários relatos e avistamentos de interceptores MiG-31 no espaço aéreo iraniano, mas a República Islâmica nunca admitiu operar este excelente caça-bombadeiro russo. O aparelho é um dos aviões mais rápidos de sempre, com velocidades de cruzeiro de Mach 2,35 e máxima de 2,83. Em inventário (?)

Mirage F-1: Este excelente, mas algo obsoleto caça francês foi recebido do Iraque, atra´ves dos aparelhos que abandonaram este país e procuraram refúgio no Irão. Vendido para 11 países, e conhecendo uma fabricação total de mais de 700 unidades, este caça, o antecessor do Mirage2000 da Força Aérea Francesa é ainda hoje uma das melhores presenças do inventário da Força Aérea Iraniana. Em inventário (25)

Su-27: Embora existem desde há longo tempo rumores sobre a existência de aparelhos Su-27 no Irão, estes não parecem ter fundamento… Sabe-se que a Rússia tentou vender estes aparelhos ao Irão em finais da década de 90, mas as pressões americanas parecem ter conseguido bloquear esta venda. Apesar disso, certas fontes reflectem o uso deste aparelho (ver AQUI)… Em inventário (26?)


Chengdu F-7/J-7 Airguard: Uma variante chinesa medíocre (para os padrões actuais) do Mig-21 russo. Praticamente irrelevante no contexto do combate aéreo moderno. Em inventário (25)

Fonte Principal:

http://www.globalsecurity.org/military/world/iran/airforce-equipment.htm

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci, Política Internacional, Sociedade | 59 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade