Daily Archives: 2007/02/12

Do Abalo Sísmico de Hoje, e do Colapso do site do Instituto de Meteorologia


Abalo Sísmico de 1755 (http://www.wilsonsalmanac.com)

Hoje, pelas 10:36, houve um tremor de terra em Lisboa. À hora em que escrevo estas linhas ainda não se sabe muito mais sobre o que aconteceu além de uma lacónica notícia publicada na TSF.

Só pelas 11:06 é que foi possível aceder ao Site do Instituto e ler:

“O Instituto de Meteorologia informa que no dia 12 / 02 / 2007 pelas 10:36 (hora local) foi registado nas estações da Rede Sísmica do Continente, um sismo de magnitude 6.0 (escala de Richter) e cujo epicentro se localizou a cerca de 160 km a SW de Cabo de S. Vicente.”

Mas a principal fonte para informações sobre abalos telúricos, o site do Instituto Nacional de Meterologia (www.meteo.pt) ficou indisponível logo após o abalo e só pelas 11:06 (meia hora depois!) regressou provavelmente atulhado por pedidos de acesso e incapaz de responder aos mesmos…

Questão: Se a principal fonte fiável, segura e científica de informação sobre abalos sísmicos é incapaz de lidar com o afluxo súbito de pedidos de acesso então o que sucederá se o próximo abalo de Escala 6… Acontecer mais perto de Lisboa? Ou melhor, o que sucederá quando acontecer mais perto de Lisboa?

Categories: A Escrita Cónia, Ciência e Tecnologia, Defesa Nacional, Sociedade Portuguesa | 17 comentários

sQuid S1-51: Como se chama este pintor?

Categories: Delírios, sQuids S1 | 5 comentários

Descobrimento dos Açores, No Século XIV

O Descobrimento dos Açores, No Século XIV tem em conta a referência a ilhas na cartografia medieval, as quais se poderiam identificar com algumas ilhas do arquipélago açoriano:

-> Isto surge nomeadamente em mapas genoveses do século que, a partir de 1351, mostram ilhas que alguns têm associado aos Açores, ilhas que teriam sido descobertas em viagens que rumavam ao arquipélago canarimo e que teriam sio sujeitas à acção dos ventos do Atlântico ou de violentas tempestades que as desviaram da rota. O arquipélago teria sido encontrado casualmente no decurso de viagens utilizando técnicas de navegação pré-astronómicas.

-> Nunca se falou delas porque não havia um interesse imediato, o qual só surgiria a partir do século XV;

Esta é a tese defendida por Ferreira de Serpa.

Existem mapas genoveses, que a partir de 1351 mostram ilhas que têm sido vistas como os Açores, ilhas que teriam sido descobertas no decurso de viagens até às Canárias.

Categories: Economia, História, Os Descobrimentos Portugueses, Sexo Tântrico e Budismo | 1 Comentário

Quid S6-26: Que avião é este?


Dificuldade: 5

Categories: Cinema, Quids S6 | 4 comentários

A Venezuela e o Irão vão desenvolver em conjunto um UCAV


F-5 Iranianos (http://www.tonyrogers.com)

A Venezuela vai desenvolver com o Irão aviões não-tripulados e colaborar na recuperação das asas dos caças F-5 da força aérea iraniana. Recentemente, os EUA recusaram ao Irão a venda de peças para os F-5 iranianos, pela razões que facilmente se podem adivinhar… Isto é, porque certamente não faltará muito tempo até que o Irão e os EUA se enfrentem nos ares do Médio Oriente…

A Venezuela afirma ter já desenvolvido algum trabalho no campo dos aviões não-tripulados e vai partilhar essa informação com idêntico trabalho desenvolvido no Irão com vista a produzirem em conjunto um UCAV idêntico nas capacidades aqueles que estão actualmente em desenvolvimento um pouco por todo o Ocidente.

Fonte: O Estado de São Paulo

Concorda com esta aliança estratégica entre o Irão e a Venezuela?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | 6 comentários

Segundo o IISS, o Irão estaria a 2 ou 3 anos da sua primeira bomba nuclear…


(http://img.interia.pl)

Segundo um Think Tank britânico (“International Institute for Strategic Studies”) o Irão estaria a apenas 2 ou 3 anos de produzir a sua primeira bomba nuclear. Segundo John Chipman, do IISS o Irão já teria armazenado 250 toneladas de Urânio (UF6), que, depois de enriquecido, seria suficiente para construir 30 a 50 armas nucleares.

O Irão está perto de conseguir colocar em produção um total de três mil centrifugadoras de enriquecimento de urânio nas suas instalações de Natanz, mas só daqui a 11 meses (estima a IISS) é que o Irão poderá ter fabricado os 25 Kg de urânio enriquecido necessários para fabricar a sua primeira bomba nuclear.

Embora Bush tenha declarado recentemente ao Congresso americano que não tinha planos para invadir o Irão, os EUA patrocinaram a imposição de sanções ao Irão no Conselho de Segurança da ONU e intensificaram as suas actividades contra os serviços secretos iranianos que agem no Iraque em apoiando, treinando e municiando as milícias shiitas…

A data, que coloca uma arma nuclear viável nas mãos do regime iraniano num prazo entre 2 a 3 anos coloca perante o governo americano a necessidade de decidir sobre o melhor rumo a tomar… Se deixar o Irão juntar-se ao Clube Nuclear ou se destruir as suas instalações através de um ataque aéreo… É claro que Israel está atenta… E se a sua paciência se esgotar há-de acabar por tratar sozinho do assunto…

Fonte: SpaceWar

Acha que uma bomba nuclear iraniana deve ser travada pela via militar?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci, Política Internacional, Sociedade | 1 Comentário

Venceu o “Sim”

E perderam:

os padres Excomungadores,

os Tartufos hipócritas,

a Beatada frígida,

os Marcelos tudo-sabedores,

os Cavacos silenciosos,

os Papas ex-Nazis

e toda a restante cáfila.

 

Ganhou a figura mais democrática do nosso sistema eleitoral: o Referendo e as mulheres que a partir de agora não poderão mais ser humilhadas pelos Tribunais nem armazenadas em Cadeias de Delito Comum.

Ganharam também todos os que não se deixaram aclimatar à torpe inércia dos seus tépidos sofás, levantaram o rabo e foram defender aquilo em que acreditam.

Categories: A Escrita Cónia, Livros, Referendo da IVG, Sociedade Portuguesa | 10 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade