Daily Archives: 2007/01/25

O investimento da Pescanova em Mira e a Eutrofização


(http://www.ccdr-alg.pt)

“O investimento de 350 milhões de euros que os espanhóis da Pescanova irão fazer no concelho de Mira para a produção, em aquicultura, de sete mil toneladas de rodovalho pode vir a ser uma alavanca para todo o sector, consideram os industriais portugueses. Mas, para que isso seja possível, adiantam, têm de ser derrubados alguns constrangimentos, como a burocracia ambiental.” (…) “Uma aquicultura vai produzir azoto e fósforo, o que gera riscos de eutrofização, mas considero (afirma Vítor Carvalho, o responsável pelo projecto) que deveria haver uma entidade que fiscalizasse o balanço entre o que é negativo e positivo e tomasse a decisão.”

Fonte: Público de 3 de Janeiro de 2007.

Desenvolvimento à custa da Ecologia ou Desenvolvimento Sustentado? A eutrofização é um problema muito sério e ocorre sempre que uma produção agropecuária produz um excesso de nutrientes e este provoca um aumento explosivo do número de microorganismos e, consequentemente, um declínio brutal na qualidade da água.

É verdade que Portugal precisa desesperadamente de mais industria e emprego, mas será que precisamos de explorações agroindustriais desta escala que prejudicam seriamente o Ambiente? Não seria preferível construir uma série de explorações de aquicultura, de igual capacidade total, mas dispersas pelo território, de modo a facilitar a aborsão natural dos produtos orgânicos resultantes pelos solos, mas mantendo – no total – o mesmo nível de produção e emprego?

 

Conhecia o fenómeno da «Eutrofização»?
1) Sim
2) Não

View Results

Anúncios
Categories: CodeFarmPt, Ecologia, Economia, Websites | 5 comentários

“A Sonaecom propõe-se ainda manter um mínimo de 50,01% do capital da PT nos primeiros 4 anos subsequentes ao termo da oferta, e um mínimo de 33,34% entre o 5º e o 10º ano”


(WeHaveKaosInTheGarden)

“A Sonaecom propõe-se ainda manter um mínimo de 50,01% do capital da PT nos primeiros 4 anos subsequentes ao termo da oferta, e um mínimo de 33,34% entre o 5º e o 10º ano. Valores que garantem a manutenção do centro de decisão da PT em mãos portuguesas. (…) As garantias da Sonaecom estendem-se ainda à política de internacionalização, comprometendo-se Paulo Azevedo a ter como objectivo a detenção de mais de 8 milhões de clientes de rede móvel no exterior, aytravés de subsidiárias onde o futuro grupo detenha o controlo.”(…) “São dadas ainda garantias quanto à presença na Portugal Telecom nos PALOP, e, entre outros, à venda de activos em Portugal.”

Anabela Campos, in Público de 3 de Janeiro de 2007.

Esta promessa da Sonaecom de manter a PT em mãos portuguesas (enfim… em 50,01% de mãos portuguesas) é uma resposta directa a todos aqueles que desconfiam do papel da France Telecom nesta OPA e se Belmiro está aqui a agir como um testa-de-ferro desse gigante francês numa manobra de bastidores para se apossar de forma subreptícia da maior empresa de comunicações portuguesa… Quem conhece Belmiro de Azevedo, diz que não é do seu feitio, agir como uma marioneta de terceiros, mas se de permeio, realizar um significativo encaixe financeiro, que lhe permita balançar para outros – mais ambiciosos vôos – a tese torna a ganhar substância… Mas mesmo a promessa de Paulo Azevedo afirma que este controlo poderá (e se “poderá” é porque vai mesmo) descer no quinto ano…

Isso significa que a PT, a maior empresa portuguesa e a nossa única multinacional, vai mesmo deixar de ser portuguesa e passar para mãos francesas.

Querem esperar para ver?

Acha que Belmiro está a agir como um «testa de ferro» para a France Telecom»
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: Economia, Websites | 15 comentários

sQuid S1-40: Quem escreveu esta frase?

“Entre mim mesmo e mim não sei que se levantou que tão meu imigo sou.”

Categories: Delírios, sQuids S1 | 6 comentários

Quid S6-13: Qual é a particulariedade desta barra de sabão?

soap.jpg
Dificuldade: 5

Categories: Cinema, Quids S6 | 36 comentários

“O Produto Interno Bruto (PIB) per capita ajustado às paridades de poder de compra caiu 3 pontos percentuais, em Portugal, entre 2003 e 2005”


(WeHaveKaosInTheGarden)

“O Produto Interno Bruto (PIB) “per capita” ajustado às paridades de poder de compra caiu 3 pontos percentuais, em Portugal, entre 2003 e 2005, para o equivalente a 70% da média europeia. Segundo dados divulgados pelo Eurostat, tal como Portugal, também a Itália, Malta e a Alemanha sofreram perdas consecutivas no nível de via nos três anos em análise.”

Expresso, 23 de Dezembro de 2006.

Sim, mas Portugal parte de bases muito inferiores às de potencias económicas como a Itália e a Alemanha! Esta quebra dá uma boa medida daquilo que se passou entre 2003 e 2005, por culpa das gestões dos dois partidos do Bloco Central e da aplicação de um modelo de desenvolvimento esgotado e ineficaz para Portugal, de um modelo baseado em baixos salários, em débil formação profissional e numa situação que resulta em primeiríssimo lugar da baixa qualidade média dos nossos gestores e da quase inexistência de “Empreendedores”. Com efeito, a nossa dita “elite económica” parece mais preocupada com lucros bolsistas de curto prazo, como a súbita e fátua entrada de Berardo no capital da Galp ou as mais-valias injustificadas de Amorim, ou mesmo o salto-mais-longo-que-a-perna de Belmiro contra a PT que a vai colocar à merçê da FranceTelecom, do que com a criação de emprego, de produção industrial ou agrícola, mas apenas com ganhos especulativos de curto prazo que pouco benefeciam a Economia e Portugal, mas muito os seus próprios bolsos.

É claro que nada há a reprovar perante a busca de Lucro, nem o mesmo tem em si mesmo, uma carga negativa ou “pecaminosa”, bem pelo contrário. Mas que falta empreendedores e bons gestores a Portugal isso é evidente. Os nossos mais prosperos “empreendedores” dependem directamente ou indirectamente das alcavalas do Estado e pouco têm contribuído para o desenvolvimento económico português.

Categories: Economia, Websites | 4 comentários

O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Citações de Gedün Chopel (2)

“Em todos os momentos da copulação as mulheres sentem a felicidade final. Quando um casal copula várias vezes, na primeira vez o fluido regenerativo do homem é emitido rapidamente, sendo a paixão deste mais intensa. Porém, as mulheres são o oposto, dizem que na primeira vez a sua paixão é pouco intensa, intensificando-se nas vezes seguintes. Portanto, os homens que não emitem o seu fluido regenativo durante muito tempo e cuja potência fálica não diminui rapidamente, proporcionam à mulher as glórias da paixão. Isto é o que os grupos de mulheres dizem dentro do lar.”

Fonte:

“Tratado da Paixão, A Arte Tibetana do Amor e Yoga Tântrico”

Gedun Chöpel

Editora Prefácio, 2001

Já experimentou a prática do Sexo Tântrico?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: Futebol e Corrupção, Sexo Tântrico e Budismo | 2 comentários

Quids S6-12: Como se chama este produto?

gt.jpg
Dificuldade: 5

Categories: Cinema, Quids S6 | 27 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade