Quids S5-32: Como se chamava este avião?

ggggg1.JPG
Dificuldade: 4

Categories: As Ilhas Míticas do Atlântico, Quids S5 | 20 comentários

Navegação de artigos

20 thoughts on “Quids S5-32: Como se chamava este avião?

  1. tupolev vakhmistrov zveno

  2. sá: exacto!
    http://aerostories.free.fr/appareils/compopara/page19.html

    e é claro que dei com este tipo depois de certo quiz, em certo blog que me “forçou” andar a catat por “porta-aviões voadores”… Remember?

  3. Nito

    pronto…cheguei tarde.
    ainda por cima o Sá está em cima do acontecimento…
    bom ano Sá !

  4. Nito: aposto que até sabia o nome deste estranho pássaro de cor…

  5. Ehehe! Lembro! 😉

    Uma versão mais tardia desta “montanha russa com asas” chegou a ter serviço operacional, levando I-16, se a memória não me falha…

    Abraço!

  6. Um bom ano também para ti, Nito!

    Abraço!

  7. eu sei que te lembras! e eu também! 😉

  8. um Bom Ano, para ti, também, Nito!

  9. Nito

    Já agora para quem gosta…

    http://www.warfare.ru/?lang=&catid=241&linkid=2180

    Será que a a Força Aerea russa tem os problemas da Marinha Sueca Rui ? 😉

    Ainda hei de encontrar alguma coisa sobre isso…eheeh

  10. duvido! acho que na Rússia as mulheres não têm postos combatentes. Pelo menos era assim.

  11. Na Segunda GG acho que tiveram, depois disso não sei…

  12. eu nunca vi nenhuma fotografia de mulhers-piloto, ou em paradas ou em tanques, nada de nada. o que indica que estariam remetidas a posições de rectaguarda.

  13. Nito

    Bem pelo menos não se arriscam a ter os problemas da marinha sueca (ver posts da corveta stealth)

  14. não sei não… ele há russas…

  15. Eu bem me parecia que a minha memória não estava a falhar, apesar de algumas falhas da idade… 🙂

    On June 22, 1941, Hitler’s Wehrmacht invaded the Soviet Union, and Operation Barbarossa was under way.

    By November, the German army was just 19 miles from Moscow. Leningrad was under siege, three million Russians had been taken prisoner, a large part of the Red Army was wiped out and the air force was grounded. The situation looked hopeless.

    In the summer of 1941, Marina Raskova, a record-breaking aviatrix, organized the 588th night bomber squadron – composed entirely of women, from the mechanics to the navigators, pilot and officers.

    Most of them were around 20 years old. The 588th began training in Engels, a small town north of Stalingrad. In a few months, the women were taught what it takes most people four years to learn.

    One June 8, 1942, three planes took off on the first mission. The target: the headquarters of a German division. The raid was successful, but one aircraft was lost. The 588th fought non-stop for months, flying 15 to 18 missions a night. “It was a miracle we didn’t lose more aircraft”, recalls Nadia Popova. “Our planes were the slowest in the air force. They often came back riddled with bullets, but they kept flying.”

    On August 2, 1942, her plane crashed in the Caucasus. She and her navigator were found alive a few days later. The winter of 1942 was brutal, with the temperature plummeting to -54o F during the battle of Stalingrad. Parts of the aircraft were so cold that they ripped the skin off of anyone who touched them. By January 1943, the women of the 588th were worn out. Sleepless nights, constant stress, the loss of friends and sexual harassment from male colleagues took their toll. Women in the 588th flew up to 500 night raids!

  16. agora me lembro que li uma vez um livro de FC em que a principal protagonista era precisamente uma aviadora militar de um qualquer biplano soviético de reconhecimento! mas não me lembro do nome do livro (sei que era americano), nem o nome do biplano… deve ser da idade!

  17. embora acho que me lembro de quem mo deu: Momus… Está por aí?

  18. Esta Marina Raskova foi mesmo morta em combate.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Marina_Raskova

    E julgo que também houveram mulheres na infantaria. Mas mais uma vez é só de memória. Teria de confirmar.

  19. Sá: ok! mas e na Guerra Fria?… Aí é que elas se esfumaram…
    Nito: a Wiki tem mesmo tudo! caramba!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: