O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Formas de Iluminação no Budismo (4)

Como escreve o Dalaï Lama em “O Budismo Tibetano”, durante a União Sexual os elementos vitais sediados no topo do crâneo liquefazem-se e descem até aos órgãos genitais onde as essências masculina e feminina se combinam no momento do êxtase, a potencia espiritual assim gerada pode, contudo, perder-se, se ocorrer a ejaculação…se esta acontecer, toda esta potencia dilui-se e evapora-se e a experiência de um estado alterado de consciência que as Escrituras descrevem como “beatitude não dual” perde-se. A grande relevância das práticas tântricas consiste em reter e potenciar esta essência para-energética transmutando a ilusão da dualidade na sabedoria resultante da experiência do vazio.

Anúncios
Categories: Futebol e Corrupção, Sexo Tântrico e Budismo | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Formas de Iluminação no Budismo (4)

  1. Parece-me muito dificil conseguir conter a ejaculação no momento do êxtase. Mas penso que com treino mental e físico se consiga, não é assim?
    Um Abraço.

  2. a ideia é essa… e para o fazer existem várias técnicas (práticas) de que conto falar em próximos posts…

Deixe uma Resposta para outsider Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: