A Minha Pequena Vingança… Sobre Santanaz !

images1.jpg

Hoje ía eu buscar um croquete à Pastelaria Luanda, entre a av. dos Estados Unidos e a av. de Roma, quando vejo, saindo da pastelaria…

Pedro Santana Lopes (o Santanaz)

O tipo era muito mais baixo do que parece na televisão, vestia roupa cinzenta discretíssima, sem óculos escuros e tinha o cabelo quase todo branco… Olhei directamente para Santanaz e este olhou para o chão, cabisbaixo…

Como vinha na minha direcção, e tinha apenas um espaçito entre mim e os carros estacionados, se fosse outra pessoa, eu ter-me-ía desviado um bocado para a direita. Mas sendo Santanaz… Nope, segui no meu caminho recto, imperturbável, mas admirando pelo canto do olho Santanaz a fazer um verdadeiro malabarismo e quase caindo sobre o capot do carro ali estacionado para evitar tocar-me ou cair.

E lá tive eu a minha pequena (e mesquinha) vingança sobre os quatro meses em que Santanaz (mal) me governou!

Anúncios
Categories: A Escrita Cónia, Bird Watching, Máximas, Política Internacional, Política Nacional, Sociedade Portuguesa | 12 comentários

Navegação de artigos

12 thoughts on “A Minha Pequena Vingança… Sobre Santanaz !

  1. És mauzinho… 😀
    Afinal, sempre é verdade que mais tarde ou mais cedo todos têm direito à vingança…
    Um Abraço.

  2. Isso é que foi um encontro imediato de terceiro grau! 🙂
    Fizeste bem! Naquele instante mostraste-lhe a sua verdadeira pequenez! Dou por mim a imaginar a cena… Ehehehe! Mais 5 pontos para o Rui! 🙂

    Abraço!

  3. petraev

    A sorte dele foi lá ter estado só 4 meses…se não… heheheh! xD

  4. Que libertação…!!!

  5. Um verdadeiro encontro imediato…
    Bom Domingo

  6. Eu dava-lhe uma cotovelada na fronha! Podia ser que caisse pra estrada e fosse atropelado e havia menos um a encher a pança a nossa custa

  7. É bem feito! O Santanaz (belo epíteto) bem o merecia. Pelo meu lado, até me apetecia despenteá-lo todo, não fosse a repugnância em mexer naquele gel todo… Mas que grande aldrabão que veio ocupar a nossa praça pública!
    Um abraço

  8. Nuno firmino

    Que bela gargalhada dei eu agora com este teu post. Um bom Domingo para ti e para o dito cujo, que também é filho de Deus. E esperemos que um dia mereça a consideração de quem cruze com ele na rua.

  9. Mas que sorte a tua de ainda ires a entrar e não a sair, assim lá se ia a digestão dos bolinhos com semelhante visão;
    Que sorte para ele não ires de saida e não lhe teres vomitado para cima!
    Podias ter feito um daqueles bailados de irem os dois para o mesmo lado, durante vezes sucessivas, para passarem e acabavas por fazer o fulano recuar para te dar passagem (embora figuras tristes já ele faça só por existir!) Ou podias ter exclamado espontaneamente: Ena pá! Você ainda vale menos do que eu imaginava. Onde é que deixou a incubadora estacionada?
    Cabelos brancos? Isso têm as pessoas respeitáveis, o gajo a mim parece-me ser é lá mais para o careca mas tipo palhaço, daquelas que dão para fingir que se tem uma testa alta e se é inteligente (que nem é o caso!)
    Desejo-te melhores encontros. Qualquer um do 3º. grau, dos de verdade, me parece melhor que esse.
    Abraços! 🙂

  10. Quer agradecer ao cidadão por não em ter dado um encosto de ombro para fora do passeio, como desde Camona todos têm feito.

  11. confesso que minutos depois estava eu um bocado arrependido… mas quando o vi hoje a assinar autógrafos do seu bestseller (!!!!) e com um segurança ao lado… enfim, esfumou-se logo a piedade…

    piedade de nós se o tipo voltar à ronda do Poder, como pretende e como tanto gostariam os Media que tanto o apaparicam…

  12. Essa do arependido não entendo. Só se foi por o não teres empurrado 🙂
    O homem deu-nos 4 meses com o arrepio de o ver todos os dias na televisão e fez o pais andar para trás mais uns anitos. Merecia isso e muito mais esse menino guerreiro.
    abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: