Junkers Junior (ensaios com propulsão a foguete)

Imagem: http://1000aircraftphotos.com

 

No âmbito do projecto conjunto Arsenal da Werhmacht-Luftwaffe-Junkers acordado em Maio de 1935 tinha sido acordado a construção de um caça-foguete. Durante o Verão de 1935 o Ministério do Ar traria para o projecto uma segunda firma, a Heinkel. As motivações do Ministério parecem ter provido de uma vontade de “compensar” a Heinkel por ter perdido a competição do caça monomotor desse ano. O protocolo final seria assinado em Setembro. Uma das suas alíneas abordava o secretismo em que o projecto estaria envolvido: só cinco ou seis pessoas em cada uma das companhias privadas deveriam ter acesso aos planos e documentação e o trabalho no avião foguete devia ser circunscrito a locais fechados. Em finais de Outubro o centro experimental do Arsenal em Kummersdorf recebia o primeiro monolugar Junkers Junior Nesta carcaça, ainda sem motor, foi instalado localmente um foguete do tipo A2 de 300 kg de impulso na cauda do aparelho. Os testes a este aparelho foram financiados pela Divisão de Pesquisa do Gabinete Técnico e pelo Estabelecimento de Experimentação para a Aviação de Berlim. O objectivo destas experiências visavam recolher dados para a instalação de foguetes de assistência à descolagem para bombardeiros pesados e para caças-foguete. A Junkers, por razões indeterminadas, deixaria este projecto no finais de 1935.

Apesar do abandono da Junkers, as experiências com o aparelho iriam continuar. Os testes de motor começaram no início de 1936 sob a directa supervisão do Arsenal. Em Abril do mesmo ano, von Braun – que aliás queria pilotar pessoalmente o aparelho – apresentava ao Ministério do Ar um relatório onde mencionava que tinham sido realizados uma série de testes, mas que o motor teria que ser redesenhado e que, aliás, o próprio avião teria que ser modificado visto que o seu centro de gravidade estava muito recuado. O programa prosseguiu com a instalação de um novo motor de 300 kg de impulso, mas depois de uma sucessão de explosões e incêndios em Agosto de 1936, o projecto seria definitivamente abandonado. Os elementos assim recolhidos seriam aproveitados para o projecto misto hélice-foguete de combustível líquido Heinkel fundado pela Divisão de Desenvolvimento do Gabinete Técnico do Ministério do Ar.

Anúncios
Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: