Daily Archives: 2006/11/25

A Austrália e a China vão constuir as duas maiores centrais solares do mundo


Imagem: http://www.dw-world.com

A China vai construir uma das maiores centrais solares do mundo com um custo total estimado em cerca de 765 milhões de dólares. A central será capaz de produzir mais de 100 Megawatts de potencia e será construída em Dunhuang durante cinco anos.

 

Esta declaração segue-se à promessa australiana de construir a maior central solar do mundo, com uma potencia total de 154 megawatts, a qual, sózinha, deverá reduzir as emissões australianas de gases de efeito de estufa em mais de 400.000 toneladas por ano, e isto apesar da Austrália (juntamente com os EUA) não ter assinado o Protocolo de Quioto…

Portugal tem dado recentemente algumas passadas no sentido de investir a sério nas energias alternativas, como a eólica e uma central solar deste género que será construída no Alentejo… Mas falta ainda ambição…

E que tal imitar Australianos e Chineses neste domínio? E construirmos também uma central solar de escala semelhante… É que se é rentável na China e na Austrália..

Fonte: TerraDaily

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, CodeFarmPt, Defesa Nacional, Ecologia, Economia, Websites | 7 comentários

Junkers Ju 390

 

Função: Bombardeiro de Longo Alcance.

Dimensões: Envergadura, 50 metros; Comprimento, 34 metros;

Armamento: Duas toneladas de bombas.

Raio de Acção: 12.000 km (com carga miníma).

O Junkers Ju 390 fora construído a partir do Ju 290, um avião de reconhecimento marítimo com um grande raio de acção. Na prática, as alterações passavam pela adição de dois motores e por um aumento da envergadura para mais 8.5 metros. Foi construído um protótipo deste bombardeiro que pretendia chegar até à costa leste dos EUA, mas os resultados dos testes com ele realizados foram tão desanimadores que o projecto seria abandonado.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

O Porta-Aviões “Kitty Hawk” foi interceptado por um Submarino Chinês “Song”


Submarino chinês “Song”

Segundo o jornal americano “Washington Times” o porta-aviões americano Kitty Hawk teria sido interceptado por um submarino chinês. O submersível, da classe Song e de propulsão diesel-eléctrica teria navegado indetectado até ao meio do grupo de escolta do Porta-Aviões e emergido no meio dos navios americanos, para grande surpresa das suas tripulações.

O “incidente” teria ocorrido na região de Okinawa e teria deixado o Porta-Aviões ao alcance dos torpedos russos deste submarino da classe “Song“.

O incidente em si mesmo não é muito significativo e replica apenas centenas de casos semelhantes ocorridos na Guerra Fria entre as marinhas soviética e americana, mas reflecte uma nova atitude por parte da China, mais agressiva, menos tímida e indica também que a qualidade técnica e o treinamento da Marinha Chinesa mudou muito na última década, merçê de investimentos massivos e da importação de tecnologia de ponta russa.

Uma outra conclusão que se pode retirar deste incidente é de que o submarino diesel-eléctrico está ainda muito longe de ser inútil… Embora países como os EUA e o Reino Unido o tenham abandonado e optem por manter esquadras submarinas compostas apenas por submarinos nucleares de ataque, na verdade, este incidente demonstrou como um relativamente barato submarino diesel-eléctrico pode afundar um Porta-Aviões e comprometer sózinho todo o sucesso de uma grande operação… E multiplicar muito mais essa ameaça, já que construir um submarino nuclear de ataque fica tão caro como construir… Oito diesel…

Fontes:

Washington Times

SpaceWar

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | 7 comentários

Junkers Ju 287

Função: Bombardeiro pesado.
Versões: V1, V2 e V3.
Dimensões (V1): Envergadura, 20.11 metros; Comprimento, 18.30 metros.
Pesos: Vazio, 12.510 kg; Carregado, 20.000 kg.
Velocidade: Máxima (V1), 560 km/h; (V2) 865 km/h.
Raio de Acção com carga total de bombas (V3): 1.585 km.
Propulsão:

V1: 4 turbinas Jumo 004 de 900 kg e quatro foguetes de assistência à descolagem Walter 501 de 1.200 kg.

V3: 6 turbinas BMW 003A, dos quais 2 ou 4.

O Junkers Ju 287 era um dos mais ambiciosos projectos alemães para o uso da propulsão a reacção em aviões de combate. Tratava-se de um bombardeiro plurirreactor com reservatórios de combustível blindados.

O programa de desenvolvimento começou no início de 1943, sendo decidido utilizar a fuselagem de um Heinkel He 177, o trem de aterragem do nariz de dois B-24 Liberators americanos, as rodas principais de um Ju 352 e a secção de cauda de um Ju 388, tudo para construir mais rápidamente o primeiro protótipo, designado como V1. Após um primeiro vôo a 16 de Agosto de 1944, sucederam-se mais 16 ensaios após o que o aeródromo seria capturado pelo Exército Vermelho que não o levou a sério que julgou o estranho protótipo como mais um embuste de Goebbels, apesar disso, os soviéticos teriam realizado pelo menos um vôo com um dos dois Ju 287 capturados, o V2 que à data da ocupação estava quase completo e que foi concluído por estes. O V3 nunca sairia das mesas de desenho e devia incorporar vários melhoramentos sobre as versões anteriores.

Contudo, segundo outras fontes, em vez de um modelo definitivo, o aparelho seria apenas um modelo intermédio de testes para verificar a eficiência das asas flecha na aviação a reacção

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade