Daily Archives: 2006/11/13

Proposta para “Regulamento” dos Quids S5: Recolha de Opiniões

1. Cada participante pode dar uma resposta antes da minha réplica, confirmando ou não a correcção da mesma.

2. Sempre que fôr desejável, ou que o Quid se revele mais difícil que o esperado podem ser dadas ajudas, sempre uma de cada vez e com facilidade crescente. As ajudas não diminuem a pontuação do Quid.

3. Haverá um Quid por dia, lançado entre as 12:30 e as 14:30 (salvo imprevistos!) de Segunda a Sexta.

4. Os Quids da Série terminam quando um dos participantes alcançar 50 pontos.

5. Publicar este regulamento em cada Quid.

Anúncios
Categories: As Ilhas Míticas do Atlântico, Quids S5 | 8 comentários

Henschel Hs 293 A-0

A propulsão da Henschel Hs 293 A-0 era retirada de um motor foguete Walter HWK 109-507B, propulsão que seria ligada depois do lançamento de um Heinkel He 111 H-12 ou de um Dornier Do 217. O controlo da bomba era realizado pelo Kehl III e pelo FuG 230B Strassburg. A instalação de televisão, desenvolvida pela fernseh G.m.b.H de Berlin utilizava um comprimento de onda entre 70 a 80 cm sendo as imagens recebidas num pequeno écran de 9 cm2.

A primeira série desta bomba guiada seria a Hs 293 A-0, testada com sucesso em Peenemunde nos começos de 1941 contra um grande alvo naval a uma distância de 7.500 metros. A sua produção em série arrancou em Novembro do mesmo ano. A versão A-1 surgiria em Janeiro de 1942, sendo construídas 1250 unidades.

 

A primeira aparição da Hs 293 A ocorreu em 25 de Agosto de 1943 quando doze Dornier Do 217 bombardearam corvetas aliadas no Golfo da Biscaia. A 30 de Setembro, onze aviões semelhantes atacaram o porto de Ajaccio na Córsega, mas perderam sete unidades na operação e, ainda mais grave, duas Hs 293 A não explodiram e foram capturadas pelo inimigo. Aliás, devido a problemas de fabrico, as falhas semelhantes foram frequentes, mas o número de missões bem sucedidas subiu até aos 28%, atingindo mais de 31% dos alvos.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

A Rússia testa com sucesso um dos seus últimos SS-19

A Rússia testou na semana passada um míssil intercontinental RS-18 (SS-19, na designação NATO) capaz de transportar seis ogivas nucleares até aos seus alvos. O lançamento foi um sucesso conseguindo o míssil alcançar o seu alvo pré-designado a mais de cinco mil quilómetros de distância, no Extremo Oriente Russo.

Os SS-19 representaram durante o período soviético o principal míssil intercontinental da URSS e este lançamento pretende demonstrar que os cerca de setenta SS-19s da Federação Russa permanecem uma ameaça credível. De qualquer, em 2010, todos eles terão chegado ao fim da sua vida útil operacional, e deverão ser desmantelados.

Embora sejam ainda uma ameaça credível e substancial contra qualquer potencia nuclear média, como a Coreia do Norte ou a França, tratando-se de mísseis de “silo”, isto é, alojados em silos de lançamento são alvos fáceis para as ogivas americanas D-5, que graças à sua elevada precisão podem destruir fácilmente os silos onde estes SS-19 se abrigam.

Fonte: SpaceWar

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | 1 Comentário

Henschel Hs 293

Peso total: 975 kg

Combustível carregado: 66 kg

Peso explosivo: 295 kg

Impulso: 600 kp

Velocidade: 265 m/segundo


Imagem: http://www.geocities.com/pentagon/2833/wunderwaffen/missile/hs293/hs293n4.jpg

A partir da comum bomba de aviação SC 500 a Henshel iniciou o desenvolvimento da Hs 293 V2 nas suas instalações de Schoenefeld, nos arredores de Berlim. Os trabalhos estavam a cargo do Prof. Wagner que realizou os primeiros ensaios não guiados do modelo V2- com sucesso – a 5 de Setembro de 1940. A 16 de Dezembro de 1940 seria testada uma versão melhorada, a V12.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

O Desemprego dispara nos EUA

“Os pedidos de subsídio de desemprego nos EUA aumentaram na semana passada para máximos de três meses, assinalando que o mercado laboral norte-americano poderá estar a enfraquecer.

Os pedidos subiram em 18 mil para 327 mil pedidos na semana que terminou no dia 28 de Outubro, registando o maior aumento desde inícios de Julho, anunciou hoje o Departamento do Trabalho.”

Fonte: Jornal de Negócios

 

Se a Economia americana continua a dar sinais de vitalidade e se – sobretudo – as empresas americanas continuam a aumentar os seus lucros e sobretudo o crescimento dos seus lucros, como se explica esta sensível retracção do mercado de emprego nos EUA?

Pela deslocalização massiva que está a afectar o sector industrial e até o sector de serviços nos EUA… As deslocalizações estão a erodir as fontes de emprego nos EUA, em práticamente todos os sectores menos no da Distribuição. E este disparar do Desemprego está também na raíz da recente e humilhante derrota sofrida pela Administração Bush que AQUI refiro.

Na verdade é o próprio modelo económico neoliberal e neoconservador que está em causa… Em mais lado nenhum este foi aplicado de forma tão absoluta e completa e se está a falhar nos EUA… É porque as suas fragilidades estão finalmente a vir à superfície. É que com o aumento do Desemprego, o Consumo interno dos EUA vai cair, e com ele as Exportações que o resto do Mundo faz para os EUA.

Categories: Economia, Política Internacional, Sociedade, Websites | 8 comentários

Henschel Hs 117

Peso total: 420 kg

Peso explosivo: 23 kg

Impulso: 375 kg

Velocidade: 23 m/segundo


Imagem: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/de/thumb/8/80/Schmetterling_missile_20040710_151825_1.4.jpg/300px-Schmetterling_missile_20040710_151825_1.4.jpg

Henschel Hs 117 parte de uma proposta para um míssil anti-aéreo do Prof. Herbert Wagner datada de 1941, mas acreditava-se então que a Guerra estava praticamente ganha, pelo que o RLM recusou o projecto. Mas em 1943, o dominio dos ares pela Luftwaffe estava seriamente ameaçado pelo que a antiga proposta foi repescada e recebeu a maior das urgências. O trabalho foi entregue ao Dipl. Ing. Henrici e seria este investigador o responsável pelo lançamento no inicio de 1944 de um foguete sub-sónico com asas montadas lateralmente na fuselagem, estas, deveriam soltar-se altura em que o motor foguete Walter HWK 107-729 assumiria a impulsão do engenho. Para os lançamentos inclinados, estava prevista a utilização de um carril. O controlo era realizado através da rádio. Entre Maio e Novembro de 1944 foram realizados 21 lançamentos, em que os mísseis atingiram mais de 11.000 metros de altitude.

Em 1944, a “Kommission zur Brechung des feindlichen Luftterrors” escolheria o Hs 117 como ponto de partida para um míssil lançado do ar de grande calibre, assim surgiria a versão Hs 117 H, que não tinha motores de lançamento e que assim usava o peso por estes ocupados para aumentar a carga explosiva. Posteriormente, pensou-se manter a propulsão, mas usar em vez de um Walter, a turbina a reacção BMW 109-558. A versão Hs 117 H chegou a ser testada em vôos de planagem em 1944, e pelo menos 28 unidades conseguiram bons resultados. A 14 de Janeiro de 1945 o Prof. Wagner proporia uma versão melhorada, a que chamou “o S II (Schmetterling)” que seria aceite e que começaria pouco depois a ser estudada nas instalações “P IX” de Peenemunde, mas o Oberkommando der Luftwaffe não mostraria interesse pelo projecto, pelo que o desenvolvimento terminaria ainda antes de ser construído um protótipo.

Sabe-se que o Henschel Hs 117 chegou a ser usado operacionalmente, mas desconhecem-se mais pormenores.

O primeiro Hs 117 de série saíria da fábrica em Janeiro de 1945 prevendo-se uma produção mensal de três unidades mensais no pico da produção que se esperava alcançar em Novembro de 1945. Mas a 6 de Fevereiro de 1945 o SS-Obergruppenfuhrer Kammler, supremo responsável pela produção secreta ordenou o cancelamento da produção do míssil anti-aéreo.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

VBS: Programa para mudar uma parte do nome de ficheiro segundo certo critério

strComputer = “.”
Set objWMIService = GetObject(“winmgmts:” _
& “{impersonationLevel=impersonate}!\\” & strComputer & “\root\cimv2”)

Set colFiles = objWMIService. _
ExecQuery(“Select * from CIM_DataFile where Extension = ‘.ppdf'”)

For Each objFile in colFiles
strCopy = “C:\temp\aa\” & objFile.FileName & “.pdf”
objFile.Copy(strCopy)
‘objFile.Delete
Next

Neste caso, todos os ficheiros contidos na c:\temp\aa\ que tenham a extensão “.ppdf” passam para “.pdf”

Categories: CodeFarmPt, DefenseNewsPt, Informática | Deixe um comentário

As Ilhas Míticas do Atlântico: Tanmar

Também aparece com o nome Danmar. Faz igualmente parte do mesmo grupo de Antilia, Royllo e Man Satanaxia.

Categories: 9/11 Denial, As Ilhas Míticas do Atlântico, Economia, História | 1 Comentário

Quids S4-28: A que filme pertence esta imagem?

30.JPG

Dificuldade: 3

Categories: Cidadela dos Incultos, Quids S4 | 6 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade