Daily Archives: 2006/11/11

Gilberto Madaíl e o corrupto “Mundo da Bola”: Eles ainda querem mais do NOSSO dinheiro

O líder do gang de bandoleiros que gere a “Bola” em Portugal, Gilberto Madaíl declarou à Lusa que queria lançar a candidatura de Portugal ao Mundial de 2018, esperando para tal recolher o apoio do Governo. Madaíl referiu que os estádios babilónicos do Euro2004 (mais uma bela decisão deixada por cá por Fujão Barroso) precisariam apenas de “melhoramentos” para serem usados no Mundial.

Ou seja, esta torpe e frequentemente corrupta maralha infecta do Futebol prepara-se para nos sacar mais dinheiro dos nossos impostos em troca das merçês eleitorais que tantos votinhos têm botado nas urnas eleitoriais.

Será que Sócrates vai alinhar também ele nesta basbaquice nacional que é a “Bola” e alimentar ainda mais estes interesses escuros que se movem em torno da FPF e da Liga? Os construtores civis (sempre soberanamente influentes, mesmo neste Governo, como se vê pelos fenómenos Ota e TGV) já estão a alinhar atrás de Madaíl, salivando… E os cofres do Estado? Resistirão eles a novo “Bodo aos Pobres”?

Fonte: RTP

Categories: A Escrita Cónia, Política Internacional, Política Nacional, Sociedade Portuguesa | 5 comentários

Horten Ho VII V1

Função: Caça de Treino

Dimensões: Envergadura, 16 metros; Comprimento, 7.4 metros; Altura, 2.60 metros.

Peso: Vazio, 2.200 kg; Carregado, 3.200 kg.

Propulsão: Dois Argus-Schmidt AS-10-C de 240 cavalos.

Velocidade: Máxima, 340 km/h; Cruzeiro, 310 km/h; Aterragem, 100 km/h.

Pilotos: dois, sentados.

Armamento: nenhum.

O desenvolvimento de uma asa voadora Horten prosseguiu com o Horten VII, concebida não já como apenas mais um avião de ensaio, mas já como protótipo de um avião de treino para caças. As asas de madeira do Horten VII foram construídas pela Lln 3 e a secção central pela Peschke. O primeiro vôo teria lugar em Maio de 1943 com o piloto Heinz Scheidhauer e o persistente Walter Horten. A propulsão era recolhida de um motor Argus-Schmidt com eixos de extensão. No Outono de 1944 o Oberst Knemeyer levantaria vôo perante o olhar atento de Hermann Goering, depois do Reichsmarschall ter manifestado em observar pessoalmente o andamento do projecto. Goering pediu para ver o avião a voar apenas com um motor, o que o VII conseguiu facilmente. Em resultado desta visita, o RLM lançaria uma encomenda de vinte unidades do Horten VII.

Durante o mês de Fevereiro de 1945 quando o piloto de testes Heinz Scheidhauer tentava levar o H VII para Goettingen uma avaria no sistema hidráulico impediu-o de estender o trem de aterragem. A consequente aterragem de barriga danificou seriamente a asa voadora e esses estragos ainda não tinham sido reparados quando unidades do exército americano ocuparam as instalações a 7 de Abril. Perante a aproximação das forças aliadas, o H VII (assim como o H V) teria sido destruído pelos técnicos alemães.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | Deixe um comentário

As Ilhas Míticas do Atlântico: Ilha Perdita

Na “Imago Mundi” surge a referência a uma ilha denominada “Perdita”, a qual se diz “exceder de longe todas as terras em amenidade e fertilidade”. Contudo esta ilha merece bem o seu nome porque “é desconhecida para os homens. É por vezes avistada acidentalmente mas depois não torna a ser encontrada e por isso foi chamada Perdita aqui se diz que terá chegado São Brandão” (31).

Categories: 9/11 Denial, As Ilhas Míticas do Atlântico, Economia, História | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade