Daily Archives: 2006/11/09

Os mil milhões voadores

Segundo parece (José Silva Lopes em entrevista na SIC Notícias), o impacto das vendas de património, alienações e vendas de cobranças futuras realizadas durante o consulado Fujão Barroso (o mesmo que agora quer regressar como Presidente da República) terá um efeito muito palpável no OGE2007:

Mil milhões de euros.

Exacto. É quanto nos custará a todos nós a política cega e contabilística de Curto Prazo de Manuela Ferreira Leite e Fujão Barroso durante o penúltimo Governo do PSD.

No lugar de Marques Mendes, mantía-me calado quando se falasse de Deficit…

Anúncios
Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Websites | 7 comentários

Horten Ho IX V2

Função: Caça de teste.

Dimensões: Envergadura, 16.76 metros; Comprimento, 7.47 metros; Altura, 2.81 metros.
Peso: Vazio, 4.844 kg; Carregado, 6.876 kg.

Propulsão: 2 Jumo 004B-2 de 900 kg.

Velocidade: Máxima, 977 km/h, Cruzeiro, 690 km/h; Aterragem, 145 km/h.

Pilotos: um, sentado.

Armamento: nenhum.

Após os testes bem sucedidos com o protótipo não-propulsionado H VII V1, foi decidida a continuação do projecto H IX. A versão V2 já devia incluir duas turbinas BMW 003, recebendo o número 8-229 do Ministério do Ar.

Num movimento praticamente inédito na linha de asas voadoras da Horten, o aparelho possuía um trem de aterragem completamente retráctil (em que a roda do nariz seria a de um Bf 109 e as duas restantes de um He 177) e não incluía – uma vez que se tratava de mais um modelo de testes – nenhum tipo de armamento. Na continuação do V1, o piloto devia estar numa posição sentada normal. Entretanto, a BMW não conseguiu entregar motores 003 a tempo, pelo que foi decidida a sua substituição pelas Jumo 004 da Junkers, ora, estas unidades eram consideravelmente maiores que as da BMW o que implicou o redesenho estrutural do V2.

Um primeiro vôo excedeu todas as espectativas, mas num segundo, realizado a 3 de Fevereiro de 1945, o piloto abriu o paraquedas de travagem aerodinâmica demasiado cedo, danificando em consequência o trem de aterragem. Esses danos só seriam reparados a 18, altura em que foi realizado um terceiro vôo. Após 45 minutos sem problemas, os observadores em terra viram o aparelho mergulhar e subir várias vezes tentando reacender uma turbina que se tinha apagado. Ainda com o motor apagado, o piloto rodeou a pista várias vezes, até tocar violentamente o solo, provocando danos irreparáveis no modelo e provocando a morte do piloto de testes.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | 2 comentários

As Ilhas Míticas do Atlântico: Ilha das Uvas

Maeldun, um irlandês pré-cristão, é reputado como tendo sido o primeiro a visitar esta ilha. Maeldun terá bebido o sumo das suas uvas e caído logo depois num sono que demorou vinte e quatro horas. Ele e os seus companheiros, deixaram a ilha carregados de cachos de uvas (28). Os irmãos irlandeses Hui Corra numa viagem de penitentes também chegaram a uma ilha maravilhosa coberta de macieiras e com um rio de vinho (29).

O manuscrito irlandês “Voyage of Bran” proclamava que existiam “thrice fifty” ilhas destas. Por outro lado, na “Life of St. Columba” de Adamman’s menciona-se dois macacos que partiram em busca de ilhas desertas. O primeiro deles, de nome Baitan após uma prolongada estadia no mar alto, regressou a casa sem ter encontrado o refúgio que procurava. O segundo, Cormac, tentou encontrá-lo em três viagens sucessivas, mas sempre sem alcançar o sucesso que pretendia.

Categories: 9/11 Denial, As Ilhas Míticas do Atlântico, Economia, História | Deixe um comentário

Quids S4-25: O que é isto?

aaaha.jpg

Dificuldade: 5

Categories: Cidadela dos Incultos, Quids S4 | 9 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade