O “esquecimento” da Rua António Maria Cardoso

Se acedermos ao site do Condomínio de Luxo Em www.pacododuque.com encontramos um interessante caso de “Branqueamento Histórico” patrocinado pela Imobiliária do Grupo Amorim e revelado no jornal Público de 27 de Outubro:

1.JPG2.JPG

Século XIV… Dom Nuno Alvares Pereira… Casa de Bragança…

Tudo muito bonito e romântico.

“Esquecem” é que foi precisamente neste local, e neste edifício que a Amorim agora está a recuperar é que funcionou a sede da PIDE/DGS até Abril de 1974.

Coisa pouca, mas que pelos vistos não deve vender muitos condomínios de luxo.

Anúncios
Categories: A Escrita Cónia, Sociedade Portuguesa | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “O “esquecimento” da Rua António Maria Cardoso

  1. Pedro Tavares

    Os Portugueses são um povo fantástico, tão depressa faz uma revolução ( na verdade só as faz de forma esporádica ) como leva para o baú do esquecimento os motivos que levaram à revolução.
    Espero que isto seja uma característica única, de modo a que outros povos não cometam as mesmas imbecilidades, imaginem por exemplo (e não me atrevo a fazer comparações) a nova Polónia (europeia e capitalista) um dia vender um imóvel lá para os lados de Auschwitz, para que uns certos empresários criem um qualquer comdominio de luxo com SPA e tudo.
    Pode parecer aberrante mas a verdade é só uma, os ensinamentos “dados” à sociedade Portuguesa com o sofrimento durante o estado novo estão a cair no esquecimento e esse é a forma de não repararmos que corremos o risco de voltar a seguir a mesma estrada.
    Reparem que o branqueamento é feito de forma descarada, na cabeça de algumas pessoas o horror que aconteceu neste edifício é pura ficção.

  2. Quem quer viver num local onde foipraticada tortura e o crime. Medo de fantasmas?
    abraço

  3. Indignado

    Foi-se a PIDE, vieram os bandidos…, resultado: um País a saque!
    Os portugueses têm a consciência pesada da porcaria que têm feito. Sabem que quando havia PIDE, havia Justiça, liberdade e gente séria na governança. E agora?
    Se querem falar de tortura a sério, falemos da Formiga Branca e da carbonária, dos seus crimes políticos e religiosos (torturas, sevícias, assassinatos,…), abram os vossos horizontes, em vez de comerem toda a porcaria que os democratas (aqueles que nos saqueiam) vos lançam. Não foi por acaso que o Prof. Oliveira Salazar ganhou um concurso, apesar das democráticas manipulações que foram feitas para o evitar!

    • Sim e ser preso por pensar (e falar!) Tambem era porreiro à brava! E ser espancado! E torturado e posto na frigideira e viver num país miseravel, sem direitos nem desenvolvimento.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: