Daily Archives: 2006/10/20

Os EUA detonaram uma Arma Nuclear Táctica no Iraque?

Segundo algumas fontes (1 e 2) , as forças norte americanas no Iraque teriam detonado uma Arma Nuclear Táctica.

 

Este video, extraído de uma emissão da Al Jazeera, mostraria uma explosão de uma arma nuclear táctica numa posição ocupada pela Resistência Iraquiana, algures no Iraque. Se vierem o video até à posição 3:56-3:57 verão aquilo que levantou mais suspeitas quando este foi divulgado…

 

O video em questão apresenta um clarão branco muito brilhante que é compatível com a explosão de uma arma deste tipo, sendo muito mais intenso (numa escala de 1 para 100) e duradouro do que uma explosão de explosivos convencionais podendo ser explicado pela detonação de uma ogiva de 0,1 ou 0,2 Megatoneladas…

 

As armas nucleares tácticas, com potencias inferiores a uma megatonelada de explosivos (um milhão de toneladas de TNT) e até 0,1 foram concebidas para serem utilizadas no campo de batalha e têm uma área de acção muito inferior. Podem ser lançadas a partir de um canhão convencional.

 

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci, Política Internacional, Sociedade | 2 comentários

Anomalia 13: E os testemunhos variados (e de bombeiros) que falam de “huge explosions” dentro das Torres do WTC?

image_00001.jpg

 

image_00002.jpg

 

Fonte: Documentário “911 in Plane Site”, William Lewis

 

Factos:

 

Várias testemunhas no local referem “huge explosions” ocorridas pouco antes do colapso de cada uma das torres gémeas e do edifício 7 do World Trade Center. Um jornalista da MSNB, falando em directo fala de “4 explosions heard and felt”. Um repórter da MSNBC, Rick Sanchez, falando também em directo diz: “Police found a strange device that could lead to another explosion.”

 

O bombeiro, citado na primeira imagem (uma página revista americana People), de nome Louie Cacchioll, afirmou numa entrevista à revista People: “On the last trip up a bomb went off. We think there was bombs set in the building.”

E os bombeiros filmados na segunda imagem diziam uns para os outros: “Bombs detonated, floor by floor.” On the way down” (fazendo o gesto de que as explosões tinham ocorrido, andar após andar, até ao solo) e ainda… “It was if they had detonated the building”.

Hipótese:

A preparação de uma demolição controlada demora semanas, e por vezes meses… Dependem da potência e localização judiciosas dos explosivos e exige uma detonação controlada e precisa. Isto é… Seria impossível montá-las nos minutos após os impactos dos aparelhos… Ou seja. Os acontecimentos do 9/11 eram do conhecimento antecipado de alguém que pôde colocar bombas de demolição um pouco por todos os 3 edificios?

Categories: 9/11 Conspiracy, 9/11 Denial, As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi, MCSE: MOC2272 | 2 comentários

Bombas-foguete anti-aéreas de gás liquefeito

Durante o final do Verão de 1944 uma sucessão de enormes explosões destruiu quase completamente as refinarias de gasolina sintética de Ludwigshafen. Reclamadas pela propaganda aliada, após o final do conflito vir-se-ia a saber que o desastre tivera afinal origem numa fuga acidental de gás etileno, espalhando-se a explosão pelos contentores de gás circundantes e às instalações fabris nas cercanias. Uma comissão de inquérito enviada pelo T.A.L. (Technische Akademie der Luftwaffe). produziria um relatório em que se recomendava “a consideração de uma proposta feita à algum tempo sobre o estudo de bombas-foguete anti-aéreas de gás liquefeito”.

Nas instalações do T.A.L. nos Alpes Bávaros e juntamente com o centro experimental de Garmish-Partenkirken (conduzido pela Waffenamt), foram ensaiados pela primeira vez uns pequenos cilindros carregados de etileno no estado gasoso e no líquido avaliando-se os efeitos da sua detonação sobre asas e fuselagens de grandes aviões. A onda de choque resultante da explosão do cilindro (usando-se aqui o já referido sistema Zippermeyer) revelou-se eficaz até altitudes superiores a 15.000 metros. Contudo, para além as dificuldades com o sistema Zippermeyer, o perigo de explosão resultante do manuseamento desses materiais muito sensíveis a choques acidentais e a variações de temperatura, e principalmente a rápida consumação do efeito de choque da explosão foram tornados claros pelos primeiros modelos. Ponderou-se então a substituição do explosivo ou estabilizá-lo de alguma forma. Decidiu-se avançar pela primeira hipótese, prosseguindo o trabalho com a colaboração do Luftfahrtforschungsanstalt de Viena (L.F.W.) e de alguns técnicos italianos.

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | 1 Comentário

Quids S4-8: Como se chamava este homem?

gggg11.jpg

 

Dificuldade: 5

Categories: Cidadela dos Incultos, Quids S4 | 5 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade