Fi166: Caça-foguete de descolagem vertical

A proposta de von Braun para que Peenemunde estudasse um caça foguete de descolagem vertical embora não fosse aceite produzira um aparelho que seria entregue pela Luftwaffe à Fieseler. A partir do Outono de 1941 arrancaram imediatamente os trabalhos em versões guiadas do míssil A-5 com testes reais daquele que deveria ser o sistema de aproximação automática do interceptor. Nos finais de Novembro, a Fieseler tinha terminado o desenho produzindo seis versões, umas utilizando propulsão foguete, outras com um foguete de descolagem semelhante ao do A-5 e motor a reacção para vôo a altas altitudes. O Arsenal da Whermacht prosseguia entretanto a parte que lhe cabia, a do desenvolvimento de motores para o aparelho. Numa reunião de Dezembro desse ano decidiu-se que todos os recursos disponíveis seriam concentrados na versão de interceptor tripulado devido aos grandes custos de um míssil automático, vencendo assim a posição defendida por von Braun. Apesar dos bons progressos que o projecto estava a registar a Luftwaffe retiraria o seu apoio ao projecto em Janeiro de 1942, ao que Dornberger criticava a Luftwaffe pelo repetido abandono de projectos comuns e que até que a Luftwaffe se decidisse e desse os recursos humanos indispensáveis “these totally useless meetings over future hopes will cease and you gentleman will alone concentrate on the development of the A-4.”

Categories: As "Armas Secretas" da Alemanha Nazi | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Fi166: Caça-foguete de descolagem vertical

  1. É sempre agradável vir aqui ler estes artigos com que nos mimas. O Pires já falou contigo?
    Abraço

  2. O Rui é um dos pioneiros no que diz respeito a falar destes assuntos na língua de Camões! Está a fazer um trabalho fantástico para quem se interessa por estes assunto e não só!

    Abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: