RepórterGrunho: O AntiCívico

image_00134.jpg

Esta imagem foi recolhida à frente do Centro Comercial Acqua, na Avenida de Roma em Lisboa… Mas certamente que se repete todos os dias, em todas as ruas e avenidas da maioria das cidades (e aldeias?!) portuguesas:

Um taxista (neste caso, um taxista de luxo porque o táxi não estava identificado além de um tímido autocolante “A”) interrompe uma rua inteira durante uns bons 10 minutos para retirar calmamente a bagagem do passageiro, fazer os pagamentos, passar os recibos, etc.

Isto faz-se tudo não em dupla fila (o que já seria mau) mas interrompendo totalmente a circulação e tendo a uns escassos vinte metros um espaço para estacionamento temporário.

Enfim!

Categories: RepórterGrunho | 11 comentários

Navegação de artigos

11 thoughts on “RepórterGrunho: O AntiCívico

  1. Não em Lisboa, mas no Porto, situações como esta acontecem todos os dias o que demonstra o civismo da nossa população! O simples e tímido autocolante “A” permite-lhes (pensam eles) interromper impunemente a circulação!

    Explicar-lhes o contrário é que é um pouco mais dificil, mas há que tentar!!

    Saudações infernais!

  2. não é que os taxis norais sejam muito melhores… mas estes “A” consguem ser ainda mais anticívicos que os primeiros… talvez tanto quanto os famigerados (mesmo na sua pp classe) “taxistas do aeroporto”.

    de qq modo, em Portugal usa-se e abusa-se do “estacionamento em 2ª fila”… perante a passividade generalizada das autoridades, infelizmente…

  3. Passei para ver esta agradável e sempre interessante página, onde me delicio nesta madrugada, e também para desejar bom fim-de-semana.

  4. Belzebu, exactamente no Porto é mato!
    É a vergonha dos taxistas, não gosto de taxistas pois têm a mania que é tudo deles!
    Taxistas deviam ter tipo condutores de empresa uma placa a dizer, “Sou bom condutor? Não? Ligue bla bla”. E ao fim de uns pontos negros tirarem a licenca de taxista!

    Abraço

  5. jofre: Obrigado! Volte sempre!
    dml: olha q é uma excelente ideia… pena é que ninguém com peso na governação leia este blog…

  6. Sei do que falas. Também eu fico maluco com afalta de civismo de algumas pessoas que, mesmo vendo que estão a prejudicar não mexem uma palha. E, não estou só a falar de taxistas.
    abraço

  7. infelizmente não só os A ou os táxis a fazerem este tipo de estupidez.
    a falta de civismo de 99,9% dos condutores portugueses é de tal modo gritante que preferem , em 125% das vezes estacionar em 2.ª fila ou impedindo outros veiculos de sairem do estacionamento do que colocarem o carro no estacionamento ou colocarem também uma moedinha.
    esse “mister” deveria ter levado um tratamento choque bem como o carro, havias de ver se não aprendia.
    um abraço

  8. kaos: sim… nada me irrita mais do que aqueles que param o carro em segunda fila, travando toda uma via de trânsito só para tomar café! e encontro disto todos os dias!

    josé: bem… eu bem que lhe fiz uns sinais… o tipo olho, viu e virou a cabeça… deve estar mais do que habituado. (e não, não era desses… era só um ok irónico com os dedos para lhe dar os parabéns pela linda atitude).

  9. é o pão nosso de cada dia, é uma rebaldaria tremenda , cada vez enos os cidad~es teem menos respeito uns ppelos outros, educação civica precisa-se

  10. parece q agora já têm essa disciplina nas escolas.. mas será que as Escola conseguiraão vencer a má educação (ou nula) que muitos de nós damos aos nossos filhos?… o problema, como sempre, começa em casa… e no exemplo dos nossos pais… e ans matrizes induzidas nas nossas mentes pela Inquisição, pelo Salazarismo e pelos excessos da Abrilada…

  11. luis nogueira

    parece que voces tem dor de cotovelo ao ver os “A”s a passar pelos corredores BUS e voces paradinhos no transito a olhar!!! ou é de nos nao usarmos cinto?? Venham para motoristas de Taxi e andem o dia todo no transito e depois venham para aqui meter o vosso comentario…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: