Do Eminente Fracasso do “Apito Dourado”

“O Apito Dourado prometia ser a maior investigação alguma vez feita ao futebol português. Havia indícios de corrupção, os principais dirigentes desportivos tinham sido detidos ou viam-se enredados no escândalo, mas dois anos e meio depois pouco resta, para além da divulgação sucessiva de escutas telefónicas e da exposição pública dos “vícios” dos principais rostos do futebol. O processo principal continua à espera que seja declarada aberta a instrução. A ameaça de inconstitucionalidade do diploma que define a corrupção desportiva ou a possibilidade de virem a ser anuladas as escutas telefónicas prometem transformar esta investigação em mais um fracasso. A comparação com o escândalo italiano é, por isso, inevitável. A realidade que as autoridades transalpinas encontraram não é muito diferente da portuguesa. Mas em Itália, um dos mais emblemáticos clubes do Mundo já foi punido com a descida de divisão – a Juventus milita agora na série B – e outros, como o AC Milan, começaram o campeonato com um desconto considerável de pontos.”

Fonte: Tânia Laranjo in Público de 20 de Setembro de 2006.

A corrupção no Futebol é um fenómeno alargado a todos os grandes clubes de fubetol portigueses e – aparentemente – a quase todos os demais. Os dois grandes “papas negros” da Bola portuguesa, Valentim Loureiro e Pinto da Costa, parecem, em particular, profundamente enredados numa teia que urdiram para favorecer os seus próprios clubes e interesses. Contudo, a Justiça deixou passar em relação a estes dois nebulosos personagens a impressão da impunidade… Depois de prisões espectculares, os dois energúmenos foram soltos e pavonearam-se longamente sobre a sua impunidade, insultando assim a Justiça, o próprio Estado d Direito e a Democracia. Os falsos pruridos de algumas falsas virgens alojadas no Benfica não ajudaram para a credibilização do pantanoso mundo dos dirigentes de futebol… E contudo, estes, de Loureiro a Veiga continuam massivamente populares entre os portugueses, a qual maioria parece pouco importar se um dado campeonato é ganho por jogos de bastidores ou através da verdade desportiva, e este fenómeno é talvez o mais triste de todo este processo… É que se os tribunais falhassem havia pelo menos a censura da Opinião Pública para punir estas personagens, mas esta parece demasiado cega pelos seus fervores clubísticos para punir quem quer se seja… A própria Justiça parecem contagiada por esta “cegueira clubística” ora “perdoam” escandalosamente a dívida fiscal da Liga de Clubes, ora deixam surgir convenientes suspeitas sobre a “ameaça de inconstitucionalidade do diploma que define a corrupção desportiva”…

Tudo caminha para mais uma vitória do corrupto “Mundo da Bola” sobre Portugal…

Categories: A Escrita Cónia, Sociedade Portuguesa | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “Do Eminente Fracasso do “Apito Dourado”

  1. É que nao tenha duvidas, é mais um para os arquivos…

  2. E porque é que havia de ser ao contrário? Então esses rapagões não são imaculados?

  3. nito

    é o arquivo dourado..

Deixe uma Resposta para de Matos Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: