A “Democracia Ocidental” entre duas Paredes: A “Corpocracia” e o “Islamismo Radical”

Como escreveu certa vez Winston Churchill: “A Democracia é a pior forma de governo, exceptuando todas as outras formas que foram tentadas ao longo dos tempos”, esta é a forma de Democracia que geralmente se designa por “Ocidental” e que após a Queda do Muro de Berlim se tornou numa espécie de “Pensamento Único”, de única forma de Governo aceite na Comunidade Internacional e que se estende a praticamente todo o mundo, com excepções mais ou menos contrastantes na Coreia do Norte, China e sob formas mais ou menos ilusórias na maioria do Terceiro Mundo e em parte significativa do “Ocidente”.

Sendo imperfeita, é a melhor forma de governo que conhecemos, mas é também hoje alvo de intensa pressão por parte dos dois extremos que a rodeiam de um lado e de um outro, e que a tentam transformar em mero formalismo tecnocrático e de Realidade em Aparência e que vão logrando, pouco a pouco, mas sensívelmente, cumprir a sua missão…

De um lado, temos a Globalização, na forma de “Corpocracia”, ou “Governo das Corporações”, com as suas hostes de arregimentados do Pensamento NeoLiberal e NeoConservador (não confudir com “Liberal” ou com “Liberalismo”) que não passam de Testas de Ferro para o Poder imenso e esmagador de um número cada vez mais reduzido de Multinacionais gigantescas mais ricas que muitos países. Capazes de alistar nas suas hostes propangandísticas comentadores e “opinion makers” um pouco por todo o mundo e dando-lhes Voz através de um domínio cada vez mais intenso de todos os Media, da Televisão à Rádio, passando pela Imprensa Escrita e por muitos jornais electrónicos. Este movimento tenta levar a Democracia à dormência e à passividade, provocanco intencionalmente altos números de Absentismo nas eleições dos países ocidentais, enquanto os seus Lobbies controlam cada vez mais directa e absolutamente os governos eleitos e orientam as suas políticas, frequentemente em direcções opostas aquelas prometidas nos programas eleitorais.

Do outro lado da barreira de pressão, temos os fundamentalismos… E destes, o mais poderoso, radical e fanático: o fanatismo islâmico. Disposto a todos os sacríficios, ignorando a distância entre “inocentes” e “combatentes”, desprezando qualquer dificuldade no mundo terreal, porque espera mil recompensas (e 42 virgens) no mundo celestial… Capazes de tudo para fazer cumprir a promessa do Profeta, os Islamitas radicais almejam à refundação de um “Império Islâmico” desde a Ibéria à China, num imenso manto de obscurantismo, perseguição política e restrição de pensamento que reduziria todas as sociedades subjugadas a células de um imenso organismo islâmico onde o Pensamento possível seria apenas o consagrado no Corão.

De um lado, os poderosos interesses económicos das Multinacionais globais, do outro, o Islamismo radical.

No meio… Estamos nós. E o a nossa “Democracia Imperfeita”, mas… Possível.

Anúncios
Categories: Sociedade, Wikipedia | 8 comentários

Navegação de artigos

8 thoughts on “A “Democracia Ocidental” entre duas Paredes: A “Corpocracia” e o “Islamismo Radical”

  1. nito

    Não me parece que este seja o sistema perfeito, existem outros é verdade, não sei qual será o melhor. Este não acho que seja.
    No passado Domingo passou um documentário no canal estatal por volta da 03.00h segundo consta, vi os primeiros 12 min hoje.
    Devia ter passado por volta das 20.00. “Loose Change”
    Vejam o democracia no seu melhor…
    Anarquia, Comunismo, ditaduras extremistas de esquerda ou direita (só muda a cor), democracia, monarquia, ou seja, como controlar um estado, os seus recursos e pessoas em proveito próprio ou de grupos de interesse.
    Desde que o homem se reuniu em pequenos grupos que assim acontece..
    Agora está é mais camuflado com outras soluções…

    abraço a todos

  2. Como se costuma dizer, no meio é que está a virtude…
    Um Abraço.

  3. No meio estamos nós, á espera de uma reestruturação completa das mentalidades, para uma mudança que se quer melhor e possível…
    Ai meu amigo Rui, voltei mas estou com tudo atrasado. Aqui tanta coisa boa e que me interessa ler, mas os ponteiros que não param… que feliz era o mundo se n houvesse certas invenções que nos condicionam totalmente.
    Virei com mais tempo, entretanto deixo um forte abraço

  4. outsider: sabes q essa frase era de Platão? precisamente o “inventor” do modelo das autocracias de Hitler e Estaline…
    tb: para mudar o Mundo, é preciso mudarmo-nos antes a nós próprios, é a velha história…

  5. Ludovicus Rex

    Excelente Artigo.
    Temos ainda aqueles que pensam que um outro mundo é possivel.
    É só haver vontande e união entre o povos.

  6. Não fazia ideia. Já me enriqueci mais um pouco!!! Obrigado Rui.
    Um Abraço.

  7. A perfeição é impossivel, mas deve ser o nosso objectivo deve ser sempre melhorar. Neste caso fazer com que quem nos governa trabalhe para melhorar a vida de todos sem ceder à corrupção e ao dinheiro que o poder económico lhe promete. Dificil, mas possivel se forem as pessoas certas a ocupar os lugares certos.
    abraço

  8. Vamos regar esse feijão que já nasceu e está a crescer, tudo depende do esforço pessoal de cada um de nós, em carregar todos os dias um balde de água do poço, que até não fica tão longe assim… até ele. O sol está a fazer o seu papel, a terra também já ajudou a germinar a pequena semente, o ar está a incentiva-lo e a indicar-lhe o caminho para as alturas, agora só precisa de água que apenas nós seres humanos podemos acartar. Um Bem-haja a todos vocês que tem fé num mundo melhor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: