Daily Archives: 2006/08/22

A “Utopia Comunista” no Centro da Alemanha: “Kommune Niederkaufungen”

Perto de Kassel, no coração capitalista da Alemanha, prospera uma espécie de “Utopia Comunista”. Conhecida como Comunidade “Kommune Niederkaufungen”, o projecto de economia solidária e colectiva pretendeu desde o início respeitar conceitos como a Ecologia, o recurso a energias alternativas e, principalmente, a superação dos princípios capitalistas.

O projecto começou em 1976, quando um grupo de alemães decidiu fundar uma comunidade que colocaria o indivíduo no centro das relações económicas, substituir o individualismo pelo sentimento do grupo e substituir o Lucro pelo trabalho em prol do Bem Estar colectivo. Actualmente, a comunidade continua a existir e alberga 75 pessoas.

Os habitantes de Niederkaufungen suprimiram a divisão do trabalho em tarefas e a hierarquia laboral, assim como a ideia de que diferentes funções devem receber remunerações diferentes. Os rendimentos da Comunidade são sempre divididos de igual forma por todos os moradores.

Os moradores podem escolher livremente o tipo de trabalho que querem executar, entre uma lista de 12 tarefas diferentes, e que incluem actividades como o trabalho na cozinha, na marcenaria, na loja de produtos orgânicos, no jardim-de-infância, no local para acolhimento de idosos, etc. As tarefas são escolhidas de acordo com as competências de cada um e de acordo com as necessidades colectivas.

A Comunidade “Kommune Niederkaufungen” não está fechada à comunidade que a rodeia, e o o jardim-de-infância e o centro para idosos funcionam, nomeadamente, virados essencialmente para o mundo exterior. A loja de produtos orgânicos vende para toda a região de Kessel e o combustível fabricado a partir da semente da colza produzida na Comunidade é vendido no munícipio de Kessel.

Este é o único “Socialismo” possível. Não se trata aqui do Socialismo de Estado, imposto a partir de um topo autocrático, frio e cruel, na boa tradição estalinista, que pela sua separação ao Povo, não pode tardar a descambar para linhas de conduta “necessárias”, onde os “fins justificam todos os meios”. O verdadeiro “Socialismo” só pode começar a partir de dentro, entre nós, as pessoas comuns, ignorando e à revelia de um sistema político cada vez mais autofágico e circular onde duas dezenas de famílias se perpetuam no poder desde finais do século XIX…

O modelo da “Kommune Niederkaufungen” não é contudo o nosso preferido… Em lugar desta “utopia comunista” (que parece funcionar, ou não existiria desde 1976…) preferíamos uma comunidade de cidadãos livres, detentores da sua propriedade e partilhando outra com a comunidade, na boa tradição comunitária medieval portuguesa. Comunidades sonhadas por E. F. Shumacher e por Agostinho da Silva, em tempos e locais diferentes, mas semelhantes na concretização…

Seriam comunidades “liberais” no sentido, em que o Estado central (federal ou confederal) existiria apenas como monopólio da violência (Defesa, Polícia, etc) e da representação exterior (embaixadores e negócios estrangeiros), tudo o mais, desde o corpo legislativo à economia, seria local e próximo, um segundo o modelo da “Federação de Municípios” proposta por Agostinho da Silva…

Fonte: www.dw-world.de

Anúncios
Categories: Economia, Política Internacional, Sociedade, Websites | 2 comentários

O Brasil vai receber em Setembro os dois primeiros Mirage 2000-C

Os dois primeiros caças Mirage 2000-C em segunda mão de um lote total de doze, comprados pelo governo brasileiro no ano passado deverão chegar no começo de Setembro.

Os restantes aparelhos ainda estão em uso na força aérea francesa e só serão entregues depois de sofrerem uma revisão completa.

No Brasil, a decisão de adquirir estes aparelhos foi muito mal acolhida em muitos círculos. Os aviões pertencem à versão mais antiga do aparelho, a C/B, mas ficarão em mais de 80 milhões de euros (com peças e acessórios), um preço considerado exagerado por muitos que defendiam a opção russa Sukhoi Su-35 (ver aqui) que oferecia um verdadeiro caça de 5ª geração que poderia além do mais ser parcialmente construído no Brasil, mas que seriam consideravelmente mais dispendiosos (700 milhões de euros).

Os Mirage 2000-C vão cumprir as mesmas missões dos Mirage IIIEBR que deixaram de voar em 2005 e serão – promete o governo brasileiro – uma solução temporária até á retoma do congelado projecto F-X que deverá dotar a FAB de um caça moderno até pelo menos o ano de 2011.

 

Fontes:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u110351.shtml

http://www.defesanet.com.br/fx/mirage2000_achat.htm

http://www.panoramabrasil.com.br/noticia_completa.asp?s=Home&p=conteudo/txt/2006/08/19/21699252.htm

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | 15 comentários

Óleo vegetal de cozinha… no motor do seu automóvel !? (1/2)

Existem desde há alguns anos motores que podem ser instalados em qualquer automóvel e que podem consumir apenas óleos vegetais. Tratam-se dos motores Elsbett (também conhecidos como “Motores Elko”), que são uma versão do motor a Diesel convencional adaptado para funcionar com óleo vegetal.

A tecnologia foi desenvolvida especialmente na antiga União Soviética e, no Ocidente, no Brasil, onde uma empresa local, a “Grupo Garavello” investiu no projecto, mas sem sucesso. Actualmente, a Elsbett AG alemã continua a existir e com relativo sucesso nesta época de aumento explosivo do preço do Petróleo, adaptado para suportar vários combustíveis, razão pela qual é também conhecido como “motor multicombustíveis”. Estas empresas comercializam kits de conversão que podem ser instalados em qualquer veículo com motor diesel de modo a adaptá-lo para que possa funcionar exclusivamente com óleo vegetal.

A empresa opera desde a década de oitenta, comercializando o seu motor Elko, de invenção do seu fundador, o engenheiro Ludwig Elsbett, o qual nas palavras do fabricante “é um motor de ciclo diesel semi-adiabático optimizado para funcionar com quase todos os tipos de combustíveis, sem alterações.”

Actualmente, em toda a Europa, haverá mais de 20 mil veículos transformados e usando quase exclusivamente óleos vegetais comuns (sobretudo Óleo de Colza) abastecidos “em casa” ou através de uma rede de camiões com reservatórios de mil litros.

Em termos de custos, estes podem ser consultados aqui, mas, por exemplo, um upgrade a motores TDI da Volksragen (Audi, Skoda, Seat, Volvo, etc) ou a um motor dTu da Renault ficaria em 1700 euros + IVA, um valor que desce para 1300 euros se fôr escolhido o kit de conversão da Greasecar…

O uso massivo de óleos vegetais é uma opção muito séria e antiga (de facto, o próprio inventor do motor Diesel, o engenheiro alemão Rudolf concebeu o seu motor para funcionar apenas a óleo de amendoim… e isto em 1870…). Devia portanto ser seriamente considerada pelo nosso país e pelos nossos governantes… Seria uma fonte potencial de independência energética num país cronicamente dependente das importações de petróleo, reduziria significativamente as emissões de Carbono que vão levar ao pagamento de multas no âmbito do Tratado de Quioto, e, sobretudo, poderiam reanimar a vida do Campo, induzindo ao regresso aos campos, criando emprego, sustentabilidade regional e poderia, inclusivé, transformar Portugal num… Exportador de combustíveis.

Para saber mais:

http://www.noendpress.com/caleb/biodiesel/index.php

http://www.emnw.org/emnw-vgo.html

http://www.switchbiofuels.com/category/history/

http://www.greasecar.com/

Se gostou deste artigo, adicione-o nas redes de notícias colaborativas:
DoMelhor.net (Portugal) DoMelhor
(Portugal) ou
Chuza.org (Galiza) Chuza
(Galiza) ou ainda em
Adicionar esta not�cia no Linkk Linkk (Brasil)

Categories: Ciência e Tecnologia, Ecologia, Economia | 33 comentários

Quids S2-39: Como se chama esta actriz?

g03.jpg

Dificuldade: 3

Categories: Genealogia, Quids S2 | 13 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade