Um míssil intercontinental russo “Topol-M” atinge o seu alvo na Península de Kamchatka

A Rússia testou com sucesso um míssil intercontinental lançado a partir das suas instalações no extremo norte, em Plesetsk. O míssil intercontinental Topol (CC-25, na sua designação Ocidental) foi lançado a partir um veículo e caiu sobre um polígono préviamente preparado para o efeito pelas forças russas estacionadas na Península de Kamchatka.

Desenhado na década de 70, o RT-2PM provou que continua a ser um míssil capaz de cumprir as suas missões e que o actualmente arsenal de 360 mísseis semelhantes continua funcional.

O Topol é um míssil móvel de três estádio e uma única ogiva. Mede 29,5 metros de comprimento e 1,7 de diâmetro. Pesa mais de 1000 Kg e pode entregar a sua ogiva a um alcance máximo de 10,500 Km com uma precisão (CEP) de 900 metros. O facto de ser um míssil móvel aumenta sua taxa de sobrevivência e torna-o numa das armas mais temíveis do arsenal nuclear russo.

Este lançamento serviu o propósito de demonstrar ao mundo que a Rússia continua a ser uma potencia nuclear e que a operacionalidade das suas forças nucleares continua elevada, apesar do deficiente financiamento dos últimos anos, agora aligeirado com o incremento das verbas oriundas do aumento do preço do petróleo.

 

Fontes:

http://mosnews.com/news/2006/08/03/missiletest.shtml

http://en.wikipedia.org/wiki/RT-2PM_Topol

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci, Política Internacional, Sociedade | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Um míssil intercontinental russo “Topol-M” atinge o seu alvo na Península de Kamchatka

  1. A Rússia vem modernizando seu arcenal núclear, testando novas armas núcleares e novos sistemas, que podem aniquilar os EUA, a Rússia vêm acompanhamdo o desempenho da ecônomia Chinêsa.

  2. Lufe

    Adivinha pq os EUA morrem de medo dos russsos e sempre estão em pânico qdo decola um bombardeio como o TU-160. Hehehe. Nada como ter ogivas de hidrogênio para tirar a América do mapa se não se comportar direito e respeitar o território dos demais países. Viva os russos.

Deixe uma Resposta para LCV Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: