O US Marine Corps completou recentemente um vôo sem paragens através dos EUA com um par de MV-22B Ospreys

 

O US Marine Corps completou recentemente um vôo sem paragens através dos EUA com um par de MV-22B Ospreys. O vôo demorou nove horas e estendeu-se por mais de 3889 Km, com dois reabastecimentos em vôo. Uma vez chegados a Miramar, na Califórnia, os aparelhos fizeram o vôo de regresso, ats New River, North Carolina.

A missão deste vôo era a de demonstrar a capacidade do aparelho para longas horas de operação e o uso de tanques de combustível auxiliares e de dois tanques adicionais internos.

Fonte: Combat Aircraft, Setembro de 2006, Reino Unido.

Categories: DefenseNewsPt, O Código da Vinci | 7 comentários

Navegação de artigos

7 thoughts on “O US Marine Corps completou recentemente um vôo sem paragens através dos EUA com um par de MV-22B Ospreys

  1. que se preparam para usar na guerra…como sempre a tecnologia que deveria ser colocada para que o homem usufruisse de mais tempo livre para se realizar como pessoa, é usada para aniquilar o próprio homem…enfim!
    Admiro do ponto de vista tecnológico que é uma coisa fantástica. mas…

  2. nito

    é engraçado mas não original …vejam…

    http://www.luft46.com/misc/wes1003.html

  3. Uma boa máquina! Sem a capacidade dos grandes helis, mas acaba por colmatar essa inferioridade com a sua velocidade, acabando por ser mais eficiente.

  4. O Nito tem razão. Esta é uma ideia “já com barbas”, mas que só agora encontrou um nicho operacional.

  5. tb: infelizmente, ainda é necessário que tenhamos capacidade de nos defendermos… onde estaríamos nós se os Aliados não tivessem tido as armas suficientes para bater o Eixo? Quanto melhor viveriam os tibetanos se tivessem tido a força militar para repelir os invasores chineses? Quanto sofrimento não poderia ter sido evitado?… Enquanto houver um agressor, teremos que ter armas (ao nível dos Estados, não ao nível dos Particulares, claro!)

    nito: é verdade… aqui como em muitos outros projectos, os alemães foram percussores…

    sá: o osprey teve de facto um percurso muito atribulado, devido às dificuldades técnicas do passagem de vôo vertical a horizontal, mas a ter em conta esta notícia, estas parecem estar todas ultrapassadas…

  6. nito

    rui:
    não discordo, alias as guerras (infelizmente) por vezes acabam por ser motores de desenvolvimento para tecnologia, medicina, indústria etc…
    Algumas coisas são revoltantes (agente laranja que continua a fazer vitimas no vietnam) outras permitem o homem alcançar o impossivel (se não fosse as V1 e V2) se calhar nunca teriamos enviado o Sputnik ou pisado a Lua, ou ter satelites de comunicação e serviços que nos permitem ter 150 canais, T-moveis,etc…

    Tal como as quadrigas e o cavalo (arqueiros, Hunos,etc..) foram revolucionários para a guerra no seu tempo, permitiram o desenvolvimento de estradas e transportes…
    já agora se tiverem oportunidade para dar uma vista de olhos no livro de John Keegan “History of Warfare”, vale a pena…

    abraço

  7. enqaunto houver Violência no corção do Homem, há-de haver Guerra, pq a Guerra é a expressão da Violência nas Sociedades… Só cessarão as guerras assim quando todos os Homens escolherem pela via do fim do Sofrimento e do Desejo (material), mas esse dia estrá ainda longíquo… para que os iníquos e para que as sociedades por eles dominadas (as economias neocons, os “comunismos” radicais estalinistas e chineses e os fanatismos cristão e muçulmano) não nos consigam impôr os seus modelos de Vida e de Opressão, o Homem, e nele, as Democracias (forma imperfeita de governo, mas preferível às demais) terão que se armar e defender… Contudo, isso não parece impedir abusos por parte delas… veja-se a conduta de Israel no Líbano, dos EUA no Iraque, etc, etc.

    Mas os mecanismos democráticos parecem ser mais capazes de travar a agressão e a violência do que qualquer forma de Ditatura, embora actualmente sofram bastante da imensa pressão das multinacionais e da grande finança e que estas manipulem por via dos Media as massas votantes, o que se arrisca a comprometer os próprios mecanismos de autoregulação do sistema e a torná-lo de uma Democracia, numa… Plutocracia.

    Se é que já não o é…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: