Um budista deve concentrar toda a sua atenção no momento presente

Um budista deve concentrar toda a sua atenção no presente, no momento em que vive a cada instante e abstrair-se de tudo aquilo que rodeia esse momento. Este é o passo principal para que se consiga abandonar todas as ilusões que permanentemente nos provocam. O passado é aquilo que foi, e como diziam os filósofos estóicos “já foi, logo já não é” (não existe). O futuro, de igual modo, não é, porque “ainda não existe”. E vivermos no Passado ou na ânsia do Futuro faz com que sejamos de apreciar e utilizar devidamente o momento presente, o qual deve ser encarado recorrendo à disciplina ética e moral oferecida pelo Caminho Óctuplo.

Anúncios
Categories: Budismo, Política Nacional | 7 comentários

Navegação de artigos

7 thoughts on “Um budista deve concentrar toda a sua atenção no momento presente

  1. estou de acordo com esse princípio. Ajuda sobretudo a centrar no que importa. Porque o passado já era e o futuro não existe. Há pessoas que vivem angustiadas com o futuro de tal modo que deixam a vida fugir passando ao lado do que é importante.
    (Olha lá Rui, porque é que o teu link ainda vai ter ao endereço anterior?) Embora para mim n faça falta pois que tenho o link directo no meu blog.
    Beijinhos

  2. Está aí algo que eu havia esquecido há muito tempo… e que não cesso de buscar relembrar

  3. “…o subjetivo humano: Penso, talvez eu exista! Descarto qualquer plágio.” Extraí de um texto escrito por mim meses atrás. Vejo o budismo como uma referência, entre a natureza e a existência pura e serena, um pouco “zen” frente à realidade que nos cerca diariamente.
    Quem vive de passado são os museus claro, mas a história e o futuro de cada pessoa se perpetua através de nossas próprias mãos. Devemos manter essa “harmonia” interna e manter o equilíbrio no compasso natural.
    Abraços para tí meu caro!

    Sempre modificando teu blog…legal! Quase que me perdí ainda bem que o tenho linkado aos meus favoritos!

    Fique bem!

  4. Hoje, ao ver o pôr do sol, na praia, eu descobri que o melhor remédio para a nostalgia, é observar o horizonte… Procurar nele a linha sombreada por Deus, que sempre nos mostra o limite ténue entre o passado e o presente, assim, entre o céu e o mar.

    Belíssimo post.

  5. Entre o passado e o futuro, queria eu dizer…
    Sorry…

  6. Um maneira de ver o mundo em que se esquecem os rancores e não se anteveem as tristezas. Talvez uma formula de felicidade possivel
    abraço

  7. eu nao tomaria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: