Daily Archives: 2006/06/22

Lost (Perdidos): S2E16 e S2E17

lostwth0hq.jpgdharmadoor28ew.jpg

Finalmente, consegui tempo suficiente para ver os dois últimos episódios de Lost… E que episódios… Embora o S2E16 se dedicasse sobretudo à questão da gravidez do casal sul-coreano, o S2E17 deixou no ar quatro importantes contributos para o aclaramento dos mistérios de Lost…

1. A dado momento, John Lock e o “Balonista” são encerrados no interior da Estação Cisne pela descida automática de portas blindadas. A existência desta protecção, activada por um sistema automático, indica que se trata de um sistema concebido para proteger a zona central da Estação, a zona habitável, contra um perigo do exterior… Recordemo-nos de que o “vigilante” Desmond já vivia na Estação em regime de quase permanente reclusão… De que protegeria este sistema? Contra os ursos polares? Contra o “monstro”? Contra uma explosão? De qualquer modo, parece haver uma ameaça eminente, mas não é certo qual ela seja.

2. Existe um local onde são deixados periodicamente mantimentos por via aérea… Explica-se assim a existência de uma tão farta despensa… Os abastecimentos não são feitos por via marítima, mas deixados cair por paraquedas num local pré-determinado. Não existe assim contacto directo com o mundo exterior, mas a tese do “Mundo do Além’ sofre um importante revés… Se estão no Além, como se explica que exista um avião que venha do “Mundo dos Vivos” e deixe mantimentos na Ilha?

3. O “Balonista” é desmascarado… Embora tenha conseguido de Locke a promessa de que este o defenderia “a todo o custo” Henry Gale, revela-se finalmente naquilo que é: um “Outro”… Os próximos episódios prometem ser interessantes, mas parece-me inevitável, que o “Balonista” consiga fugir com a ajuda de Locke, ou a série entraria num impasse…

4. Por fim, quando as portas blindadas estão descidas e são ligadas as luzes azuis de emergência, John Locke, consegue ver desenhado na sala central um mapa… Invisível a olho nu, o mapa, desenhado provavelmente por Desmond ou por um dos seus antecessores na Estação Cisne, revela todas as sete “estações” existentes na Ilha, circundadas por hexágono, comum ao presente no logotipo da Dharma Initiative.

A Estação na posição mais inferior no mapa tem uma seta a apontar para ela e o desenho de um cisne no centro, indicando que se trata a própria ‘Estação Cisne”. Esta é também a que apresenta um mapa mais detalhado, o qual mostra um segmento dos túneis que foi cortado, como se explica no episódio S2E02, provavelmente depois da anomalia magnética que Jack observa no lado acessível desse corredor.

O desenho de quatro destas sete Estações é muito simplificado, indicando que Desmond conhece a sua existência, mas que nunca as visitou. Perto do topo do mapa, surge uma estação que parece riscada, como se não existisse já, ou tivesse sido abandonada. Esta será muito provávelmente a Estação onde se refugiaram os sobreviventes da secção da cauda do vôo da Oceanic, que a encontraram vazia e abandonada já há muito tempo. Ao lado desta, existe uma sétima Estação, que apresenta um corredor e uma sala na extremidade, o que indica que Desmond (ou um seu antecessor) conheciam a sua existência, função e mapa… Provavelmente, tratap-se da “Estação Caduceu”, a estação médica, onde se desenrola o episódio que descreve o rapto de JJJJJ, o S2E15.

Cercando e de permeio a todo este mapa, encontramos dezenas de pequenas frases… Confesso que não fui capaz de ler nenhuma, dado que gravei os episódios numa cassete de má qualidade. Mas existe quem o fez com melhor qualidade e que se deu ao trabalho de… Transcrever cada frase!

Eis a lista, recolhida a partir de uma imagem divulgada pelos produtores e cuja transcrição passo para aqui com os meus comentários prefaciados por “–>”:

“following ah/mgd incident”
–> Ah, seria “Alvar Hanso”, o fundador e CEO da Fundação Hanso, a patrocinadora da Dharma Initiative
“suspected shutdown date 10.28.84”
–> Um ano antes do abandono da Ilha pela Dharma (1985?)
“confirmed site of caduceus medical station (the staff)”
–> A estações onde se realizaram as experiências e a “vacinação” do episódio anterior…
sursum corda
credo nos in fluctu eoden es
with light industrial equipment
–> Uma fábrica?
mountaineous terrain most likely used by d.i.h.g. for meterological research due to…
–> Um dos objectivos da Dharma na Ilha parece ser a realização de uma certa investigação meteorológica
aeg exit montendo(=)
cerberus station believed to have been abandoned due to ah/mdg incident in 1985
–> A Dharma Initiative abandonou a Estação em 1985? E toda a Ilha? Seria por isso que Desmond foi “esquecido”? Mas se foi, porque continuam a lançar mantimentos de paraquedas?
estimated travel time incompatible with 108. Do not attempt to survey
–> Ou seja, fica longe demais para que Desmond pudesse explorar abandonando a digitação dos números.
mallum consillium quad mutari non potest
why so many dharmatel relays in such an untenable location=
–> Esta tal dharmatel parece ser a rede de comunicação que liga todas as estações da Dharma na Ilha
geological composition likely to cause magnetic interference with weather project
–> De novo, o “projecto meteorológico” e a o magnetismo (tese “Triângulo das Bermudas, do Sá Morais?)
possible catastrophic malfunction of cerberus system
–> Será por isso, que o “monstro” já não está confinado na Estação e anda à solta pela selva?
designation uncertain?
relation to d.i.h.g. unknown
–> de novo o d.i.h.g…
nil actum reputa si quid superest agendum
–> muito latim…
alleged location of #4 the flame but unlikely due to cerberus activity
–> Sendo a “The Flame” mais uma Dharma Station
the flame (estação)
cogito ergo doteo
interference might also prevent location from use as listening station cryptography research of analysis
–> Criptografia? Para esconder o quê, de quem?
z4, y8, z15 subterranean conduit
high potential for r.v.5
hic sunt dracones
liberte te ex inferus
–> Inferno? A tese do “Mundo dos Mortos”, minha favorita ganha aqui alguns pontitos…
alleged location of aborted #7 large number of underground springs! heavy water table
activity unsuitable for d.i.h.g.
-cv 1 high: ly unlikely
–> A sigla “CV” aparece em caixas rectangulares espalhadas por todo o mapa… Serão fontes de energia (geotérmica ou electromagnética?)
no safe location for dharmatel servers/hub/cabling or infrastructure
–> Óbviamente, o centro da rede de comunicação Dharmatel na Ilha…
possible recreational area for d.i.h.g. survey teams
–> D.I.H.G. seria “Dharma Initiative (qualquer coisa)”. Será que a Dharma enviava até 1985 equipas à Ilha, e que seria este o local (perto da Estação Cisne) onde este repousariam?
ut sit magna, tamen certe lenta ira decorum est
primary nexus of cerberus related activity
–> Cerberus (o cão mítico que guardava os infernos) é o nome de uma Estação Dharma e provavelmente é também o local onde reside o “monstro” da Ilha, aquela mancha negra que apareceu pela última vez a Mr. Eko
sightings coincide with emergency shutdown of intranet services of hightened security
low priority zone for exploration possible site for above
the swan (4.8.15.16.23.42)
known final resting place of magnus (hanso) black rock
–> O Black Rock é o navio esclavagista saído de Moçambique e preso no meio da selva. Magnus será o nome do proprietário do navio.
low priority zone for exploration possible site for above ground relevance to valenzetti-related research activity
multiple escape conduits blocked after incident
–> O mesmo incidente que levou à selagem de várias passagens na Estação Cisne e que cria aquele forte campo magnético que Jack notou no primeiro episódio da S2
system wide failure of dharmatel intranet 4.08.00 8.15.01 01.06.05
–> Falhanços sempre posteriores a 1985.
home (?) of h.g. delegation inspection of 12.07.81
–> Uma inspecção da Dharma, anterior a 1985. A última antes do abandono?
mo connection to e.e.p. network
rev – 4.2.02 possible location of zoological research facility
stated goal accelerated de-territorial of ursus maritimus through gene therapy and extreme climate change
–> Manipulações genéticas que poderiam explicar o estranho comportamento dos ursos polares?… Parece haver uma Estação dedicada só a este tema.
complete shutdown in effect
p.r.d. every 6-8 months fatalities: 5
–> A data dos abastecimentos deixados por paraquedas?
possible cv II – inactive since accident

 

Fontes (podem conter Spoilers):

http://i3.photobucket.com/albums/y56/carphalen5150/lost-wall-748621.jpg

http://www.forums.thehatchonline.com/index.php?act=ST&f=94&t=425&st=0#entry2059

http://comicscollector.port5.com/imgs/mapTranscription.jpg

Categories: Ciência e Tecnologia, LOST (Perdidos) | 8 comentários

O “Projecto Ishim” da Rússia e o Casaquistão: Um Novo Sistema Espacial

Segundo Yuri Solomonov, director no Instituto de Altas Temperaturas afirmou que o Instituto está a desenvolver o sistema "Ishim" de lançamento espacial. Conhecido pela concepção dos novos mísseis estratégicos russos, os Topol-M e pelos Bulava (lançados por Submarinos), o Instituto construiu uma sólida reputação internacional na indústria aeroespacial.

O "Projecto Ishim" foi desenvolvido para responder a um pedido do governo do Casaquistão e inclui a empresa russa MiG, a qual criará um avião-mãe, enquanto que ao Instituto competerá a construção de um foguetão.

Os primeiros estudos para um sistema semelhante começaram na Guerra Fria e estiveram classificados "Top Secret" até à actualidade. Na época, o objectivo era lançar ICBMs a partir do ar, para diminuir as possibilidades destes serem interceptados. A ideia então era a de manter estes aviões no ar em regime permanente e responder a um ataque americano que destruísse os silos de lançamento soviéticos no solo.

O projecto na Guerra Fria avançou ao ponto de ser desenvolvido o míssl RSM-25 (SS-N-6) para ser lançado a partir de um avião pesado Antonov An-22 Antheus, no final da década de sessenta. Mais tarde, entre 1989 e 1991, o "Yuznoye Design Bureau" desenhou um sistema semelhante, constituindo num An-124SK Ruslan e seis versões diferentes de foguetes sólidos de quatro estádios.

Já depois da separação da União Soviética, a Ucrânia desenvolveu o sistema "Svityaz" baseado num avião An-225 Mriya e foguetões Zenit-2, e uma variante desinada de "Oril" incluindo um avião An-124-100 Ruslan e ICBMs RT-23 UTTKH, mas todos os ICBMs RT-23 foram desmantelados no âmbito do Tratado START-2 e o único An-225 não está preparado para estes lançamentos, pelo que ambas as opções não estão disponíveis.

Actualmente, a "Orbital Sciences Corporation" dos EUA operam o único sistema semelhante do mundo, que é formado por um avião-mãe L-1011 e um foguetão ligeiro Pegasus XL.

Fonte: SpaceDaily

Categories: SpaceNewsPt | 4 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade