LOST (Perdidos)

O último episódio de LOST (Perdidos) segue a mesma tendência dos episódios anteriores… Foco no enredo e na construção das personagens e desfocagem no aprofundamento dos mistérios que rodeiam a Ilha e os acontecimentos que nela têm lugar.

Ainda assim, ontem, observamos alguns pedaços adicionais de informação que gostaria que compartilahr convosco, aqui:

1. O teclado do computador não escreve antes de 4 minutos do fim da contagem. Este método reduz a possibilidade do computador ser utilizado para fins diversos à mera introdução do código.

2. Segundo a recomposição do "filme de instruções" da Dharma Initiative, é imperativo que o operador não tente usar o computador para comunicar com exterior. O que significa que o computador PODE ser usado para comunicar com o exterior… De outro modo, não faria sentido impôr esta proibição. E que este "exterior" é perigoso para os ocupantes da Estação do Cisne…

3. Walt chama a atenção a John Locke para a presença daquilo que o tradutor português chamou de “Portas-Fortes” mas que é inglês surge num muito mais expressivo “Blast Doors”. Isto é, existe agora na Estação Cisne que pode explodir… e provocar uma grande explosão, ou não se justificaria a instalação de um sistema de contenção tão forte…

4. Walt na última cena do episódio vê no écran um "Hello" e responde a este desafio, terminando o chat com "Dad?", ou seja, do outro lado da comunicação para o exterior estaria o seu filho… Que parece estar morto… Ou não, talvez esteja apenas parcialmente "possuído" por aquilo que tomou os "Outros" por completo. Ou seja, o "exterior" com quem não se deve comunicar é uma estação Dharma, tomada e operada pelos "Outros". Ou seja, uma terceira Estação.

Categories: Ciência e Tecnologia, LOST (Perdidos) | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “LOST (Perdidos)

  1. Se os outros andam por ali e sabem onde eles estão porque não atacam? Se ainda faltavam 51 minutos para o fim do próximo ciclo porque aceitou o computador que fosse feita uma comunicação?
    Um cavalo????
    Isto cada vez está mais estranho

  2. 1. não atacam porque são demasiado pouco para enfrentar um grupo numeroso de sobreviventes…
    2. O teclado parece estar apenas activo 4 minutos antes do fim da contagem. Talvez tenha sido nesse período que Walt tenha usado no teclado. Ou o teclado está bloqueado apenas para entrada, e permite fazer reply, quando a comunicação foi iniciada a partir do exterior, como foi o caso.
    3. Talvez o cavalo seja o sobrevivente de um naufrágio… Ao fim ao cabo, já houve vários na Ilha.

  3. “For the last four years the High-frequency Active Auroral Research Project (HAARP) has been managed by the Defense Advanced Research Projects Agency (DARPA) with Dr. Sheldon Z. Meth as the Program Manager. As of March 9, 2006 the official DARPA page for HAARP http://www.darpa.mil/ucar/programs/haarp.htm states that the high frequency transmitting array at the HAARP Research Station, Gakona, AK has been completed.

    “The HAARP Interactive Ionospheric Research Observatory is a major Arctic facility for the study of upper atmospheric and solar-terrestrial physics and for Radio Science and Communications research. Among the instruments included at the facility are a high power, high-frequency (HF) phased array radio transmitter, numerous radio frequency and optical research instruments capable of observing and monitoring the complex auroral ionosphere, and site infrastructure to support research activities. ”

    The above is from the official HAARP website http://www.haarp.alaska.edu/haarp/

    http://www.rense.com/general70/haarp.htm

  4. http://www.rense.com/general70/haarp.htm

    ‘For the last four years the High-frequency Active Auroral Research Project (HAARP) has been managed by the Defense Advanced Research Projects Agency (DARPA) with Dr. Sheldon Z. Meth as the Program Manager. As of March 9, 2006 the official DARPA page for HAARP http://www.darpa.mil/ucar/programs/haarp.htm states that the high frequency transmitting array at the HAARP Research Station, Gakona, AK has been completed.

    “The HAARP Interactive Ionospheric Research Observatory is a major Arctic facility for the study of upper atmospheric and solar-terrestrial physics and for Radio Science and Communications research. Among the instruments included at the facility are a high power, high-frequency (HF) phased array radio transmitter, numerous radio frequency and optical research instruments capable of observing and monitoring the complex auroral ionosphere, and site infrastructure to support research activities. ”

    The above is from the official HAARP website http://www.haarp.alaska.edu/haarp

  5. conheço (acho eu) o que é o HAARP… mas acha que estas estações do Lost têm algo a ver com esse projecto? Ou seja, que os autores da série aludem a estas investigações?… Hum. Espero que não seja um spoiler…

Deixe uma Resposta para Rui Martins Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: